Bem-Vindo ao Índice do Glossário de Marketing Digital

Envie-nos a sua sugestão para completar o nosso glossário, e colocaremos um link para o autor

Estas definições foram compiladas com base na Mobile Marketing Association (MMA) e Interactive Advertising Bureau (IAB).

Seleccione a primeira letra ou número da palavra pretendida:

Share This
  • 1G
    A primeira geração de serviços sem fios maioritariamente analógica incluindo tecnologia standard tal como AMPS.
  • 2G
    Também conhecida como Personal Communications Services (PCS), a segunda geração de serviços sem fio refere-se à telefonia móvel digital tecnologias que surgiram e foram implantadas durante a década de 1990, oferecendo transmissão de voz e transmissão de dados. A tecnologia standard 2G inclui Code Division Multiple Access (CDMA), Time Division Multiple Access (TDMA), e (Global System for Mobile Communication (GSM). Esta também oferece serviços auxiliares, tais como dados, fax e SMS.
  • 2B-On (To Be On)
    2B-On operate in different areas of activity rendering consulting services in Digital Marketing, Customer Experience, Customer Intelligence, sales and management in Portugal and around the world. We guarantee our customers our support by promoting fully adjusted and contributing services to better business. We want to help all our customers improve their lives and businesses with products and services that are tailored to their needs and easy to use. This means getting even closer to customers, understanding their lifestyles and their businesses, and establishing long-term relationships with them.. 2B-On | Social Business Consulting, is a competitive providing digital marketing, sales and management consulting services company. We are ready to learn and adopt all standards, which are fundamental to improve the quality of our service and attain satisfaction of our customers. We are focused on our customers and working to meet the needs they have today, as well as innovating to fulfill their wishes for tomorrow.   Our corporate identity defines the kind of company we are now and the one we need to be in the future. Central to that identity is a commitment to create ways to help customers thrive in a changing world. To do this we must live our 2b-On | Social Business Consulting brand values: Quality – We pursue quality as a way of life Inspiration – We create new possibilities and we believe in what we do Helpful – We work as a team People – We are committed to creating an exceptional place that makes work enjoyable Ethics – We are committed to doing what is right, without exception Trustworthy – we do what we promise Simplicity – we make things clear Society – We are committed to contributing positively to society and to a sustainable future We operate in a wide range of markets, providing Marketing, sales and management consulting services to customers in Portugal and globally. To ensure those customers get the services and support they deserve, our focus is on building a better business. ‪To help us achieve these goals, we are focusing on three areas which are intertwined: Improving customer service Costs optimization Investing in the future The better we serve our customers, the less time and money we spend on rework and fixing faults. With the optimization of costs, we will open up to new opportunities for investment in the future. ‪A 2b-On | Social Business Consulting, is always striving to prove as a “One Consulting Company providing total solutions”. We employ proven project management techniques and can adapt simple project management tools to your organizational environment to control and deliver projects on time and on budget. ‪We can help develop and grow the abilities both of individuals and their organizations to reach greater potential. 
‪Our workers are being trained by a continuous training and evaluation program which continues throughout the calendar year.
  • 3GPP2
    Similar a 3GPP, excepto  que este é o grupo responsável pela padronização dos membros CDMA2000-based da família IMT-2000.
  • 3GPP - THIRD GENERATION PARTNERSHIP PROJECT
    THIRD GENERATION PARTNERSHIP PROJECT - Projecto de Parceria de Terceira Geração
  • 3G
    3G é uma tecnologia de terceira geração no contexto das normas de telefonia móvel. Os serviços associados ao 3G incluem wide-area wireless voice e broadband wireless data, tudo em um ambiente móvel. Nos serviços de marketing 3G, video-telephone é frequentemente identificado como principal aplicação 3G.Já implementada pelos operadores móveis na maioria da Europa, Ásia e América do Norte. Suporta velocidades de dados muito superior ás anterior redes móveis, em alguns casos próximas das ligações de banda larga. A terceira geração de serviços sem fios oferece maior disponibilidade e estabilidade a maior quantidade de dados e maior capacidade de voz. A alta velocidade dos dados permitir, acesso à Internet de alta velocidade, vídeos com qualidade e vídeo-conferência, e é medido em Mbps. Os standards da tecnologia 3G, incluem UMTS, com base na tecnologia WCDMA (muitas vezes os dois termos são utilizados alternadamente) e CDMA2000, que é a evolução da tecnologia 2G CDMA. O UMTS é geralmente preferido pelos países que usam rede GSM. As taxas de transmissão de dados variam de 144 kbps a mais de 2 Mbps.
  • 3GPP
    3GPP é um agrupamento de Instituições de normalização internacional de operadores e fornecedores . As especificações do 3GPP são baseadas na normalização do GSM. O âmbito de aplicação inclui a padronização do 3GPP WCDMA base da família IMT-2000 e Long Term Evolution (LTE) de modo a criar os próximos stands da nova geração da tecnologia de redes móveis.
  • 302 Redirect
    É o processo pelo qual um servidor envia a um browser a localização de um anúncio solicitado, invés de enviar o anúncio em si. Ad servers utilizam “302 redirects” para  lhes permitir acompanhar actividades, tais como pedidos de anúncios ou os cliques em anúncios.
  • ABANDONO (ABANDONMENT)
    Quando um utilizador deixa um carrinho de compras com algo nele antes de concluir a transação.
  • ABORT
    Quando um servidor Web não realiza com êxito a transferência de um conteúdo ou anúncios para um browser. Isto é geralmente causado pelo facto de o utilizador clicar no botão de parar ou seleccionar outro link, antes da conclusão de um download.
  • ACQUISITION RATE (Taxa de Aquisição)
    Percentagem de inquiridos que optaram por participar numa iniciativa mobile / Taxa de Aquisição = (taxa total da audiência dos participantes) / total.
  • ACTIVITY AUDIT (Auditar a Actividade)
    Consiste na verificação independente da actividade realizada num período de tempo determinado. Algumas das principais métricas avaliadas são ad impressions, page impressions, clicks, total visits  (total de visitas) e unique users (utilizadores únicos). Uma das actividade da auditoria, consiste em reportar a validação das métricas.
  • AD AUDIENCE
    É o número de utilizadores únicos expostos a um anúncio durante um período de tempo especificado.
  • AD BANNER
    É uma imagem gráfica ou outra animação utilizada como um anúncio.
  • AD BLOCKER
    Software instalado no browser do utilizador que impede a exibição de publicidade.
  • AD CAMPAIGN AUDIT
    Actividade de auditoria realizada a uma campanha publicitária específica.
  • AD CENTRIC MEASUREMENT
    Avaliação da audiência gerados num servidor próprio de anúncios de terceiros.
  • AD DISPLAY/AD DELIVERED
    Quando um anúncio com exibido com sucesso no ecrã do computador do utilizador.
  • AD DOWNLOAD
    Quando ocorre o download do anúncio de um servidor para o browser do utilizador. Os anúncios podem ser solicitados, mas abortado ou abandonado antes de realmente ser transferido para o browser o que pode impedir ao utilizador o visionamento do mesmo.
  • AD IMPRESSION
    Um Ad Impressiona ocorre sempre que um consumidor é exposto a um anúncio (ou prefixado ou anexado a uma mensagem SMS, mobile web ou página web, inseridos num clip de vídeo ou multimédia).
  • AD IMPRESSION RATIO
    Divide-se os Click-throughs pelas ad impressions.
  • AD INSERTION
    Quando o anúncio é inserido num documento e registado pelo servidor de anúncios (Ad server).
  • AD MATERIALS
    São as artes finais, o copy,  a lista de URLs activos e de sites alvo que são disponibilizados ao vendedor antes do início da campanha publicitária.
  • AD NETWORK
    É um agregador ou corretor (broker) de publicidade para diversos sites. Ad networks são os representantes de vendas dos sites dentro da rede.
  • AD RECALL
    É a medida da eficácia da publicidade que consiste em expor os utilizadores/entrevistados de uma amostra a um anúncio e, posteriormente lhes é questionado  se eles se lembram do anúncio. o Ad recall pode ser feita numa base assistida ou não assistida. É considerado ad recall assistido quando é dito ao entrevistado o nome da marca ou de uma categoria que está sendo anunciada.
  • AD REQUEST
    Resulta  do pedido de um anúncio na sequência de uma acção directa do utilizador, registado pelo servidor de anúncios (Ad server). Ad requests pode ser gerado  directamente pelo browser do utilizador ou de um servidor de conteúdo na Web, como recurso intermédio na Internet.
  • AD SERVING
    É a entrega de anúncios de um servidor para o computador do utilizador final em que os anúncios são exibidos por um browser e/ou estão em cache. Ad serving  é normalmente efectuada através de um editor Web ou por um servidor de anúncios de terceiros. Os anúncios podem ser incorporado na página ou servidos separadamente.
  • AD SPACE
    Qualquer espaço dentro da aplicação que foi reservado para a exibição de publicidade. As suas dimensões e localização dentro de uma aplicação normalmente definem o (Ad Space) espaço de publicidade. Cada espaço num site é identificado de forma única. Podem existir vários espaços para anúncios na mesma página.
  • AD STREAM
    É a série de anúncios exibidos pelo utilizador durante uma única visita ao site (ver também  impression stream).
  • AD TRANSFERS
    É a exibição com sucesso do site de um anunciante após o utilizador clicar no anúncio. Quando um utilizador clica num anúncio, é gravado um “click-through” e re-direciona ou “transfere” o browser do utilizador para o site do anunciante na Internet. Se o utilizador visualizar com sucesso o site do anunciante Web, é gravado um “ad transfers”.
  • AD UNIT
    Qualquer meio publicitário que possa aparecer como Ad Space numa aplicação. Por exemplo, uma banner rectangular é um exemplo tipo de “ad unit”.
  • AD VIEW
    Quando um anúncio é realmente visto pelo utilizador. Nota: Hoje não é medido. A melhor aproximação ao mesmo hoje é fornecida pelos “ad displays”.
  • AD/ADVERTISEMENT
    É a mensagem comercial dirigida ao cliente ou prospect de um anunciante.
  • ADDRESS
     Identifica de forma exclusiva um computador ou um site online, geralmente um URL de um site ou marcado com um @ se for um endereço de e-mail. Literalmente, é a forma como um computador encontra o local de outro computador na Internet.
  • ADVERTISEMENT (Publicidade)
    Toda a colecção de textos, gráficos ou de conteúdo multimédia apresentados e acessíveis numa aplicação para fins de promoção comercial de uma marca, produto ou serviço.
  • ADVERTISEMENT ACTION
    Qualquer actividade associada a um anúncio que permita interactividade e comunicação entre anunciante e consumidor. Por exemplo, as acções comuns incluem a clicar em um número de telefone para ligar para o anunciante, um link que leva o consumidor ao portal web móvel de um anunciante, ou um link que acrescenta em contacto com o anunciante informações para o livro de telefone do consumidor.
  • ADVERTISER
    Indivíduo ou organização que disponibiliza uma promoção paga nos media com a finalidade de promover mensagens comerciais, produtos ou serviços.
  • AFFILIATE MARKETING
    É o acordo celebrado entre dois sites em que um dos sites (the affiliate) concorda com a característica de conteúdo ou anúncios destinados a impulsionar o tráfego para outro site. Como contrapartida, o afiliado (the affiliate) recebe uma percentagem de vendas ou de alguma outra forma de compensação gerada por esse tráfego.
  • AFFINITY MARKETING
    É a venda de produtos ou serviços a clientes com base nos seus padrões de compra estabelecidos. A oferta pode ser comunicada por e-mail, SMS, MMS, publicidade online ou offline.
  • AGENTES INTELIGENTES
    INTELLIGENT AGENTS  - São ferramentas de software que ajudam o utilizador a encontrar a informação de interesse específico para si. O perfil do utilizador é continuamente refinado e melhorado com base na aceitação ou rejeição pelo utilizador das recomendações enviadas ao longo do tempo.
  • AGGREGATOR
    É a organização que actua como intermediário entre a aplicação e provedores de conteúdo e os operadores de telemóvel. Assegura a transferência das mensagens para outros Operadores ou Agregadores, assegura a fiscalização   campanha móvel e da gestão da mesma, bem como serviços de facturação.
  • AGREGADOR DE CONTEÚDOS
    É a organização que celebra contratos com um conjunto de fornecedores de conteúdo, e o redistribui como conteúdo licenciado.
  • AIRTIME (see also Talk Time)
    O número de minutos consumidos por um assinante de telemóvel ao realizar e receber chamadas do seu número de telemóvel. Os operadores calculam as contas dos clientes com base no airtime (tempo de antena) em minutos utilizados durante um período de tempo específico.
  • AKA
    Também conhecido como. (Also known as)
  • ALERT TONE
    Um produto de áudio que é desencadeada por sons no auricular do aparelho em cima de um evento específico, como por exemplo uma mensagem de texto recebida, mensagem de voz, calendário de eventos, ou outro evento para o qual o proprietário do telefone deseja ser alertado. Duração do tom varia de acordo os requisitos de operador móvel. Frequentemente toques tradicionais ou outros produtos de áudio pode ser utilizados como um tom de alerta (Alert Tone).
  • ALERTS (Alertas)
    Notificações, geralmente sob a forma de uma mensagem de  texto ou multimédia, contendo informações oportunas (detalhes do evento, meteorologia, notícias, actualizações de serviços) que são pushed (“empurrados”) para um assinante de telemóvel que tenha optado por receber essa informação. Nota: Caso o assinante de telemóvel não tenha optado por receber essa informação, a notificação será considerada SPAM.
  • ALT tag
    O texto exibido quando uma imagem está sendo carregada. ALT tags são particularmente relevantes para SEO (Search Engine Optimization) móvel, uma vez que muitos utilizadores desactivam os downloads de imagens nos seus browsers móveis para preservar a largura de banda.
  • ALTERNATE TEXT (Texto alternativo)
    É uma palavra ou frase que é exibido quando um utilizador tem de carregar as imagens desactivadas no seu browser ou quando um utilizador abandona a página clicando “stop” no seu browser antes da transferência de todas as imagens. Também aparece como .Balão de texto. quando um utilizador “estaciona” o rato sobre uma imagem.
  • ALTERNATIVE METHOD OF ENTRY (AMOE )
    Significa que a entrada num sorteio ou concurso pelo utilizador é feito a baixo custo ou sem custo.
  • AMOSTRA
    È um subconjunto do universo cujas propriedades são estudadas para obter informações sobre esse universo.
  • ANCHOR TEXT – THE ACTUAL TEXT OF A LINK
    Ou seja, a parte que você vê de texto sublinhado. Um factor importante para o ranking que utiliza este texto, assim como as palavras-chave utilizadas na mesma, contribui para a relevância do conteúdo que está sendo vinculado.
  • ANIMATED GIF
    É uma animação criada pela combinação de várias imagens GIF num arquivo. O resultado será a visualização de várias imagens, exibidas sequencialmente, dando a ideia de movimento.
  • ANONYMIZER
    É o intermediário que impede que os sites vejam o IP (Internet Protocol) do utilizador.
  • ANÚNCIO INTERSTITIAL
    Anúncio de transição – É um anúncio que será exibido entre páginas web. Por outras palavras, o utilizador vê um anúncio enquanto ele navega entre a página A e a página B. Também é conhecido como interstitial. (Ver Transitional Ad)
  • APPLET
    É uma pequena aplicação de software,  que é frequentemente utilizada pelos browsers para exibir automaticamente animação e/ou para executar consultas a base de dados solicitadas pelo utilizador.
  • APPLICABLE BROWSER
    Aplicável a qualquer browser, independentemente de ele correr o anúncio.
  • APPLICATION (DOWNLOADABLE APPLICATION )
    Soluções de software que que potencia o negócio para a(s) iniciativa(s) de mobile marketing.
  • APPLICATION ORIGINATED MESSAGE
    A mensagem de texto ou multimédia enviadas a partir de uma rede móvel, geralmente para um telemóvel.
  • APPLICATION PROVIDER
    Uma organização que oferece soluções de software base em rede “aplicações”, ou “dowloadable applications” que permitem a dinamizar o negócio a partir de iniciativas de mobile marketing. Estes provedores, também asseguram o acesso à plataforma tecnológica comum ás aplicações de short code service .
  • APPLICATION TERMINATED
    Um texto ou uma mensagem multimédia recebida por uma rede móvel, normalmente enviadas por um telemóvel.
  • ARTIFACTING
    Distorção que é introduzida no áudio ou vídeo pelo  algoritmo de compressão (codec). As imagens compactadas podem ter pixels perdidos que não estavam presentes na imagem original. Veja codec.
  • ASPECT RATIO
    É a relação entre a largura e a altura de uma imagem ou de um frame de vídeo. Transmissões de TV em 4:3 proporção (1.33:1) ; TV digital será transmitido com 16:9 rácio de (1,78:1) a maioria dos filmes é filmado pelo menos com uma relação de 1.85:1. IMUS têm um aspect ratio de 6:5 (330x 250, 280 x 336, e 180 x 150).
  • ASSINANTE
    É o consumidor que celebra um contrato com um Operador. Uma vez firmado o acordo, o Operador tem o Onus de prestar serviços de telecomunicações sem fios ao consumidor.
  • ASSINATURA
    São os produtos ou serviços iniciados por um assinante de telemóvel para receber conteúdo numa base contínua, geralmente com eventos periódicos de facturação premium. Não é um serviço de uso único.
  • ASSINATURA DO SERVIÇO
    Um serviço que fornece conteúdo para telemóveis (pode incluir qualquer tipo de conteúdo de notícias, imagens, música, vídeo, áudio, etc) para uma taxa cobrada a intervalos regulares definidos, como mensal ou semanal.
  • ASSINATURAS DIGITAIS
    São assinaturas de documentos electrónicos. Asseguram a identidade e, portanto, pode ser utilizadas para estabelecer a responsabilidade jurídica e da autenticidade integral de tudo em que estiverem presentes – com efeito, a criação de um selo de segurança.
  • ASYNCHRONOUS
    Um tipo de comunicação bidireccional que ocorre de forma desfasada no tempo, permitindo que os participantes respondem de acordo com a sua conveniência.
  • AUDIT (AUDITORIA)
    Avaliação realizada por terceiros dos registos e/ou medição dos processos associados a actividade publicitária na Internet e/ou mobile. As auditorias da actividade validam as contagens e as métricas. Os processo auditados validam os controles internos relacionados com a medição e as suas métricas.
  • AUDITOR
    Uma organização ou individuo independente que realiza auditorias.
  • AVATAR
    É a representação gráfica de um indivíduo num jogo, mundo virtual ou ambiente.
  • AVERAGE REVENUE PER USER (ARPU ) – Receita Média Por Utilizador
    É um indicador financeiro habitualmente utilizado para medir a receita média gerada pelos assinantes de telemóvel, uma operador de telemóveis ou “utilizador”.
  • AVISO
    Instruções de leitura fácil com a descrição das informações para a recolha de dados, armazenamento, manutenção, acesso, segurança, divulgação e utilização de políticas e práticas, necessárias e exigidas, a entidade de recolha e tratamento dos dados e informações a partir do subscritor do telemóvel.
  • BABY BOOMERS
    Nascidos entre 1945 e 1964.
  • BACKBONE
    Esquema de ligações centrais de um sistema mais amplo, tipicamente com elevado desempenho numa rede de dados.
  • BACKGROUND AUDIO AD
    Um background audio clip que é tocado durante a mensagem MMS. O Jingle é um exemplo.
  • BANDWIDTH (Largura de Banda)
    É a taxa de transmissão de uma linha de comunicação ou sistema, expressa em kilobits por segundo (kbps) ou megabits por segundo (Mbps) para os sistemas digitais, a quantidade de dados que podem ser transmitidas através de linhas de comunicação num dado momento.
  • BANDWIDTH CONTENTION
    Estrangulamento que ocorre quando dois ou mais ficheiros são transmitidas simultaneamente através de uma linha de dados única. A menos que o sistema seja capaz de priorizar os ficheiros, o efeito gerado passa por retardar a entrega de cada um dos ficheiros.
  • BANNER
    É o conteúdo publicitário exibido numa página web.
  • BANNER SIZE
    É a largura e comprimento (normalmente apresentado em pixels) de um banner / anúncio de imagem colocado na web móvel ou site Web.
  • BARTER
    É o intercâmbio de bens e serviços sem utilização de moeda corrente. O valor da troca é o valor em moeda fiduciária dos produtos e serviços que estão sendo trocados por publicidade. Esta é uma forma reconhecida de receitas do GAAP (Generally Accepted Accounting Principles).
  • BASE DE AMOSTRAGEM
    É a fonte de onde a amostra é extraída.
  • BEACON
    Os Beacons são dispositivos de geolocalização para ambientes fechados, ou seja, é um sistema de proximidade. Sendo assim, o Beacon permite que objetos como smartphones sejam localizados com uma alta precisão dentro de estabelecimentos. Esta tecnologia foiidealizada pela Apple Inc. (iBeacon technology).
  • BEHAVIORAL TARGETING
     uma técnica utilizada por editores online  e publicitários para aumentar a eficácia das suas campanhas. A Segmentação comportamental utiliza informações recolhidas online do comportamento de um indivíduo, tais como as páginas que já visitou ou as buscas que realizou para identificar quais os anúncios que devem ser exibidos a esse indivíduo.  Os profissionais acreditam na capacidade de entregar os anúncios online aos utilizadores que são mais susceptíveis de serem influenciados por estes
  • BETA
     É a versão de teste de um produto, como um site ou software, antes do lançamento final.
  • BILL FACE DESCRIPTOR
    Descrição dos dados de facturação que aparecem na conta de um assinante de telemóvel.
  • BILLING AGGREGATOR
    É a organização que oferece uma ou mais soluções de facturação (PSMS, Direct-to-bill, Cartão de crédito, PayPal, Pontos Fidelidade, MB,  créditos, etc) off-portal para fornecedores de soluções para aplicações móveis ou sites web.
  • BIT RATE
    É uma unidade de medida da largura de banda que indica a velocidade dos dados que estão viajando de um lugar para outro no interior da rede de computadores. BIT RATE  é normalmente expressa em kilobits por segundo (kbps) ou megabits por segundo (Mbps).
  • BLINK MESSAGE
    Mensagem de texto que contém texto a piscar com a finalidade de dar destaque ao seu conteúdo.
  • BLOG
    Nome genérico atribuído a um website  com posts regulares por ordem cronológica, geralmente convidando os leitores a comentar. Os novos Blogs são geralmente curtos e informais, e o seu software é por norma gratuito e muito fácil de utilizar pelo utilizadores individuais, tornando-se uma ferramenta popular para diários on-line, bem como para outras publicações de orientação profissional.
  • BLUETOOTH
    Um protocolo de comunicação que permite que dispositivos móveis equipados com um chip especial possam enviar e receber informações sem fios  quando se encontram próximos,  utilizando a de 2,4 GHz spectrum band.
  • BMP - BITMAP
    Um formato do ficheiro de imagens.
  • BONUS IMPRESSIONS
    São os anúncios adicionais para além dos compromissos descritos na ordem de inserção de anúncios pré-aprovado.
  • Boomers I ou The Baby Boomers
    Nascidos entre: 1946-1954 Coming of Age: 1963-1972 Idade em 2004: 50-58 População Atual: 33 million
  • Boomers II ou Geração Jones
    Nascidos a: 1955-1965 Coming of Age: 1973-1983 Idade em 2004: 39 to 49 População Atual: 49 milhões
  • BOT
    Software que corre automaticamente, sem intervenção humana. Normalmente, um bot tem a capacidade de reagir às diferentes situações que poderão ocorrer. Existem dois tipos comuns de robot os  agentes e as aranhas. Os bots são utilizados por empresas como motores de busca para descobrir e indexar sites . Diminutivo de Robot.
  • BRAND AWARENESS
    As sondagens de Brand Awareness de Pesquisa podem medir a eficácia de um anúncio ao medir o impacto da publicidade on-line ou nos telemóveis com base em métricas chave.
  • BRANDING
    É o processo pelo qual a identidade da marca é desenvolvida, uma estratégia de marketing e/ou objetivo da campanha.
  • BREW - BINARY RUNTIME ENVIRONMENT FOR WIRELESS
    Uma plataforma aberta (open-source) de desenvolvimento de aplicações para dispositivos wireless (sem fios), originalmente projectado para tecnologia CDMA. No entanto, BREW é independente das frequências e pode também apoiar tecnologias GSM / GPRS e UMTS. Permite aos utilizadores fazer download de aplicações/software tais como chat de texto, e-mail, localização e posicionamento, jogos, etc. As aplicações BREW são escritas em C ou C++, mas a plataforma foi projectada para permitir aos programadores escrever em qualquer língua que escolham, incluindo Java e XML. É fornecido um Kit de Desenvolvimento de Software aos programadores –  Software Development Kit (SDK), que inclui todas as aplicações da plataforma BREW, e uma variedade de ferramentas para criação de aplicações BREW. O mercado BREW é pequeno comparado com o WAP, é como os computadores Apple que lideram uma pequena quota de mercado comparada com os PCs Windows/Microsoft.
  • BROADBAND (Banda larga)
    É a ligação via Internet que oferece uma taxa relativamente elevada de bits – qualquer taxa de bits igual ou superior a 256 Kbps. Cable modems e DSL oferecem ligações de banda larga .
  • BROADCAST VIDEO
    É o conteúdo de vídeo que é “transmitido/broadcasted através da rede telefónica do consumidor. Isso dá aos consumidores a liberdade de escolha de qual o conteúdo a assistir. Com a transmissão de vídeo ou multi-cast, o conteúdo é uma das muitas experiências e não podem ter problemas de buffering ou de downloading de outras plataformas de vídeo móvel. Semelhante à televisão tradicional, existem oportunidades de publicitar nos intervalos. A personalização da tecnologia com base na experiência dos anúncios publicitários serão orientados para o telemóvel do consumidor (por exemplo, através de uma aplicação no equipamento) e não inseridos no interior do vídeo. Actualmente não existe um standard global desta tecnologia, no entanto as alguma das tecnologias estão conquistando aceitação em diferentes regiões do mundo: DVB-H (Europa), MediaFLO (E.U.) MH ATSC (E.U.), DMB, ISDB e SDMB (Ásia) .
  • BROWSE AND BUY
    É um modelo que promove a descoberta de conteúdos e de comportamentos de compra no telemóvel. Este modelo é cada vez mais emergentes e reproduz a experiência de navegar no PC mas orientado para telemóveis.
  • BROWSER
    É uma aplicação de software que pode fazer pedidos, downloads, cache e exibir documentos disponíveis na World Wide Web (Internet).
  • BROWSER SNIFFER
    Ver Sniffer
  • BtoB/B2B (Business-to-Business)
    Negócios cujo o principal cliente são empresas.
  • BtoC/B2C (Business-to-Consumer)
    Negócios cujo o principal cliente é o consumidor individual.
  • BUFFERING
    Ocorre quando um streaming media player armazena temporariamente as partes de um ficheiro de streaming de media (por exemplo, áudio ou vídeo) num PC do cliente até que haja informação suficiente para o stream inicie a sua execução.
  • BULK E-MAIL FOLDER
    Ver Junk E-mail Folder.
  • BUTTON (Botão)
    Que contém gráficos clicáveis com determinadas funcionalidades, tais como redireccionar para outro lugar ou executar um programa, Os botões também podem ser anúncios.
  • CABLE MODEM
    Equipamento que permite a conectividade a alta velocidade à Internet através de um sistema de televisão por cabo.
  • CACHE
    Memória utilizada para armazenar temporariamente os conteúdos mais solicitados / arquivos / páginas a fim de acelerar a sua entrega ao utilizador. As caches pode ser locais (isto é, no browser) ou em rede. No caso da cache local, a maioria dos computadores tem ambas as memórias cache (RAM – Random-Access Memory) e disco (disco rígido- HD).
  • CACHE BUSTING
    É o processo pelo qual os sites ou os servidores proporcionam conteúdos ou HTML, de forma a minimizar ou prevenir que os browsers ou proxies acedam ao conteúdo da sua cache. Isso força o utilizador ou o proxy a actualizar os dados sempre que solicitados. Umas das razões para utilizar cache busting visa fornecer uma contagem mais precisa do número de solicitações realizadas pelos utilizadores.
  • CACHED AD IMPRESSIONS
    Resulta na entrega de um anúncio a um browser pela cache local ou cache de um servidor proxy. Quando um utilizador solicita uma página que contém um anúncio em cache, o anúncio é obtido a partir da sua cache e exibido.
  • CACHING
    É o processo de copiar um elemento Web (ou página de anúncios) para posterior reutilização.  Na Web, esta cópia é realizada normalmente em dois lugares: ou no browser do utilizador ou em servidores proxy. Quando um utilizador solicita um elemento Web, o browser procura no seu cache pelo elemento, depois no proxy (se existir), e por fim pelo servidor pretendido. Caching é feito para reduzir o tráfego redundante na rede, proporcionando um aumento da eficiência global na Internet.
  • CALLTONE (Ringtone)
    Ver Ringtone
  • CAMPANHA DE E-MAIL
    A campanha de publicidade distribuída por e-mail.
  • CAPACITY (CAPACIDADE)
    Informa sobre a capacidade de uma rede (móvel) suportar chamadas simultâneas, mensagens, etc.
  • CARRIER (Mobile carrier, Mobile Network Operator, Mobile Carrier, Network Operator, Operator Company, Wireless Carrier )
    Diminutivo que designa um operador móvel, as operadoras que fornecem infra-estrutura de rede para a entrega de mensagens entre utilizadores finais e agregadores de conexão ou prestadores de aplicações. É a empresa que fornece serviços de telecomunicações sem fios.
  • CARTÃO DE FELICITAÇÕES MÓVEL
    Um cartão de felicitações móvel composta por ficheiros de media, como design gráfico ou clip de vídeo, que podem conter uma mensagem de texto pré-definida, ou fornecer ao remetente a possibilidade de adicionar uma mensagem pessoal de (texto) antes de enviar ao receptor de telemóvel. 
  • CBT
    É o áudio ou o “ring” que o chamador ouve quando faz uma chamada para um determinado número de telemóvel. Pode ser um Anúncio DringSpot, Mastertone, Polytone ou Voicetone ou definido pelo proprietário do telemóvel quando personalizou o seu telefone móvel.
  • CBT - CALLER RINGBACK TONES
    Ver Ringback Tone
  • CBT - CALLER RINGBACK TONES, DRINGSPOT ou RINGBACKS
    É o áudio ou o “ring” que o chamador ouve quando faz uma chamada para um determinado número de telemóvel. Pode ser um Anúncio DringSpot, Mastertone, Polytone ou Voicetone ou definido pelo proprietário do telemóvel quando personalizou o seu telefone móvel.
  • CDMA
    Também chamado de “spread spectrum techniques”, uma técnica de transmissão digital de multiplexação de sinais de rádio em que cada chamada de voz ou de dados utiliza toda a banda de rádio, e é-lhe atribuído um código único.
  • CDMA - CODE DIVISION MULTIPLE ACCESS
    Também chamado de “spread spectrum techniques”, uma técnica de transmissão digital de multiplexação de sinais de rádio em que cada chamada de voz ou de dados utiliza toda a banda de rádio, e é-lhe atribuído um código único.
  • CDR - CALL DETAIL RECORDS
    É o registo das chamadas realizadas e recebidas e de todos os seus detalhes feitos pelos assinantes de um Operador . Estew registos são enviados para o sistema de facturação para processamento.
  • CGI
    CGI são utilizadas para permitir ao utilizador a transferência de dados para um servidor Web, geralmente são um formulário Web-based. Especificamente, as scripts CGI são utilizadas como formulários, pull-down menus (menus suspensos) ou áreas de entrada de texto com um botão para confirmar a introdução dos dados. A entrada do formulário é processada por um programa (o script CGI em si) num servidor Web remoto.
  • CGI script (Common Gateway Interface)
    CGI são utilizadas para permitir ao utilizador a transferência de dados para um servidor Web, geralmente são um formulário Web-based. Especificamente, as scripts CGI são utilizadas como formulários, pull-down menus (menus suspensos) ou áreas de entrada de texto com um botão para confirmar a introdução dos dados. A entrada do formulário é processada por um programa (o script CGI em si) num servidor Web remoto.
  • CHANNEL (CANAL)
    Um grupo de conteúdos similares, Um tipo de escoamento das vendas (também conhecido como canal de distribuição), por exemplo, retalho, catálogo, ou e-commerce.
  • CHAT
    É um programa que permite interações assíncronas entre dois ou mais aderentes. Comunicação interativa on-line ou via telefonia móvel entre duas ou mais pessoas na web ou no telemóvel. Pode-se. falar. em tempo real com outras pessoas em uma sala de chat, tipicamente digitando, apesar de também poder fazê-lo através de chat’s de voz.
  • CHAT BOTS
    É a resposta gerada pelo computador aos participantes nos chats. Estas respostas são enviadas sem interação humana.
  • CHAT ROOM
    É um área online onde os utilizadores podem comunicar com outros participantes em tempo real.
  • CI
    Customer intelligence (CI) é o processo de recolha e análise de informações sobre os clientes, detalhes e ações, a fim de desenvolver relacionamentos com os clientes mais profundos e eficazes e melhorar a tomada de decisão estratégica da organização. Customer intelligence (CI) is the process of gathering and analyzing information regarding customers; their details and their activities, in order to build deeper and more effective customer relationships and improve strategic decision making.
  • CLEAR AND CONSPICUOUS NOTICE
    É o veículo no qual as descrições, instruções, condições, e outros detalhes relevantes para uma iniciativa específica de marketing, são disponibilizados em local visível.  
  • CLICK
    É o acto realizado por um assinante de telemóvel ou utilizador web, interage (highlights e clicks on) de um anúncio (banner, link de texto) ou outro tipo de link, que foi exibido no ecrã. 1) métrica que mede a reação de um utilizador a um anúncio na Internet ou telemóvel. Existem três tipos de cliques: click-through; in-unit clicks; e mouseovers, 2) a possibilidade de um utilizador fazer download de um ficheiro, clicando no anúncio, conforme registado pelo servidor; 3) o resultado de uma interacção mensurável com um anúncio ou palavra-chave que redireccionam o utilizador para os links do anunciante, podendo ser o seu Web site ou outra página ou destaque dentro do site; 4) métrica que mede a reacção de um utilizador para o conteúdo editorial associado.
  • CLICK FRAUD
    É um tipo de crime na internet que ocorre por simular que um utilizador clica numa publicidade online, através de um script automatizado, ou programa de computador que imita um utilizador legítimo de um browser na Web clicando no anúncio, com a finalidade de gerar maior taxa por clique sem ter interesse real na comunicação proporcionada pelo link do anúncio.
  • CLICK RATE
    Indica-nos a taxa de cliques (ad clicks) por anúncios (ad impressions).
  • CLICK TO CALL
    É o serviço que habilita o assinante de um telemóvel a iniciar uma chamada de voz para um número de telefone especifico, após clicar num link de um site na web móvel, SMS ou MMS. Normalmente usado para melhorar e oferecer um mecanismo de resposta directa de uma campanha.
  • CLICK-THROUGH
    O processo que leva um assinante de telemóvel a dar um “salto” ou abrir uma página uma vez que o assinante de telemóvel clique no link. É a acção de seguir um link dentro de um anúncio ou conteúdo editorial de outro site ou outra página ou frame dentro do site. Ad click-through deve ser monitorizado e relatado como um redireccionamento 302 (302 redirect ) no servidor de anúncios e deve filtrar a actividade robótica.
  • CLICK-WITHIN
    É semelhante ao click down ou (Click) clique. Mas, habitualmente, os Click Within são anúncios que permitem ao utilizador fazer .drill down. clicar, mas mantendo-se no anúncio, não deixando o local em que estão alojados.
  • CLIENT (CLIENTE)
    Um computador ou programa de software que comunica com um servidor para solicitar os dados através da Internet ou de outra rede.  Browsers, Outlook e programas de e-mail são exemplos de software clients.
  • CLIENT-INITIATED AD IMPRESSION
    Existem dois métodos para a contagem de anúncios.  O conteúdo do anúncio é entregue ao utilizador através de dois métodos – server-initiated e client-initiated. No método client-initiated a contagem do anúncio depende do browser do utilizador para realizar os pedidos, formatação e redireccionar o conteúdo.  Para as organizações que utilizam o método server-initiated a contagem, ocorre no servidor do publisher do anúncio ou no servidor dos anúncios, na sequência do pedido do anúncio.
  • CLIENTES
    Um computador ou programa de software que comunica com um servidor para solicitar os dados através da Internet ou de outra rede.  Browsers, Outlook e programas de e-mail são exemplos de software clients.
  • CLIQUE
    É o acto realizado por um assinante de telemóvel ou utilizador web, interage (highlights e clicks on) de um anúncio (banner, link de texto) ou outro tipo de link, que foi exibido no ecrã. 1) métrica que mede a reação de um utilizador a um anúncio na Internet ou telemóvel. Existem três tipos de cliques: click-through; in-unit clicks; e mouseovers, 2) a possibilidade de um utilizador fazer download de um ficheiro, clicando no anúncio, conforme registado pelo servidor; 3) o resultado de uma interacção mensurável com um anúncio ou palavra-chave que redireccionam o utilizador para os links do anunciante, podendo ser o seu Web site ou outra página ou destaque dentro do site; 4) métrica que mede a reacção de um utilizador para o conteúdo editorial associado.
  • CLIQUE STREAM
    É o caminho electrónico que um utilizador realiza ao navegar de site para site e de página para página dentro de um site. Um vasto conjunto de dados que descrevem a sequência da actividade entre o browser do utilizador e qualquer outro recurso de Internet , como um site ou servidor de anúncios externos.
  • CLOSE
    Indica que o utilizador clicou ou activou uma instrução que encerra o anúncio do ambiente do utilizador.  Pode não se aplicar aos anúncios de sobreposição (non-overlay ads).
  • CODEC
    Diminuitivo de para compressor/decompressor. Codecs são algoritmos que são utilizados para comprimir o tamanho do áudio, vídeo e ficheiros de imagem para que a sua transmissão através da rede de dados ou armazenamento no computador. QuickTime, da Apple, Microsoft Windows Media Video e MP3 são exemplos de codecs comuns.
  • CODIFICAÇÃO
    É o processo de compressão e  de divisão de um ficheiro em pacotes de modo que possa ser entregue numa rede.
  • COLOR GRAPHICS
    Papéis de parede(Wallpapers) coloridos, Papéis de parede (wallpapers) gráficos coloridos. Uma imagem colorida.
  • COLOR RING BACK TONE
    Ver Ringbacks.
  • COMBINATION AD
    Um anúncio potencialmente clicável constituído por uma imagem e texto.
  • COMÉRCIO ELETRÓNICO
    É o processo de venda de produtos ou serviços através da Internet.
  • COMMERCIAL MESSAGES
    Mensagens de texto ou multimédia que são enviadas para um dispositivo móvel ou computador, geralmente para fins comerciais.
  • COMMUNICATION ERROR
    Ocorre na sequência de uma falha do browser/servidor Web realizar com sucesso o pedido/transferência de um documento.
  • COMPACT HTML (cHTML)
    Um subconjunto de HTML para pequenos dispositivos, como telemóveis e PDAs. O cHTML foi criado por Japan-based Access Company, Ltd., em 1998, para equipamentos i-Mode.
  • COMPLETE MMS AD
    Esta unidade publicitária assume que o MMS é integralmente o anúncio.  Este anúncio MMS poderia ser o resultado de um clique num Banner WAP ou de uma mensagem enviada gratuitamente aos assinantes que optaram por receber notícias sobre o anunciante.
  • CONCURSO
    Um mecanismo promocional que inclui um prémio e um desafio. Não pode haver qualquer elemento do acaso ou sorte.
  • CONFIDENCIAL
    O tratamento das informações que um indivíduo tem divulgado numa relação de confiança, e com a expectativa de que não podem ser divulgadas sem prévia autorização para terceiros, para que não sejam incompatíveis face ao entendimento da divulgação original.
  • CONFIDENTIALITY (CONFIDENCIAL)
    O tratamento das informações que um indivíduo tem divulgado numa relação de confiança, e com a expectativa de que não podem ser divulgadas sem prévia autorização para terceiros, para que não sejam incompatíveis face ao entendimento da divulgação original.
  • CONFIRMED OPT-IN
    O processo utilizado para validar a intenção de um assinante de telemóvel ou aplicacional, der modo a obter o acordo explícito desse assinante para participar numa iniciativa promovida pelo promotor desse processo.
  • CONNECTION AGGREGATOR
    Connection aggregators asseguram a conectividade entre Operadores e fornecedores de aplicações.
  • CONSOLA DE JOGOS
    É um computador ou dispositivo de entretenimento interactivo eléctrico que manipula o sinal de exibição do vídeo de um dispositivo de vídeo (televisão, monitor, etc) para exibir um jogo. O termo Consola de Vídeo Jogos é normalmente utilizada apenas para jogos de vídeo, mas a nova geração de consolas pode jogar vários tipos de media, tais como música, programas de TV e filmes.
  • CONSUMO DE TEMPO
    É o lapso de tempo decorrido desde o início de uma visita até à actividade da última audiência associada que foi visitada. Tempo gasto… deve representar a actividade de um único cookied browser ou utilizador numa sessão de acesso único a um site. (Ver Time Spent)
  • CONTENT AGGREGATOR
    É a organização que celebra contratos com um conjunto de fornecedores de conteúdo, e o redistribui como conteúdo licenciado.
  • CONTENT INTEGRATION
    É a publicidade disponibilizada num conteúdo editorial ou colocada como se fosse conteúdo desse meio. Também conhecido como publi-reportagem web.
  • CONTENT PREVIEW
    Quando se divulga um anúncio em se inclui no conteúdo móvel uma amostra. Isto é muito semelhante a um trailer de um filme, mas para todo o conteúdo digital, incluindo ringtones (toques) e wallpapers.
  • CONTENT PROVIDER
    É a empresa que cria e oferece conteúdo, por exemplo,  produtos gráficos, ringtones (toques), jogos, notícias, informações e serviços de entretenimento, etc. Os CP (Fornecedores de conteúdo) ou são os proprietários ou detém os direitos do conteúdo.  Eles frequentemente licenciam conteúdo aos fornecedores de aplicações para que estes os possam oferecer aos seus utilizadores finais.
  • CONTEST (CONCURSO)
    Um mecanismo promocional que inclui um prémio e um desafio. Não pode haver qualquer elemento do acaso ou sorte.
  • CONTEÚDO CONTEXTUAL
    É a publicidade disponibilizada num conteúdo editorial ou colocada como se fosse conteúdo desse meio. Também conhecido como publireportagem web.
  • CONTEÚDO MOBILE
    Conteúdos de entretenimento, desporto, notícias, informação e jogos entregues via qualquer tipo de media sem fios sem formato publicitário. A localização, distribuição e a tecnologia do conteúdo é irrelevante e pode incluir ambos dentro e fora da plataforma.
  • CONTEÚDO PREMIUM
    Conteúdo que o fornecedor cobra uma taxa separadamente para além de quaisquer encargos fixos cobrados pelo operador para aceder a esse conteúdo.
  • CONTEÚDO PRIVADO
    O Utilizador Final de dados (incluindo mas não limitado a textos, fotos, vídeos e arquivos multimédia), localizada em um espaço privado.
  • CONTEÚDO PROMOCIONAL
    Conteúdo oferecido sem qualquer custo para o utilizador, como um sampler, permitindo aos clientes “experimentar antes de comprar”, aumentando a confiança de compra.
  • CONTEÚDO PÚBLICO
    Os dados do utilizador final (incluindo mas não limitado a textos, fotos, vídeos e arquivos multimédia), localizada num espaço público.
  • CONTEÚDOS PERSONALIZADOS
    Qualquer conteúdo que sirva para “personalizar” o telemóvel ou serviço para o proprietário, muitas vezes baseada no estilo pessoal do proprietário e preferências pessoais de entretenimento.  Inclui todos os elementos gráficos (wallpapers, screensavers, temas de telefone, etc) e audio (toques/ringtones, ringbacks, avisos, cumprimentos) e produtos de vídeo (video tones, etc.)
  • CONTEXTUAL ADS
    Quando a distribuição de anúncios é realizada com base nos motores contextuais dos anúncios enviando anúncios de texto e imagens com base no conteúdo das páginas. Os anúncios são associados a palavras-chave extraídas do conteúdo.
  • CONVERSION
    É o número ou a percentagem de consumidores que realmente tiraram partido de uma oferta especial. 
  • COOKIE
    Pequeno pedaço de informação (ou seja, o código do programa) que é armazenado no browser cuja finalidade visa identificar a actividade da sua audiência através do browser durante e entre as visitas ou sessões. Essa informação é colocada no computador de um visitante ou no seu telemóvel por um servidor Web que podem ser armazenados ou recuperados quando o site é acedido. Os cookies são geralmente utilizados como identificadores únicos (isto é, IDs de utilizador ou IDs de sessão) para registar um comportamento dos utilizadores únicos em cada visita. Os Cookies podem ser utilizados para armazenar outros dados, como endereço de e-mail, usernames, etc. A maioria dos telemóveis não suportam cookies, embora o mercado a longo prazo está se orientando nessa direcção.
  • COOKIE BUSTER
    Software que permite bloquear a colocação de cookies no browser do utilizador.
  • Copão
    Um bilhete, mensagem e/ou documento que pode ser trocado por um desconto financeiro sobre um produto ou serviço.
  • COST PER TARGETED THOUSAND IMPRESSIONS (CPTM)
    Custo determinado pelo público alvo que reúna características particulares, demográficas, tais como jogadores de golf do sexo masculino com idade entre os 18 e os 25. A diferença entre o CPM e o CPTM é que CPM é apurado com base impressões em bruto , enquanto que o CPTM é com base nas impressões do público alvo.
  • COST PER THOUSAND (CUSTO POR MIL) (CPM)
    É uma das métricas utilizadas para definir o preço dos banners de publicidade. Sites que vendem publicidade podem garantir a um anunciante um certo número de impressões (número de vezes que um banner é servido e, presumivelmente, visto pelos visitantes) e, em seguida, definir o custo com base nessa garantia, multiplicando-o pela taxa de CPM.  Por exemplo, um site que cobra 1.000 € (mil euros) por anúncio e regista 100.000 visitas tem um CPM de  5€ (Cinco Euros)  (1,000€ dividido por 200).
  • COST-PER-CLICK (CUSTO POR CLIQUE) (CPC)
    Custo da publicidade baseado no número de cliques recebidos.
  • COST-PER-CUSTOMER (CUSTO POR CLIENTE)
    Custo pago pelo anunciante pela conquista de um cliente.
  • COUNT AUDIT
    Ver activity audit.
  • COUPON
    Um bilhete, mensagem e/ou documento que pode ser trocado por um desconto financeiro sobre um produto ou serviço.
  • CP - CONTENT PROVIDER
    É a empresa que cria e oferece conteúdo, por exemplo,  produtos gráficos, ringtones (toques), jogos, notícias, informações e serviços de entretenimento, etc. Os CP (Fornecedores de conteúdo) ou são os proprietários ou detém os direitos do conteúdo.  Eles frequentemente licenciam conteúdo aos fornecedores de aplicações para que estes os possam oferecer aos seus utilizadores finais.
  • CPA
    É o  custo da publicidade baseada na atuação específica do visitante ao realizar as medidas especificamente definidas como resposta a esse anúncio.  Consideram-se “Ações” comportamentos tais como uma transação de venda, a aquisição de um cliente, ou um clique
  • CPA - COST-PER-ACTION (CUSTO POR AÇÃO)
    É o  custo da publicidade baseada na atuação específica do visitante ao realizar as medidas especificamente definidas como resposta a esse anúncio.  Consideram-se “Ações” comportamentos tais como uma transação de venda, a aquisição de um cliente, ou um clique
  • CPC
    Custo da publicidade baseado no número de cliques realizados.
  • CPL
    Custo da publicidade baseado no número de ficheiros (leads - Oportunidades de Negócio) recebidos.
  • CPL - COST-PER-LEAD (CUSTO POR LEAD)
    Custo da publicidade baseado no número de ficheiros (leads - Oportunidades de Negócio) recebidos.
  • CPM
    É uma das métricas utilizadas para definir o preço dos banners de publicidade. Sites que vendem publicidade podem garantir a um anunciante um certo número de impressões (número de vezes que um banner é servido e, presumivelmente, visto pelos visitantes) e, em seguida, definir o custo com base nessa garantia, multiplicando-o pela taxa de CPM.  Por exemplo, um site que cobra 1.000 € (mil euros) por anúncio e regista 100.000 visitas tem um CPM de  5€ (Cinco Euros)  (1,000€ dividido por 200).
  • CPM - CUSTO POR MIL
    É uma das métricas utilizadas para definir o preço dos banners de publicidade. Sites que vendem publicidade podem garantir a um anunciante um certo número de impressões (número de vezes que um banner é servido e, presumivelmente, visto pelos visitantes) e, em seguida, definir o custo com base nessa garantia, multiplicando-o pela taxa de CPM.  Por exemplo, um site que cobra 1.000 € (mil euros) por anúncio e regista 100.000 visitas tem um CPM de  5€ (Cinco Euros)  (1,000€ dividido por 200).
  • CPO
    O custo da publicidade baseado no número de encomendas recebidas.Também designado por Custo Por Transação (Cost-per-Transaction).
  • CPO - COST-PER-ORDER (CUSTO POR ENCOMENDA)
    O custo da publicidade baseado no número de encomendas recebidas.Também designado por Custo Por Transação (Cost-per-Transaction).
  • CPS
    É o custo suportado pelo anunciante por cada transacção de venda.
  • CPS - COST-PER-SALE (CUSTO POR VENDA)
    É o custo suportado pelo anunciante por cada transacção de venda.
  • CPT
    Ver CPO (Cost-per-Order – Custo Por Encomenda).
  • CPT - COST-PER-TRANSACTION (CUSTO POR TRANSACÇÃO)
    Ver CPO (Cost-per-Order – Custo Por Encomenda).
  • CPTM
    Custo determinado pelo público alvo que reúna características particulares, demográficas, tais como jogadores de golf do sexo masculino com idade entre os 18 e os 25. A diferença entre o CPM e o CPTM é que CPM é apurado com base impressões em bruto , enquanto que o CPTM é com base nas impressões do público alvo.
  • CRAWLER
    É um programa de software que visita as páginas na Web para criar índices para motores de pesquisa. Veja também (spider) aranha, bot, e intelligent agent.
  • CRM
    Práticas empresariais pautadas pela lealdade no atendimento ao cliente, no acolhimento, e / ou suporte ao cliente. Pode também ser a plataforma informática que gere a informação do relacionamento da organização com os seus clientes.
  • CRM - CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT (Gestão do Relacionamento com o Cliente)
    Práticas empresariais pautadas pela lealdade no atendimento ao cliente, no acolhimento, e / ou suporte ao cliente. Pode também ser a plataforma informática que gere a informação do relacionamento da organização com os seus clientes.
  • CROSS-CARRIER MOBILE-PHONE VOTING APPLICATION
    A solução de software que processa os votos dos assinantes telemóvel a partir de vários operadores de telecomunicações.
  • CROWDSOURCING
    Tomar uma tarefa que se convencionou ser executada por um terceiro ou trabalhador e entregá-la a um grupo grande e indefinido de pessoas através de um convite aberto para as respostas.
  • CSC
    Pequenos números numéricos (normalmente  4~6 dígitos) para os quais as mensagens de texto podem ser enviadas a partir de um telemóvel. Os assinantes sem fios enviam mensagens de texto para CSC com palavras-chave para aceder a uma ampla variedade de conteúdos móveis.
  • CSC - COMMON SHORTCODE
    Pequenos números numéricos (normalmente  4~6 dígitos) para os quais as mensagens de texto podem ser enviadas a partir de um telemóvel. Os assinantes sem fios enviam mensagens de texto para CSC com palavras-chave para aceder a uma ampla variedade de conteúdos móveis.
  • CSCA - COMMON SHORT CODE ADMINISTRATION
    É a entidade que supervisiona o registo, e a atribuição e acompanhamento dos CSCs. Os CSCA estão predominantemente no Canadá, China, Reino Unido e os Estados Unidos. Os Operadores Locais de Telemóvel e os agregadores desses códigos curto são os gestores dos registos dos CSC  nos outros países.
  • CSS
    É um documento externo que reúne o código que define a aparência de um site (Internet e Mobile Web).
  • CSS - CASCADING STYLE SHEET
    É um documento externo que reúne o código que define a aparência de um site (Internet e Mobile Web).
  • CTA
    CALL TO ACTION (CTA) – É a mensagem ou instrução, normalmente promovida na imprensa escrita, web, TV, rádio, no portal, ou através de outras formas de media (muitas vezes inseridos na própria publicidade), que explica a um assinante de telemóvel ou potencial cliente como responder a uma opt-in para uma promoção em particular ou para uma iniciativa através do seu telemóvel, normalmente seguido de um aviso/informação.
  • CTA - CALL TO ACTION
    É a mensagem ou instrução, normalmente promovida na imprensa escrita, web, TV, rádio, no portal, ou através de outras formas de media (muitas vezes inseridos na própria publicidade), que explica a um assinante de telemóvel ou potencial cliente como responder a uma opt-in para uma promoção em particular ou para uma iniciativa através do seu telemóvel, normalmente seguido de um aviso/informação.
  • CTR
    É um indicador que permite medir o sucesso de uma campanha de publicidade on-line ou móvel. A CTR é obtida pela divisão do número de utilizadores que clicaram num anúncio de uma página Web pelo número de vezes que o anúncio foi entregue (impressões).
  • CTR - CLICK-THROUGH RATE
    É um indicador que permite medir o sucesso de uma campanha de publicidade on-line ou móvel. A CTR é obtida pela divisão do número de utilizadores que clicaram num anúncio de uma página Web pelo número de vezes que o anúncio foi entregue (impressões).
  • CUSTO POR AÇÃO
    É o  custo da publicidade baseada na atuação específica do visitante ao realizar as medidas especificamente definidas como resposta a esse anúncio.  Consideram-se “Ações” comportamentos tais como uma transação de venda, a aquisição de um cliente, ou um clique
  • CUSTO POR CLIQUE
    Custo da publicidade baseado no número de cliques realizados.
  • CUSTOMER EXPERIENCE (Cx)
    Customer Experience (Cx) é o resultado das interações do cliente com a empresa, ou como ele percebe essas interações. "A experiência do cliente perfeita é um conjunto de interações que excedem as expectativas e necessidades do cliente"Bruce Temki
  • CUSTOMER INTELLIGENCE (CI)
    Customer intelligence (CI) é o processo de recolha e análise de informações sobre os clientes, detalhes e ações, a fim de desenvolver relacionamentos com os clientes mais profundos e eficazes e melhorar a tomada de decisão estratégica da organização. Customer intelligence (CI) is the process of gathering and analyzing information regarding customers; their details and their activities, in order to build deeper and more effective customer relationships and improve strategic decision making.
  • Cx
    Customer Experience (Cx) é o resultado das interações do cliente com a empresa, ou como ele percebe essas interações. "A experiência do cliente perfeita é um conjunto de interações que excedem as expectativas e necessidades do cliente"Bruce Temki
  • D2C
    DIRECT TO CONSUMER - Conteúdos e serviços promovidos directamente pelo fornecedor(externo) para o utilizador final do telemóvel. A promoção destes serviços não depende da inscrição prévia no portal  (operador), o fornecedor do conteúdo é responsável pela tabela dos preços e pelo marketing. 
  • D2C - DIRECT TO CONSUMER
    Conteúdos e serviços promovidos directamente pelo fornecedor(externo) para o utilizador final do telemóvel. A promoção destes serviços não depende da inscrição prévia no portal  (operador), o fornecedor do conteúdo é responsável pela tabela dos preços e pelo marketing. 
  • DATA CHARGING
    É o custo de utilização da rede móvel para serviços de dados .Os dois principais modelos de tarifação são: pay-as-you-use, que é efectivamente medido, pois o aumento da facturação dá-se na proporção da quantidade de dados consumidos pelo utilizador; O segundo método consiste em cobrar de acordo com a taxa pré-definida (habitualmente num período de utilização mensal) para um consumo pré-determinado de dados que podem ser consumidos.
  • DATA COLLECTION
    O processo pelo qual um marketer recolhe elementos de identificação pessoal dos assinantes dos serviços móveis.
  • DAUGHTER WINDOW
    É o anúncio que é executado numa outra janela associado ao banner exibido em simultâneo. Na prática,  o conteúdo e o banner são processadas primeiro, surgindo posteriormente a daughter window. 
  • DAY PARTING
    Ver Targeting
  • DECK
    Um portal que dá acesso a vários links de conteúdos, geralmente pré-configurados pelo Operador, sendo a  home page padrão do browser no telemóvel. 
  • DELIVERY REPORT
    É o aviso / notificação / relatório de uma bem sucedida MO/MT de facturação. 
  • DEMOGRÁFICOS
    Características comuns utilizadas para a segmentação da população ou do público alvo, tais como idade, sexo, rendimento familiar, etc
  • DEMOGRAPHICS
    Características comuns utilizadas para a segmentação da população ou do público alvo, tais como idade, sexo, rendimento familiar, etc. 
  • DESCARREGAR VÍDEO
    Neste caso, o ficheiro de vídeo é descarregado integralmente para o telemóvel antes do mesmo começar a tocar. Uma vez que o vídeo é reproduzido apenas após a sua recepção no telemóvel, o servidor dos anúncios não podem confirmar se o conteúdo do vídeo e/ou os anúncios foram realmente visionados na sua totalidade. Devido à natureza das tecnologias utilizadas, a qualidade dos ficheiros de vídeo recebidos são de tão boa como os que estão guardados no servidor original. Como os arquivos de vídeo são guardados integralmente no telemóvel, a questão do copyright aqui são mais “aparentes”. A tecnologia mais popular é OMA download. 
  • DESCOBERTA DE SERVIÇOS
    É o método pelo qual o consumidor encontra conteúdo com interesse. Service Discovery pode ser realizado pelo telemóvel (on-line) ou sem estar ligado (off-line).  On-line inclui menus de navegação, a entrada directa num URL, recomendação de pessoa para pessoa, banners de anúncios ou pesquisas. Off-line inclui métodos de acesso, como o envio de um texto-chave para um código de SMS (short code). Offline discovery é considerada como válida para muitos utilizadores através de múltiplas redes móveis.
  • DHTML
    São um vasto conjunto de comandos de HTML que são utilizados pelos web designers para criar animações e maior interatividade do que com o HTML. 
  • DHTML (Dynamic Hypertext Markup Language)
    São um vasto conjunto de comandos de HTML que são utilizados pelos web designers para criar animações e maior interatividade do que com o HTML. 
  • DIGITAL SIGNATURES (ASSINATURAS DIGITAIS)
    São assinaturas de documentos electrónicos. Asseguram a identidade e, portanto, pode ser utilizadas para estabelecer a responsabilidade jurídica e da autenticidade integral de tudo em que estiverem presentes – com efeito, a criação de um selo de segurança.
  • DIGITAL VIDEO SERVER
    É um computador, robusto dedicado num local central que recebe os pedidos dos telespectador através de uma aplicação de vídeo-on-Uma vez recepcionado o pedido, são enviadas de seguida, as transmissões streams de vídeo digital específicas para que o telespectador. 
  • DISCOVERABLE NOTICE
    Ver Notice.
  • DISPLAY ADVERTISING (EXIBIR PUBLICIDADE)
    É uma forma de publicidade online onde o anunciante divulga a sua mensagem através de uma página web definida, em geral, esta publicidade é disponibilizada a partir de uma caixa na parte superior ou inferior do site, junto ao conteúdo da página. 
  • DMB
    DIGITAL MULTIMEDIA BROADCASTING (DMB) - É uma tecnologia de transmissão digital de rádio para o envio de multimédia para telemóveis (rádio, TV, e data casting) . 
  • DMB - DIGITAL MULTIMEDIA BROADCASTING
    É uma tecnologia de transmissão digital de rádio para o envio de multimédia para telemóveis (rádio, TV, e data casting) . 
  • DOMAIN NAME
    É nome que identifica um site na Internet como único. Cada domínio integra um designador superior ou de alto nível e um ou mais de baixo nível. Os domínios de nível superior (TLDs – Top-level Domains) ou são genéricos ou geográficos. Os domínios genéricos de nível superior são por exemplo  .com (comercial); . net (network); .edu (educação); .org (organização, pública ou não-comercial); .gov (governamentais); .mil (militares); .biz (negócio); .info (informação); . name (pessoal); .pro (profissional); .aero ( transporte aéreo e da aviação civil); .coop (cooperativas) e dómínios Geográficos, que designam os países de origem, como. Pt (Português). Us (Estados Unidos). Fr (França). Uk (Reino Unido), etc.
  • DOUBLE OPT-IN
    É o processo de validação do pedido realizado por assinante de telemóvel para aderir a uma iniciativa móvel, solicitando aos assinantes opt-in, duas vezes, antes da sua participação como assinante.  Um requisito para as subscrições Premium e para muitos outros tipos de serviços móveis. 
  • DOWNLOAD VIDEO
    Neste caso, o ficheiro de vídeo é downloaded integralmente para o telemóvel antes do mesmo começar a tocar. Uma vez que o vídeo é reproduzido apenas após a sua recepção no telemóvel, o servidor dos anúncios não podem confirmar se o conteúdo do vídeo e/ou os anúncios foram realmente visionados na sua totalidade. Devido à natureza das tecnologias utilizadas, a qualidade dos ficheiros de vídeo recebidos são de tão boa como os que estão guardados no servidor original. Como os arquivos de vídeo são guardados integralmente no telemóvel, a questão do copyright aqui são mais “aparentes”. A tecnologia mais popular é OMA download. 
  • DOWNLOADABLE APPLICATION
    Ver Application
  • DPO
    DISTINCT POINT OF ORIGIN - É um endereço único a partir da qual um browser se liga a um site na Internet.
  • DPO - DISTINCT POINT OF ORIGIN
    É um endereço único a partir da qual um browser se liga a um site na Internet.
  • DRILL DOWN
    Ocorre quando um utilizador acede cada vez mais ás páginas do site online, ele ou ela vai aprofundar cada vez mais no conteúdo do site.
  • DRINGSPOT
    O objecto desta patente consiste em gerir o período que medeia entre o pedido de comunicação do emissor e o receptor aceitar ou atender o pedido de comunicação. O serviço é prestado directamente pelo Operador do assinante de telemóvel e permite que o assinante reduza a sua factura de telemóvel deduzindo os créditos de publicidade. (Mobile – Mobile; Fixed – Mobile ou Mobile Fixed; Fixed – Fixed; Videoconferencing On-line Communications; VOIP; Any communication with a cost to the originator and/or  receiver entity).
  • DSL
    É um circuito digital dedicado de alta velocidade a partir de um determinado local para o Operador de Telecomunicações, utilizando linhas telefónicas normais de cobre. DSL é a principal forma de banda larga a nível mundial. DSL é uma designação geral que inclui diversas variações: ADSL (Asymmetric Digital Subscriber Line), que vão até 1,5 Mbps; HDSL (High-bit-rate Digital Subscriber Line), 1,5 Mbps; SDSL (Single-line Digital Subscriber Line), 1.5 Mbps; VDSL (Very high-data-rate Digital Subscriber Line), que vão até 2,3 Mbps e RDSL (Rate Adaptive Digital Subscriber Line), com várias velocidades.
  • DSL - DIGITAL SUBSCRIBER LINE
    É um circuito digital dedicado de alta velocidade a partir de um determinado local para o Operador de Telecomunicações, utilizando linhas telefónicas normais de cobre. DSL é a principal forma de banda larga a nível mundial. DSL é uma designação geral que inclui diversas variações: ADSL (Asymmetric Digital Subscriber Line), que vão até 1,5 Mbps; HDSL (High-bit-rate Digital Subscriber Line), 1,5 Mbps; SDSL (Single-line Digital Subscriber Line), 1.5 Mbps; VDSL (Very high-data-rate Digital Subscriber Line), que vão até 2,3 Mbps e RDSL (Rate Adaptive Digital Subscriber Line), com várias velocidades.
  • DUAL BAND
    Um aparelho que suporta e é compatível com dois padrões diferentes e/ou duas frequências diferentes/bandas. 
  • DVB-H
    DIGITAL VIDEO BROADCASTING-HANDSET - É a tecnologia que impulsiona a TV móvel, que é uma combinação de vídeo digital convencional, IP e que é escalável para dispositivos mais pequenos. 
  • DVB-H - DIGITAL VIDEO BROADCASTING- HANDSET
    É a tecnologia que impulsiona a TV móvel, que é uma combinação de vídeo digital convencional, IP e que é escalável para dispositivos mais pequenos. 
  • DVR
    DIGITAL VIDEO RECORDER - É um Disco Rígido de alta capacidade que está incorporado numa set-top box, que grava a programação de vídeo a partir de um aparelho de televisão.  DVRs permitem que o espectador faça pause, fast forward, guarde a programação TV.
  • DVR - DIGITAL VIDEO RECORDER
    É um Disco Rígido de alta capacidade que está incorporado numa set-top box, que grava a programação de vídeo a partir de um aparelho de televisão.  DVRs permitem que o espectador faça pause, fast forward, guarde a programação TV.
  • DYNAMIC AD DELIVERY
    Baseado em critérios pré-determinados, Dynamic Ad Delivery é o processo pelo qual um anúncio móvel é entregue, através de uma plataforma de gestão da campanha, o conteúdo móvel de um editor.
  • DYNAMIC AD INSERTION
    É o processo pelo qual um anúncio é inserido numa página como resposta a um pedido do utilizador. O posicionamento dinâmico do anúncio permite a alteração de anúncios específicos colocados numa página com base nos dados disponíveis nessa aplicação.  Na sua forma mais simples, a colocação de anúncios dinâmicos permite que vários anúncios possam rodar através de um ou mais espaços. Em exemplos mais sofisticados, o posicionamento desses anúncios podem ser determinados por dados demográficos ou com base no histórico de navegação do utilizador. 
  • DYNAMIC IP ADDRESS (Endereço Dinâmico de IP)
    É um endereço IP (atribuído por um ISP para o computador do cliente) que altera periodicamente. 
  • DYNAMIC ROTATION
    Consiste na entrega dos anúncios rotativamente, de forma aleatória aos utilizadores que estão expostos a diferentes anúncios e os mesmos são disponibilizados em diferentes páginas do site.
  • E-COMMERCE
    É o processo de venda de produtos ou serviços através da Internet.
  • E-MAIL ADVERTISING
    São os banners, links ou patrocínios que aparecem nas newsletters via e-mail , e-mail marketing e campanhas comerciais e outras campanhas de comunicação via e-mail. Inclui todos os tipos de correio electrónico (por exemplo, com texto  ou HTML – enabled)
  • E-MAIL BOUNCE
    Um e-mail que não pôde ser entregue na mailbox e que é devolvido para o e-mail do Service Provider que a enviou. A rejeição ou é classificada como .hard. ou como .soft .  a Rejeição é .hard. são a falha da entrega do e-mail se devem a razões permanentes, tais como um endereço ser inexistente. A rejeição é .soft.. se a falha da entrega do e-mail se devem a problema temporários, como seja uma inbox cheia ou indisponibilidade do servidor  do ISP (Internet Service Provider).
  • E-MAIL CAMPAIGN
    A campanha de publicidade distribuída por e-mail.
  • E-MAIL INBOX
    É a pasta padrão dentro de um mailbox provider, é a pasta principal, que guarda os e-mails recebidos.
  • E-MAIL MAILBOX PROVIDER
    O programa de e-mail, e, por extensão, o servidor que hospeda o endereço de email segmentados
  • E-MAIL MARKETING
    São os banners, links ou patrocínios que aparecem nas newsletters via e-mail , e-mail marketing e campanhas comerciais e outras campanhas de comunicação via e-mail. Inclui todos os tipos de correio electrónico (por exemplo, com texto  ou HTML – enabled)
  • E-MAIL PREVIEW PANE
    É uma pequena janela dentro do mailbox provider que permite ao utilizador pré-visualizar alguns conteúdos do e-mail sem o abrir.
  • EDITOR
    A empresa que fornece sites WAP e/ou facilita a entrega de publicidade através de um ou mais sites WAP. Inclusive o editor de conteúdo móvel, como de jogos e produtos de personalização. O Publisher pode ser um indivíduo ou organização que prepara, problemas e divulga conteúdo para distribuição pública ou venda por um ou mais meios de comunicação.  
  • ENCODER
    É um hardware ou software utilizado para comprimir os sinais de áudio e vídeo para fins de streaming.  Ver codec.
  • ENCODING
    É o processo de compressão e  de divisão de um ficheiro em pacotes de modo que possa ser entregue numa rede.
  • ENCRIPTAÇÃO
    “Garantir” que a informação digital, é ilegível, sem o uso de chaves digitais.
  • ENCRYPTION
    “Garantir” que a informação digital, é ilegível, sem o uso de chaves digitais.
  • END-USER
    É outra designação para designar os assinante móveis, os utilizadores finais são os sujeitos e/ou entidades que utilizam short codes para estabelecer comunicação com as aplicações. (Por exemplo, um utilizador que assista a um vídeo a partir do seu telemóvel).
  • ENDEREÇO IP
    É o endereço numérico de Internet protocol atribuído a cada um dos computadores na Internet, de forma a que a sua localização e actividades possam ser diferenciadas das de outros computadores.  O formato é ##.##.##.##, onde cada número varia entre 0 e 255
  • ENHANCED DATA RATES FOR GSM EVOLUTION (EDGE ) (Enhanced GPRS (EGPRS)
    Fase final na evolução dos GSM standard, sendo também uma tecnologia intermedia que aproximou mais a tecnologia 2G na capacidade de transferência de dados da tecnologia 3G . A EDGE utiliza um novo esquema modulação que permite teoricamente velocidades de dados até 384 kbit/s no espectro GSM.
  • EPG
    Electronic Programming Guide - É a aplicação que permite ao espectador seleccionar interactivamente a sua programação de televisão.
  • EPG (Electronic Programming Guide)
    É a aplicação que permite ao espectador seleccionar interactivamente a sua programação de televisão.
  • ESP
    E-MAIL SERVICE PROVIDER - É a empresa ou organização que fornece a tecnologia de permite o envio da campanha de e-mail. O ESP também pode fornecer serviços de marketing, publicidade  e de comunicação em geral.
  • ESP - E- MAIL SERVICE PROVIDER
    É a empresa ou organização que fornece a tecnologia de permite o envio da campanha de e-mail. O ESP também pode fornecer serviços de marketing, publicidade  e de comunicação em geral.
  • ESPAÇO
    Local na página de um site em que um anúncio podem ser colocados. Cada espaço num site é identificado exclusivamente. Não pode haver espaços múltiplos numa única página.
  • ESPAÇO PÚBLICO
    As peças da Comunidade de Serviço Móvel que são visíveis e acessíveis a utilizadores em geral, sem qualquer subvenção explícita de acesso por qualquer utilizador final. Exemplos de um espaço público incluem, mas não estão limitados a (i) salas de chat público, (ii) os perfis de utilizador Pública, (iii) as conversas em grupo público, ou (iv) armários conteúdo Pública.
  • ETHERNET
    Uma tecnologia de rede que interliga computadores na mesma rede local.
  • ETV
    Enhanced Television - É um tipo de tecnologia de televisão interativa que permite que os produtores de conteúdo possam enviar dados e gráficos “melhorados /enhancements” através de uma pequena parte do sinal analógico de transmissão regular designado por Vertical Blanking Interval. Essas melhorias aparecem como sobreposições no vídeo e permitir que os utilizadores cliquem neles enquanto estão assistindo televisão via uma set-top box/ serviço especial.
  • ETV (Enhanced Television)
    Um tipo de tecnologia de televisão interativa que permite que os produtores de conteúdo possam enviar dados e gráficos “melhorados /enhancements” através de uma pequena parte do sinal analógico de transmissão regular designado por Vertical Blanking Interval. Essas melhorias aparecem como sobreposições no vídeo e permitir que os utilizadores cliquem neles enquanto estão assistindo televisão via uma set-top box/ serviço especial.
  • EXIBIR PUBLICIDADE
    É uma forma de publicidade online onde o anunciante divulga a sua mensagem através de uma página web definida, em geral, esta publicidade é disponibilizada a partir de uma caixa na parte superior ou inferior do site, junto ao conteúdo da página. 
  • EXPANDABLE BANNERS
    É um banner que se pode expandir até à dimensão de 468 x 240, após o utilizador clicar no mesmo ou depois que um utilizador passar o seu cursor sobre o banner. 
  • EXPERIÊNCIA DO CLIENTE
    Customer Experience (Cx) é o resultado das interações do cliente com a empresa, ou como ele percebe essas interações. "A experiência do cliente perfeita é um conjunto de interações que excedem as expectativas e necessidades do cliente"Bruce Temki
  • EXTRANET
    É uma intranet que é parcialmente acessível a utilizadores externos através de autenticação prévia (login e password)
  • EYEBALLS
    Gíria utilizada para designar a audiência, isto é, o número de utilizadores que vêem um determinado site ou publicidade.
  • FAILURE TO TRANSFER (AUSÊNCIA DE TRANSFERÊNCIA)
    Conteúdo solicitado por um browser que interrompeu a sua transferência porque a página foi abandonada pelo browser que a solicitou (ver Abandon – abandono) ou se o servidor não consegue enviar a página completa, incluindo os anúncios (conhecido como erro – error ou um erro de comunicação – communications error).
  • FAMILY / AD FAMILY
    É uma colecção de um ou mais anúncios criativos. Também designado de campanha publicitária.
  • FAQ
    Abreviatura de Perguntas mais frequentes.
  • FEFO
    First Expire, First Out
  • FIFO
    First in, first out (Primeiro que Entra é o Primeiro que saí). (Ver PEPS)
  • FILTERING
    É o processo pelo qual é removida a actividade robótica e códigos de erro dos registos de medição de modo a apurar os registos resultantes das interacções verdadeiramente “humanas”.
  • FIREWALL
    É uma barreira de segurança que controla a comunicação entre uma rede de computadores pessoais ou empresariais e a Internet. A firewall é baseada em regras que permitem ou impedem a passagem de tráfego, com base no nível de segurança e filtragem determinado pelo administrador de rede.
  • FIRST GENERATION
    Ver 1G.
  • FLAME
    É uma opinião ou crítica inflamada distribuída por e-mail ou publicada num newsgroup ou fórum.
  • FLASH LITE
    Flash Lite é o perfil do Flash Player projectado para telemóveis e dispositivos electrónicos de consumo.  Ele permite aos programadores das aplicações móveis e designers a criar conteúdo e aplicações mais ricas e atraentes e, interfaces para o utilizador mais personalizadas nas plataformas móveis.
  • FLASH ™
    Formato do ficheiro adobe‘s vector-based rich media que é utilizado para exibir animações interactivas nas páginas web.
  • FLOATING ADS
    Um ou mais anúncios que surgem na janela principal do browser logo no início do seu conteúdo da página Web, parecem “flutuar” sobre a página.
  • FMC
    FIXED MOBILE CONVERGENCE - É um dispositivo de telemóvel que suporta tanto rede da sua operadora e WiFi e pode alternar entre ambas perfeitamente.
  • FMC - FIXED MOBILE CONVERGENCE
    É um dispositivo de telemóvel que suporta tanto rede da sua operadora e WiFi e pode alternar entre ambas perfeitamente.
  • FOLD
    É a linha abaixo da qual o utilizador tem que fazer scroll para visualizar o conteúdo que não estão imediatamente visíveis quando carrega a página Web no browser. Os Anúncios ou conteúdo exibido .Acima da dobra/above the fold. são visíveis sem qualquer interação do utilizador final. O tamanho e a resolução do Monitor determinam o ponto em que uma página  Web está a “dobrar” (Fold).
  • FORNECEDOR DE CONTEÚDOS
    É a empresa que cria e oferece conteúdo, por exemplo,  produtos gráficos, ringtones (toques), jogos, notícias, informações e serviços de entretenimento, etc. Os CP (Fornecedores de conteúdo) ou são os proprietários ou detém os direitos do conteúdo.  Eles frequentemente licenciam conteúdo aos fornecedores de aplicações para que estes os possam oferecer aos seus utilizadores finais.
  • FRAME RATE
    É o número de frames de vídeo exibidos durante um determinado tempo. Quanto maior a frame rate, maior será a qualidade de imagem.
  • FRAMES
    São secções múltiplas, e independentes utilizadas para elaborar uma página Web. Cada frame é construído como um arquivo HTML separado, mas com um ficheiro “Master” para controlar o posicionamento de cada secção. Quando um utilizador solicita uma página com diversos frames, os ficheiros serão apresentados como painéis.  Os sites que recorrem aos frames, reportam o pedido de uma página com várias sessões, como se fossem múltiplas páginas.
  • FREEMIUM
    É o modelo de negócio, em que o seu produto ou serviço proprietário (por norma uma aplicação de software que pode ser descarregada digitalmente) de forma gratuita. Para ter acesso a mais opções o utilizador terá que pagar um fee adicional para passar da versão freemium para premium. Freemium é um modelo de negócio em que um produto ou serviço proprietário (tipicamente uma oferta digital como software, mídia, jogos ou serviços web) é oferecido gratuitamente, mas dinheiro é cobrado a usuários premium por recursos adicionais, funcionalidade ou bens virtuais.
  • FREQUÊNCIA
    É o número de vezes que um anúncio é entregue ao mesmo browser numa única sessão ou período de tempo. Um site pode utilizar cookies para gerir a frequência do anúncio.
  • FREQUENCY
    É o número de vezes que um anúncio é entregue ao mesmo browser numa única sessão ou período de tempo. Um site pode utilizar cookies para gerir a frequência do anúncio.
  • FRIENDLY OFF-DECK
    É o conteúdo móvel de Internet Off-portal que foi validado de acordo com as normas do Operador para o desempenho técnico e adequação do conteúdo.
  • FTEU
    REE TO END USER - É um programa FTEU é todo aquele cujo o assinante faça opta-in, após receber uma Mobile Terminated (MT) mensagem SMS/MMS do seu operador sem incorrer com qualquer custo. O assinante pode interagir com o serviço de envio de mensagens SMS / MMS (incluindo, mas não se limitando a mensagens com o objectivo de opt-in, opt-out e pedido de ajuda).
  • FTEU - FREE TO END USER
    Um programa FTEU é todo aquele cujo o assinante faça opta-in, após receber uma Mobile Terminated (MT) mensagem SMS/MMS do seu operador sem incorrer com qualquer custo. O assinante pode interagir com o serviço de envio de mensagens SMS / MMS (incluindo, mas não se limitando a mensagens com o objectivo de opt-in, opt-out e pedido de ajuda).
  • FTP
    File Transfer Protocol - É protocolo de Internet que facilita o download ou upload de ficheiros.
  • FTP (FILE TRANSFER PROTOCOL)
    Protocolo de Internet que facilita o download ou upload de ficheiros.
  • FTTH
    Fiber to the Home - É a próxima geração de infra-estrutura de rede que está sendo implementada por algumas empresas de telecomunicações e outras empresas para fornecer conectividade banda larga à Internet mais rápida e outros serviços.
  • FTTH (FIBER TO THE HOME)
    É a próxima geração de infra-estrutura de rede que está sendo implementada por algumas empresas de telecomunicações e outras empresas para fornecer conectividade banda larga à Internet mais rápida e outros serviços.
  • FULL DOWNLOAD MUSIC
    É o download completo de uma música, versus uma parte de uma canção, para reprodução num dispositivo de telemóvel.
  • GALERIA
    Um vasto conjunto de menus que contém links para conteúdos de terceiros.  A galeria é geralmente acedida a partir do deck do operador, assumindo que o conteúdo passou por alguns testes base de validação prévia, embora estes sejam menos detalhados do que os aplicados aos conteúdos apresentados no deck principal.
  • GALLERY
    Um vasto conjunto de menus que contém links para conteúdos de terceiros.  A galeria é geralmente acedida a partir do deck do operador, assumindo que o conteúdo passou por alguns testes base de validação prévia, embora estes sejam menos detalhados do que os aplicados aos conteúdos apresentados no deck principal.
  • GEOTARGETING
    Disponibilizar conteúdos automaticamente (ou impedir a exibição dos mesmos) com base no conhecimento da sua posição geográfica do utilizador.  São relevantes tanto nos PC como para serviços de telemóveis. 
  • GERAÇÃO
    Grupos de transição das gerações Geração BBX (1958-1964) Grupo de transição entre Baby Boomers e X Geração XY (1976-1984) Grupo de transição entre a geração X e Y Geração YZ (1995-1999) Grupo de transição entre a geração Y e Z Classificação americana das gerações Baby Boomers – 1945 – 1964 Geração X – 1965 – 1979 Geração Y – 1980 – 1994 Geração Z – 1995 – Atual
  • GERAÇÃO X
    Nascidos entre 1965 e 1979.
  • GERAÇÃO Y
    Nascidos entre 1980 e 1994.
  • GERAÇÃO Z
    Nascidos depois de 1995 (Atual)
  • GERAR LEADS
    É o processo de recolha de informação, nomeadamente dados para contato (pessoais e/ou empresariais) de potenciais vendas (oportunidades qualificadas), que serão trabalhadas pelas força de vendas da empresa. Por exemplo os anunciantes pagam às empresas de publicidade online pelos formulários válidos/qualificados de compra (por exemplo, os concessionários de automóveis pagam um fee por cada inquérito preenchido on-line de para uma potencial compra) ou para recolher dados que ajudem a construir o perfil do consumidor, como sejam os dados demográficos, dados de contacto, e informação comportamental. Estes processos são por norma faturados com base no seu desempenho (por exemplo, o custo por ação, ou lead ou por questionário qualificado).
  • GIF
    GRAPHICS INTERCHANGE FORMAT - É um formato gráfico que recorre à compressão para armazenar e exibir imagens.  Um formato com suporte para imagens coloridas, utilizado também para banners publicitário nos telemóveis. 
  • GIF - GRAPHICS INTERCHANGE FORMAT
    É um formato gráfico que recorre à compressão para armazenar e exibir imagens.  Um formato com suporte para imagens coloridas, utilizado também para banners publicitário nos telemóveis. 
  • GIGABYTE
    Um gigabyte equivale a 1000 megabytes.
  • GLOBAL SYSTEM FOR MOBILE COMMUNICATIONS
    É um digital mobile cellular standard desenvolvido e amplamente utilizado na Europa. Um dos principais standards 2G.
  • GPRS
    GENERAL PACKET RADIO SERVICE - É uma tecnologia de packet-switching que permite a transmissão a alta velocidade  de dados até 115kbps. Uma melhoria para a tecnologia GSM, muitas vezes descrita como 2.5G.
  • GPRS - General Packet Radio Service
     É a tecnologia digital de rádio móvel que permite taxas moderadas de dados juntamente com a comunicação de voz. Evolução do GSM standard, designado por 2.5 G. Veja 3G. 
  • GPS
    GLOBAL POSITIONING SYSTEM - É um sistema de satélites, computadores e receptores que podem determinar a latitude e a longitude de um determinado receptor (dentro de seu sistema), localizado na Terra. Ele aponta a localização do receptor, calculando o tempo que leva para os sinais de diferentes satélites (colocados em vários locais) para alcançar o receptor. 
  • GPS - GLOBAL POSITIONING SYSTEM
    É um sistema de satélites, computadores e receptores que podem determinar a latitude e a longitude de um determinado receptor (dentro de seu sistema), localizado na Terra. Ele aponta a localização do receptor, calculando o tempo que leva para os sinais de diferentes satélites (colocados em vários locais) para alcançar o receptor.
  • GRAPHIC BANNERS
     É um anúncio gráfico num telemóvel recorrendo a um banner com uma imagem. Semelhante a um banner na web, mas com maiores restrições quanto ao seu peso.
  • GREETING
    É a saudação de correio de voz que o chamador ouve quando o destinatário da chamada não atende o telemóvel. Pode consistir num Master-tone, Voicetone, ou uma mensagem personalizada gravada pelo proprietário do telemóvel ou pelo serviço DringSPOT. (Veja DringSPOT)
  • GROSS EXPOSURES
    É o número total de vezes que um anúncio é veiculado, incluindo downloads duplicados para a mesma pessoa.
  • GSM
    Global System for Mobile - É o padrão de telefonia sem fios na Europa e maioritariamente do resto do mundo com excepção da América do Norte. 
  • GSM - GLOBAL SYSTEM FOR MOBILE
    É o padrão de telefonia sem fios na Europa e maioritariamente do resto do mundo com excepção da América do Norte. 
  • GUERILLA MARKETING
    São técnicas de marketing aplicadas numa campanha publicitária que podem passar pela colocação de mensagens de humor relacionadas com a marca em lugares inesperados, tanto online como no mundo real, com vista a provocar o passa-palavra com efeitos virais.
  • GUI
    Graphical User Interface - É uma forma mais visual que permite aos utilizadores  interagir com o computador utilizando ícones e o rato em vez da linha de comando prompt / intérprete.
  • GUI (GRAPHICAL USER INTERFACE)
    É uma forma mais visual que permite aos utilizadores  interagir com o computador utilizando ícones e o rato em vez da linha de comando prompt / intérprete.
  • HANDS FREE (Hands free kit ) (MÃOS LIVRES) (Kit mãos livres)
    É a utilização de um telemóvel sem o uso físico do mesmo, geralmente instalados em veículos e/ou ligados via Bluetooth ou auricular similar.
  • HDTV
    É um sinal de alta qualidade com alta resolução, utilizando um formato digital para a transmissão e recepção de sinais de TV. O HDTV fornece cerca de cinco vezes mais informações de imagem (elementos de imagem ou pixels) que uma televisão convencional, com mais clareza, mais resolução, e com qualidade digital de som.
  • HDTV (High-Definition Television) (Televisão de alta definição)
    É um sinal de alta qualidade com alta resolução, utilizando um formato digital para a transmissão e recepção de sinais de TV. O HDTV fornece cerca de cinco vezes mais informações de imagem (elementos de imagem ou pixels) que uma televisão convencional, com mais clareza, mais resolução, e com qualidade digital de som.
  • HEAD END
    É o local num sistema de cabo coaxial de banda larga ou rede onde se inicia a programação e começa a rede de distribuição. Os sinais são normalmente recebidas pelo ar a partir de satélites, os relés de microondas ou cabos de fibra óptica estão na extremidade da cabeça (head end) para a sua distribuição.
  • HEADING/H TAGS
    Esta tag indica uma página específica ou título de secção numa página web. Os motores de pesquisa prestam especial atenção ao texto H, uma vez que fornece pistas sobre a actualidade e relevância do conteúdo contido na secção.
  • HEURISTIC
    É uma forma de medir a identidade única de um utilizador. Esta medida utiliza a dedução ou inferência com base numa regra ou algoritmo que é válido para esse servidor. Por exemplo, a combinação de endereços IP e do agente do utilizador pode ser usado para identificar o mesmo em alguns casos. Se um servidor recebe um novo pedido do mesmo cliente dentro de 30 minutos, infere-se que um novo pedido vem do mesmo utilizador e que o tempo que decorreu até ao novo pedido foi gasto com a última página. Também referido como uma inferência.
  • HEURISTICA
    É uma forma de medir a identidade única de um utilizador. Esta medida utiliza a dedução ou inferência com base numa regra ou algoritmo que é válido para esse servidor. Por exemplo, a combinação de endereços IP e do agente do utilizador pode ser usado para identificar o mesmo em alguns casos. Se um servidor recebe um novo pedido do mesmo cliente dentro de 30 minutos, infere-se que um novo pedido vem do mesmo utilizador e que o tempo que decorreu até ao novo pedido foi gasto com a última página. Também referido como uma inferência.
  • HIGH SPEED DOWNLINK PACKET ACCESS
    É uma melhoria para o (UMTS) Universal Mobile Telecommunications System, a tecnologia 3G, também conhecido como Wideband Code Division Multiple Access (W-CDMA). Ele foi projectado para aumentar em mais de cinco vezes as velocidades de download e, em teoria, atinge até 14 Mbps (14 milhões de bits por segundo).
  • HIGH-DEFINITION TELEVISION
    É um sinal de alta qualidade com alta resolução, utilizando um formato digital para a transmissão e recepção de sinais de TV. O HDTV fornece cerca de cinco vezes mais informações de imagem (elementos de imagem ou pixels) que uma televisão convencional, com mais clareza, mais resolução, e com qualidade digital de som.
  • HIPERTEXTO
    Qualquer texto que contenha links de interligação com outros textos ou ficheiros na Internet.
  • HISTORY LIST
    É o menu no web browser que exibe os sites recentemente visitados. O mesmo mecanismo torna possível aos servidores a pista onde o browser foi antes de visitar um site em particular.
  • HIT
    Ocorre quando os utilizadores acedem a um site e o seu computador envia um pedido ao servidor do site para iniciar o download dessa página. Cada elemento de uma página solicitada (incluindo gráficos, textos e itens interactivos) são registados pelo ficheiro de logs do site no servidor Web. Se uma página que contém dois gráficos é acedida por um utilizador, os hits serão gravados uma vez para a própria página e uma vez para cada um dos gráficos.  Os Webmasters usam os hits para medirem a carga de trabalho nos seus servidores.  Porque existem vários layouts de páginas web e os  padrões de visita variar de site para site, o número de hits acaba por não ter qualquer relação com o número de páginas de download, sendo por isso um mau indicador para medir o tráfego num site.
  • HOME PAGE
    A página designada como o principal ponto de entrada de um site Web (ou página principal) ou o ponto de partida quando o primeiro navegador se conecta à Internet. Normalmente, ele recebe os visitantes e apresenta o objetivo do site, ou a organização patrocinadora, e, em seguida, fornece links para outras páginas dentro do site.
  • HOST
    Qualquer computador numa rede que ofereça serviços de conectividade a outros computadores. Um host tem um endereço IP associado a ele.
  • HOTLISTS
    Pull-down ou pop-up menus disponibilizados com frequência num browser ou motores de pesquisa a informar sobre novos sites ou sobre sites populares.
  • HOUSE ADS
    Anúncios de um produto ou serviço da mesma empresa.
  • HP - HOME PAGE
    A página designada como o principal ponto de entrada de um site Web (ou página principal) ou o ponto de partida quando o primeiro navegador se conecta à Internet. Normalmente, ele recebe os visitantes e apresenta o objetivo do site, ou a organização patrocinadora, e, em seguida, fornece links para outras páginas dentro do site.
  • HTML
    Hypertext Markup Language - É um conjunto de códigos num ficheiro de texto designados por markup tags que determinam qual a informação que é recuperada e como deverá ser processada por um browser. Existem dois tipos de markup tags: as anchor e as format. As tags anchor determinam o que é recuperado, e as tags format determinam como são processadas. Os browsers recebem as páginas HTML da Internet e usam a informação para mostrar texto, imagens, links e outros elementos conforme foi projectado pelo criador do site.
  • HTML (HYPERTEXT MARKUP LANGUAGE)
    Um conjunto de códigos num ficheiro de texto designados por markup tags que determinam qual a informação que é recuperada e como deverá ser processada por um browser. Existem dois tipos de markup tags: as anchor e as format. As tags anchor determinam o que é recuperado, e as tags format determinam como são processadas. Os browsers recebem as páginas HTML da Internet e usam a informação para mostrar texto, imagens, links e outros elementos conforme foi projectado pelo criador do site.
  • HTTP
    Hyper Text Transfer Protocol - É o formato mais utilizado para transferir documentos na World Wide Web.
  • HTTP (HYPER TEXT TRANSFER PROTOCOL)
    É o formato mais utilizado para transferir documentos na World Wide Web.
  • HYBRID PRICING
    São os preços baseados num misto entre os preços de CPM e nos preços calculados com base no desempenho. Veja modelo de preços de CPM e de performance-based pricing model baseados em desempenho.
  • HYPERLINK
    É um link clicável, por exemplo, numa página Web ou num e-mail, que reenvia o utilizador para um novo URL, quando activado.
  • i-DEN - INTEGRATED DIGITAL ENHANCED NETWORK
    É uma tecnologia wireless desenvolvida pela Motorola, que combina as capacidades de um telemóvel digital, rádio bidireccional, fax/modem, pager alfanumérico e numa rede única. iDEN opera entre os 800MHz, 900MHz, e 1500MHz, e é baseado em arquitectura TDMA e GSM  que coloca mais utilizadores num determinado espaço espectral, comparativamente a um sistemas móvel analógico. As redes iDEN são utilizadas por vários operadores em todo o mundo.
  • I-MODE
    É um pacote de serviços de informação baseada desenvolvido pela operadora japonesa NTT DoCoMo para oferecer uma ampla gama de serviços aos assinantes de telemóveis. O modelo de partilha de utilizado para i-Mode está sendo adoptado por outras operadoras como base para novos serviços disponíveis para GPRS e 3G.
  • IM
    É um método de comunicação em tempo real, de um-para-um ou em grupos através da Internet. Os utilizadores constroem. Listas de amigos (buddy lists). que reflectem a disponibilidade (ou. presença.) das pessoas com quem eles se comunicam.
  • IM - INSTANT MESSAGING
    É um método de comunicação em tempo real, de um-para-um ou em grupos através da Internet. Os utilizadores constroem. Listas de amigos (buddy lists). que reflectem a disponibilidade (ou. presença.) das pessoas com quem eles se comunicam.
  • IMAGE
    Uma fotografia ou um gráfico que pode ser entregue a um telemóvel como um entre os vários formatos disponíveis de imagem de baixa resolução, inclusive .png, .gif, .jpg, etc, As imagens numa plataforma móvel podem ser classificadas como conteúdo móvel/produtos (papéis de parede – wallpapers, screensavers, etc), activos para um web site móvel, ou acessível através de links para desencadear uma ação.
  • IMAGE MAP
    É uma imagem GIF ou JPEG com mais de um link de interligação. Cada link ou hot spot pode levar a uma página de destino diferente.
  • IMAGEM
    Uma fotografia ou um gráfico que pode ser entregue a um telemóvel como um entre os vários formatos disponíveis de imagem de baixa resolução, inclusive .png, .gif, .jpg, etc, As imagens numa plataforma móvel podem ser classificadas como conteúdo móvel/produtos (papéis de parede – wallpapers, screensavers, etc), activos para um web site móvel, ou acessível através de links para desencadear uma ação.
  • IMAGEM AD
    Uma imagem num site web com um link activo que pode ser clicada pelo assinante de telemóvel. Uma vez clicado, o assinante sem fios é redireccionado para uma nova página, ou para um outro web site móvel ou ainda para outro destino onde reside uma oferta.
  • IMEI
    É o número de série único com 15 dígitos, atribuído a um telemóvel. O IMEI é composto por cinco grupos de números. O primeiro grupo representa o fabricante, o segundo sequência identifica o Type Approval Code (TAC) ou o número do modelo, o terceiro representa o Código de Montagem Final Code (FAC – Final Assembly Code), o quarto é o número de série do aparelho e o quinto é a reposição de um só dígito (normalmente o 0 ).
  • IMEI - INTERNATIONAL MOBILE EQUIPMENT IDENTITY
    É o número de série único com 15 dígitos, atribuído a um telemóvel. O IMEI é composto por cinco grupos de números. O primeiro grupo representa o fabricante, o segundo sequência identifica o Type Approval Code (TAC) ou o número do modelo, o terceiro representa o Código de Montagem Final Code (FAC – Final Assembly Code), o quarto é o número de série do aparelho e o quinto é a reposição de um só dígito (normalmente o 0 ).
  • IMPRESSION
    É uma unidade de medida da respostas de um servidor Web a uma pedido de página a partir do browser do utilizador, que é filtrado pela actividade robótica e pelos códigos de erro. São gravados os pedidos de página realizados pelo utilizador que viu a página web. É também uma unidade de medida para a contagem do número de vezes que os assinantes de telemóvel visualizem uma página em especial, podendo ser a publicidade móvel num site de Internet móvel ou inserido numa mensagem de texto ou noutro media móvel similar.
  • IMPRESSÕES
    É uma unidade de medida da respostas de um servidor Web a uma pedido de página a partir do browser do utilizador, que é filtrado pela actividade robótica e pelos códigos de erro. São gravados os pedidos de página realizados pelo utilizador que viu a página web. É também uma unidade de medida para a contagem do número de vezes que os assinantes de telemóvel visualizem uma página em especial, podendo ser a publicidade móvel num site de Internet móvel ou inserido numa mensagem de texto ou noutro media móvel similar.
  • IN-UNIT CLICK
    É uma unidade de medida da acção desencadeada pelo utilizador ao responder a um elemento do anúncio que geralmente provoca uma mudança intra-site ou mudança de conteúdo.  A In-unit clicks é geralmente controladas através do 302 redirect. Também conhecido como click-downs, click-ups e click-withins. Veja ad click e 302 redirect.
  • INBOND MARKETING
    Centra-se na criação de conteúdo de qualidade que atraia a audiência da sua empresa forma natural para o produto ou serviço pretendido. Ao alinhar o conteúdo que publica com os interesses do seu cliente, está de forma natural a captar o tráfego que o ajudará a converter em oportunidade, a levá-los a tomar a ação pretendida, por exemplo concluir a venda ou solicitar mais informação e a disfrutar de forma agradável e cómoda uma relação win-win com a sua empresa
  • INBOX
    Ver Inbox E-mail
  • INBOX (E-MAIL)
    É a pasta padrão dentro de um mailbox provider, é a pasta principal, que guarda os e-mails recebidos.
  • ÍNDICE
     É a base de dados onde um motor de pesquisa guarda o conteúdo de cada página da Web que são visitadas pela “aranha/spider”
  • INSERÇÃO
    É o acto de colocar efectivamente um anúncio num documento, como registado pelo servidor de anúncios (ad server).
  • INSERTION
    É o ato de colocar efectivamente um anúncio num documento, como registado pelo servidor de anúncios (ad server).
  • INSERTION ORDER (Ordem de inserção)
    É a ordem de compra entre o vendedor de publicidade interactiva e o comprador (normalmente ou é o anunciante ou a sua agência).
  • INTELLIGENT AGENTS
    São ferramentas de software que ajudam o utilizador a encontrar a informação de interesse específico para si. O perfil do utilizador é continuamente refinado e melhorado com base na aceitação ou rejeição pelo utilizador das recomendações enviadas ao longo do tempo.
  • INTER-OPERABLE MESSAGING
    É a capacidade que o assinantes de telemóvel dispõe para trocar mensagens de texto e multimédia entre diferentes redes de operadores móveis. Também é usado para se referir a um Common Short Code que é registado em várias redes dos operadores móveis.
  • INTERACTIVE ADVERTISING
    São todas as formas de publicidade, online, wireless e de televisão interactiva incluindo os banners, patrocínios, e-mail, palavras-chave pesquisadas, referências, slotting taxas, anúncios de classificados e anúncios de televisão interactiva.
  • INTERNAL PAGE IMPRESSIONS
    É a atividade de um Web site  que é gerada por utilizadores com endereços IP conhecido como estando afiliados ao proprietário do site. A actividade interna que está associado com a administração e manutenção do site devem ser excluídas do tráfego ou do relatório de medição.
  • INTERNET
    É a rede mundial de computadores, proporcionado conectividade fiável e redundante entre computadores de sistemas díspares utilizando o envio de dados através de protocolos conhecidos como TCP/IP.
  • INTERNET MÓVEL
    Ver Mobile Web - O Mobile Web é um canal para a entrega de conteúdos web, que oferece e formata o conteúdo para os utilizadores visando a sua utilização num contexto móvel. O contexto do conteúdo para telemóveis caracteriza-se pela natureza das necessidades das informações pessoais do utilizador (por exemplo, actualizar seu blog, o acesso a informações sobre viagens, receber actualizações de notícias), as limitações dos telemóveis (tamanho do ecrã, ou facilidade de escrita) e recursos especiais (ou seja, localização, tipo de ligação, tais como 3G ou WLAN).
  • INTERSTITIAL ADS
    São anúncios que aparecem entre duas páginas com conteúdo. Também conhecidos como anúncios de transição, ou páginas splash.
  • INTERSTITIAL IMAGE AD
    É uma Imagem publicitária que é inserida no meio de uma mensagem MMS. Esta imagem será disponibilizada ao assinante quando abrir a mensagem MMS.
  • INTERSTITIAL TEXT AD
    É uma página de texto que é exibida no meio de uma mensagem MMS.
  • INTERSTITIAL VIDEO AD
    É um video clip de publicidade que é inserido no meio de uma mensagem MMS. Este vídeo é reproduzido quando o assinante está a ver a mensagem MMS.
  • INTRANET
    É uma rede baseada em protocolos TCP / IP que pertence a uma organização, normalmente uma empresa, e é acessível somente por membros da organização, funcionários ou outras pessoas com autorização.
  • INVENTÁRIO
    É o número de anúncios disponíveis para venda num site.
  • INVENTORY
    É o número de anúncios disponíveis para venda num site.
  • IOD
    É o conteúdo entregue sob a forma de alerta. O assinante recebe actualizações do tempo, trânsito, horóscopo, piadas do dia, etc, através de texto SMS, periodicamente em períodos e frequências predefinidas.
  • IOD - INFORMATION ON DEMAND
    É o conteúdo entregue sob a forma de alerta. O assinante recebe actualizações do tempo, trânsito, horóscopo, piadas do dia, etc, através de texto SMS, periodicamente em períodos e frequências predefinidas.
  • IP
    É o protocolo que informa de como os pacotes da rede são tratados e encaminhados.
  • IP (INTERNET PROTOCOL)
    É o protocolo que informa de como os pacotes da rede são tratados e encaminhados.
  • IP ADDRESS
    É o endereço numérico de Internet protocol atribuído a cada um dos computadores na Internet, de forma a que a sua localização e actividades possam ser diferenciadas das de outros computadores.  O formato é ##.##.##.##, onde cada número varia entre 0 e 255.
  • IP DINÂMICO
    É um endereço IP (atribuído por um ISP para o PC do cliente) que altera periodicamente. 
  • IRC
    É o mecanismo que permite ás pessoas conversar em tempo real. O chat ou os fóruns, as mensagens são escritas, e podem ser públicas ou privadas, É um protocolo que permite aos utilizadores conversar com outras pessoas em tempo real. O IRC é estruturado como uma rede de servidores, cada IRC aceita ligações a partir de um programa cliente.
  • IRC – INTERNET RELAY CHAT
    É o mecanismo que permite ás pessoas conversar em tempo real. O chat ou os fóruns, as mensagens são escritas, e podem ser públicas ou privadas, É um protocolo que permite aos utilizadores conversar com outras pessoas em tempo real. O IRC é estruturado como uma rede de servidores, cada IRC aceita ligações a partir de um programa cliente.
  • ISDN
    Permite o acesso à Internet de forma mais rápida que as ligações dial-up através de fios de cobre do telefone. A DSL tem, vindo em grande parte a substituir o ISDN. Veja DSL (DIGITAL SUBSCRIBER LINE).
  • ISDN (INTEGRATED SERVICES DIGITAL NETWORK)
    Permite o acesso à Internet de forma mais rápida que as ligações dial-up através de fios de cobre do telefone. A DSL tem, vindo em grande parte a substituir o ISDN. Ver DSL (DIGITAL SUBSCRIBER LINE).
  • ISP
    (Internet Service Provider) – É a empresa ou organização que fornece acesso à Internet e serviços co-relacionados, aos consumidores.
  • ISP (INTERNET SERVICE PROVIDER)
    É a empresa ou organização que fornece acesso à Internet e serviços co-relacionados, aos consumidores.
  • ITI
    Information Technology Industry Council - Representa os principais fornecedores dos E.U.A. de produtos e serviços de tecnologia da informação.  Ele defende crescimento da economia através da inovação e apoia as políticas de livre mercado.  Veja itic.org para mais informações.
  • ITI (INFORMATION TECHNOLOGY INDUSTRY COUNCIL)
    Representa os principais fornecedores dos E.U.A. de produtos e serviços de tecnologia da informação.  Ele defende crescimento da economia através da inovação e apoia as políticas de livre mercado.  Veja itic.org para mais informações.
  • iTV
    A TV Interactiva refere-se à programação TV e de tecnologia que permita ao espectador participar interactivamente e bidireccional com a televisão / programação. É uma tecnologia que permite a comunicação bidireccional entre o público e o prestador de serviços de televisão (como o locutor, Operador de cabo, fabricante da set-top box ).
  • iTV - INTERACTIVE TV
    A TV Interactiva refere-se à programação TV e de tecnologia que permita ao espectador participar interactivamente e bidireccional com a televisão / programação. É uma tecnologia que permite a comunicação bidireccional entre o público e o prestador de serviços de televisão (como o locutor, Operador de cabo, fabricante da set-top box ).
  • IVR
    É uma tecnologia que permite que um computador possa detectar o tom de voz e a sinalização de multi-frequência de dual-tone (DTMF – Dual-Tone Multi-Frequency Signaling) introduzidas pelo teclado. A tecnologia IVR é amplamente utilizada nas telecomunicações, mas também estão sendo introduzidas em alguns sistemas de automóvel para a operação de mãos-livres. É um sistema informatizado que permite a um utilizador, normalmente o chamador (quem realiza a chamada), a seleccionar opções a partir de um menu de voz, habilitando-o a interagir com o sistema informatizado de um telefone a partir do seu telemóvel.
  • IVR - INSTANT VOICE RESPONSE / INTERACTIVE VOICE RESPONSE
    É uma tecnologia que permite que um computador possa detectar o tom de voz e a sinalização de multi-frequência de dual-tone (DTMF – Dual-Tone Multi-Frequency Signaling) introduzidas pelo teclado. A tecnologia IVR é amplamente utilizada nas telecomunicações, mas também estão sendo introduzidas em alguns sistemas de automóvel para a operação de mãos-livres. É um sistema informatizado que permite a um utilizador, normalmente o chamador (quem realiza a chamada), a seleccionar opções a partir de um menu de voz, habilitando-o a interagir com o sistema informatizado de um telefone a partir do seu telemóvel.
  • IVR DISCOVERY
    É um método de descoberta de conteúdo onde o utilizador liga para um número de telefone, durante o qual o seu número de telefone móvel é capturado, e uma conexão de dados é feita posteriormente para o telemóvel (SMS, WAP). É cobrado através do registo de chamadas assim que a ligação ao telemóvel seja realizada.
  • J2ME
    JAVA 2 PLATFORM, MICRO EDITION - É uma tecnologia que permite aos programadores utilizar a linguagem de programação Java e ferramentas associadas para desenvolver programas para telemóveis. J2ME consiste em especificações de programação e de uma máquina especial virtual (Java Virtual Machine ou JVM) que permite que um programa de J2ME-codificado possa ser executado no telemóvel.
  • J2ME - JAVA 2 PLATFORM, MICRO EDITION
    É uma tecnologia que permite aos programadores utilizar a linguagem de programação Java e ferramentas associadas para desenvolver programas para telemóveis. J2ME consiste em especificações de programação e de uma máquina especial virtual (Java Virtual Machine ou JVM) que permite que um programa de J2ME-codificado possa ser executado no telemóvel.
  • JAVA ®
    É uma linguagem de programação concebido para a construção de aplicações para a Internet. É uma linguagem de programação orientada por objectos desenvolvida pela Sun Microsystems. Os programas desenvolvidos em Java não dependem de um sistema operativo, desde que uma Java Virtual Machine (JVM) esteja instalada no dispositivo destino em que se pretende que ocorra a execução. Permite funções mais avançadas, maior detalhe nas animações e actualizações em tempo real. Pode descarregar a partir de um servidor umas pequenas aplicações chamadas de Java applets e executadas por browsers que sejam compatíveis com Java, como é o Microsoft Internet Explorer, Chrome e Netscape Navigator.
  • JAVA GAMES
    Jogos Mobile desenvolvidos na linguagem de programação Java. O dispositivo/jogador destino tem de ter o Java Virtual Machine (JVM) instalado para que ele funcione. Ver Mobile Games.
  • JOGOS DE TELEMÓVEL
    É um jogo criado para ser jogado num telemóvel ou computador de mão. A maioria dos jogos para telemóveis são transferidos para o aparelho e jogados com as tecnologias básicas e controles incorporados no equipamento (teclas cursoras, teclas numéricas, etc.) Alguns jogos de telemóvel são desenvolvidos para serem jogados utilizando as tecnologias de comunicação presentes no dispositivo e/ou fornecidos pelo prestador do serviço/operador, como sejam as mensagens de texto (SMS), mensagens multimédia (MMS) ou identificação do local via GPRS. Os jogos para telemóvel são actualmente desenvolvidos em Java, BREW ou Symbian.
  • JPEG
    JOINT PHOTOGRAPHIC EXPERTS GROUP - É um formato de compressão de imagens utilizado para guardar e transmitir imagens na World Wide Web. Adequado para comprimir imagens fotográficas, entretanto, cada compressão posterior provoca a deterioração da qualidade da imagem. Não é apropriado para gráficos, diagramas e outros gráficos textuais ou icónicas, pois a compressão pode borrar (blurs) a imagem.
  • JPEG - JOINT PHOTOGRAPHIC EXPERTS GROUP
    É um formato de compressão de imagens utilizado para guardar e transmitir imagens na World Wide Web. Adequado para comprimir imagens fotográficas, entretanto, cada compressão posterior provoca a deterioração da qualidade da imagem. Não é apropriado para gráficos, diagramas e outros gráficos textuais ou icónicas, pois a compressão pode borrar (blurs) a imagem.
  • JUMP PAGE (LANDING PAGE)
    É a página ou local para o qual o utilizador é direccionado ao clicar num link activo incorporado num banner, numa página Web, e-mail ou outro local. Um click-through leva o utilizador a “aterrar” noutro local depois de saltar de uma outra página.
  • JUMP PAGE AD
    Microsite que é alcançado através do clique num botão ou banner. A página alcançada em si pode listar vários temas, que estão ligadas a um site do anunciante ou ao site do autor do conteúdo.
  • JUNK E-MAIL FOLDER
    É uma pasta dentro de um cliente de e-mail ou de um e-mai no servidor do Service Provider que guarda mensagens de correio electrónico que são identificados, quer pelo utilizador ou por um filtro automático de spam, como indesejável ou indesejáveis.
  • KBPS - KILOBITS PER SECOND
    É uma unidade de medida comumente utilizada para medir a velocidade da  transferência de dados. Kilobit denota milhares de bits. As maiores taxas de dados são expressos em Mbps (mega bits / milhões por segundo) ou em Gbps (giga / bilhões de bits por segundo).
  • KEYWORD
    É a palavra específica(s), introduzida no motor de pesquisa pelo utilizador que resultada(m) numa lista de sites relacionados com essa palavra-chave. As palavras-chave podem ser compradas pelos anunciantes, a fim de inserir links a partir dos anúncios para o site do anunciante com base nos resultados de pesquisa ver. Search Engine Marketing (SMM). É a A palavra ou o nome utilizado para segmentar uma mensagem para o seu público alvo a partir de  Short Code Service.
  • KEYWORD DENSITY
    É a relação entre as palavras-chave e as que não são chave no conteúdo da página.
  • KILOBITS POR SEGUNDO
    É uma unidade de medida comumente utilizada para medir a velocidade da  transferência de dados. Kilobit denota milhares de bits. As maiores taxas de dados são expressos em Mbps (mega bits / milhões por segundo) ou em Gbps (giga / bilhões de bits por segundo).
  • KPBS
    É uma unidade de medida comumente utilizada para medir a velocidade da  transferência de dados. Kilobit denota milhares de bits. As maiores taxas de dados são expressos em Mbps (mega bits / milhões por segundo) ou em Gbps (giga / bilhões de bits por segundo).
  • LAG
     o período que medeia entre o pedido online e a recepção de uma resposta ao mesmo. Ver Latência (Latency).
  • LAN
    É um grupo de computadores ligados entre si (a rede) num local físico.
  • LAN - LOCAL AREA NETWORK)
    É um grupo de computadores ligados entre si (a rede) num local físico.
  • LANDING PAGE
    É uma página secundária para a qual um utilizador é direccionado quando clica num anúncio, onde são fornecidas informações adicionais e/ou um mecanismo para fazer uma compra. O utilizador é muitas vezes levado a uma página de destino através de um banner, link ou comunicação correlacionada.
  • LANDING PAGE (JUMP PAGE)
    É uma página secundária para a qual um utilizador é direccionado quando clica num anúncio, onde são fornecidas informações adicionais e/ou um mecanismo para fazer uma compra. O utilizador é muitas vezes levado a uma página de destino através de um banner, link ou comunicação correlacionada.
  • LARGE RECTANGLE
    É um tamanho IMU (Interactive Marketing Unit). Existem sete Interactive Marketing Unit (IMU) formatos de anúncio, Existem duas unidades vertical e cinco grandes unidades rectangulares. 
  • LATÊNCIA
    1) o tempo que leva um pacote de dados a deslocar-se através de uma ligação de rede, 2) período que medeia entre o pedido e a exibição d conteúdo do(s) anúncio(s).Latência, por vezes, leva o utilizador a abandonar o local antes da oportunidade de ver integralmente o seu conteúdo. No streaming media, a latência pode criar degradação do stream se os pacotes que devem ser recebidos e exibidos em ordem, chegam fora de ordem.
  • LATENCY
    1) o tempo que leva um pacote de dados a deslocar-se através de uma ligação de rede, 2) período que medeia entre o pedido e a exibição d conteúdo do(s) anúncio(s).Latência, por vezes, leva o utilizador a abandonar o local antes da oportunidade de ver integralmente o seu conteúdo. No streaming media, a latência pode criar degradação do stream se os pacotes que devem ser recebidos e exibidos em ordem, chegam fora de ordem.
  • LAYERED NOTICE
    É o fornecimento de uma descrição geral de um programa/serviço a médio num formulário pequeno, médio ou longo com os termos e condições e detalhes do programa/serviço.
  • LBS
    O LBS é oferecido por algumas redes de telemóvel como um meio para enviar publicidade personalizada e outras informações para os assinantes de telemóvel com base em sua localização actual. O prestador de serviços de telemóvel inicia a localização a partir de um chip GPS inserido no telemóvel, ou através de radiolocalização e triangulação com base na força do sinal das antenas mais próxima do telemóvel (para os telemóveis sem recursos de GPS). LBS inclui sugestões de tráfego para a condução, informações sobre os recursos disponíveis na vizinhança, tais como restaurantes, caixas multibanco, lojas, cinemas, etc LBS também pode ser usado para controlar os movimentos e a localização das pessoas, como por exemplo entre encarregados de educação e seus filhos, serviço de segurança e dispositivos móveis que visam o mercado familiar.
  • LBS - LOCATION BASED SERVICES
    O LBS é oferecido por algumas redes de telemóvel como um meio para enviar publicidade personalizada e outras informações para os assinantes de telemóvel com base em sua localização actual. O prestador de serviços de telemóvel inicia a localização a partir de um chip GPS inserido no telemóvel, ou através de radiolocalização e triangulação com base na força do sinal das antenas mais próxima do telemóvel (para os telemóveis sem recursos de GPS). LBS inclui sugestões de tráfego para a condução, informações sobre os recursos disponíveis na vizinhança, tais como restaurantes, caixas multibanco, lojas, cinemas, etc LBS também pode ser usado para controlar os movimentos e a localização das pessoas, como por exemplo entre encarregados de educação e seus filhos, serviço de segurança e dispositivos móveis que visam o mercado familiar.
  • LEAD GENERATION
    É o processo de recolha de informação, nomeadamente dados para contato (pessoais e/ou empresariais) de potenciais vendas (oportunidades qualificadas), que serão trabalhadas pelas força de vendas da empresa. Por exemplo os anunciantes pagam às empresas de publicidade online pelos formulários válidos/qualificados de compra (por exemplo, os concessionários de automóveis pagam um fee por cada inquérito preenchido on-line de para uma potencial compra) ou para recolher dados que ajudem a construir o perfil do consumidor, como sejam os dados demográficos, dados de contacto, e informação comportamental. Estes processos são por norma faturados com base no seu desempenho (por exemplo, o custo por ação, ou lead ou por questionário qualificado).
  • LEI DE MOORE
    Uma observação chave sobre o crescimento da capacidade dos computadores ao longo das últimas décadas.  Gordon Moore, da Intel afirmou que a velocidade dos processadores dobra a cada 18 meses. Até agora, esta tem-se verificado.
  • LICENÇA
    Ver Royalties.
  • LIFO
    Last-in, First-out. (Ver UEPS)
  • LINK
    É a interligação clicável entre dois sites. Formalmente conhecido como um hiperlink.
  • LISTSERV
     É a lista de correio composta por e-mails.
  • LISTSERVER
    É um programa que envia automaticamente e-mail para uma lista de assinantes ou listserv.
  • LOCATION INFORMATION
    Informação que permite que um anunciante móvel possa identificar a localização específica de um determinado dispositivo wireless. Códigos Postais e códigos de área, normalmente, só por si não são suficientes para se qualificarem como Location Information. No entanto, a Global Positioning System (GPS) é um exemplo de uma funcionalidade que fornece informações de localização.
  • LOCATOR
    É um anúncio ou serviço através do qual um anunciante local pode ser identificado com base na proximidade do consumidor ou do seu local preferido (pode ser GPS/LBS ou código postal definido pelo utilizador).
  • LOG FILE
    É um arquivo que regista as transacções que ocorreram no servidor Web. Alguns dos tipos de dados que são recolhidos são: a data/hora, URL servido, o endereço IP do visitante, código do status do pedido, URL anterior do visitante, etc.
  • LOGIN
    É a identificação ou nome utilizado para aceder a um computador, rede ou site.
  • M-COMMERCE
    Comércio via telemóvel, a possibilidade de realizar transacções monetárias através de um dispositivo de telemóvel.
  • MAILING LIST
     É uma mensagem distribuída automaticamente por e-mail sobre um determinado tópico a um conjunto de indivíduos.
  • MAKEGOODS
    São impressões adicionais de anúncios que são negociados, a fim de compensar a escassez de anúncios entregue versus os compromissos descritos na ordem de inserção acordada.
  • MARKETING VIRAL
    A comunicação via mensagem de texto ou de outro conteúdo de telemóvel, incluindo ringtones/toques, jogos e wallpapers através de processos em que um consumidor A recebe a mensagem original, identifica o consumidor B que ele/ela acredita que vai estar interessado na mensagem e inicia um processo – o qual irá adicionar outros contactos da sua lista de contactos para garantir acesso ás vantagens apresentadas na mensagem recebida. 1) qualquer tipo de publicidade que se propaga, 2) publicidade e / ou técnicas de marketing que o “spread”, como um vírus fazendo passar de consumidor para consumidor e mercado para mercado.
  • MASTERTONE (TRUETONE, REALTONE)
    Fontes de áudio  obtida directamente de faixas de música gravada e que foram codificadas para dispositivos de telemóvel com um formato de alta fidelidade, tais como MP3, AAC, ou em formato WMV. Muitas vezes, uma secção editada de uma música ou outra composição, os mastertones pode ser utilizados como toques e ringback tones.
  • MEDIA COMPANY
    É uma empresa que obtém receita pela publicação de conteúdo através de um ou mais meios de distribuição, por exemplo, revistas, televisão, rádio, internet, Microblogging Publishing, posts espontânea para um site público, geralmente através de um dispositivo de telemóvel ou computador portátil sem fios. Micro-sites – Anúncios multi-page acedidos via click-through de anúncio inicial.  O utilizador permanece no autor do site, mas têm acesso a mais informação do que a proporcionada pelo anúncio publicitário.
  • MENSAGEM DE TELEMÓVEL
    São as mensagens enviadas por SMS e/ou MMS para um telemóvel, mas não inclui anúncios distribuídos em sites WAP, ou anúncios entregues nos jogos de telemóvel.
  • MENSAGENS NÃO SOLICITADAS
    Mensagens comerciais de SMS ou MMS enviadas para os assinantes sem a sua aprovação prévia.
  • MENU
    É a lista de opções numa aplicação que podem ser acedidas através do botão esquerdo ou direito do rato.
  • MESSAGING
    Colectivamente, são os SMS e MMS enviados para telemóveis. Esta definição não inclui anúncios emitidos a partir de sites WAP ou anúncios fornecidos nos jogos dos telemóveis.
  • MESSAGING FEES
    Cada vez que um SMS é enviado, o remetente e o receptor podem ser cobrados pelo Operador móvel pelas respectivas mensagens. O tarifário das mensagens pode variar em função do volume. Podem ser adquiridos créditos de mensagens SMS em termos de volume para reduzir custos.
  • META DESCRIPTION
    É a meta tag que descreve o conteúdo da página – é especialmente relevante para os motores de pesquisa.
  • MIDI
    MUSICAL INSTRUMENT DIGITAL INTERFACE - É um padrão utilizado para representar a informação musical em formato digital. Os MIDI podem ser gravados e reproduzidos somente em dispositivos MIDI-capable.
  • MIDI - MUSICAL INSTRUMENT DIGITAL INTERFACE
    É um padrão utilizado para representar a informação musical em formato digital. Os MIDI podem ser gravados e reproduzidos somente em dispositivos MIDI-capable.
  • MIDROLL
    É um formulário publicitário online que é disponibilizado no meio de um intervalo de um vídeo que está a ser exibido.  Ver Preroll e Postroll.
  • MIMO
    Multi-Purpose extensões Internet Mail - É um dos métodos de codificação de um ficheiro que será distribuido pela Internet.
  • MIMO (MULTI-PROPOSE EXTENSÕES INTERNET MAIL)
    É um dos métodos de codificação de um ficheiro que será distribuido pela Internet.
  • MIN - MOBILE IDENTIFICATION NUMBER
    Ver MSISDN - (Mobile Station Integrated Services Digital Network) significa (Estação móvel que Integram Serviços Digitais)
  • MMG
    MULTIPLAYER MOBILE GAME  - É um jogo de telemóvel que pode ser jogado em simultâneo por diversos jogadores ao mesmo, ou no mesmo local físico com o mesmo aparelho (pass-and-play), ou em diferentes locais e com diferentes aparelhos. Este último tipo de rede obriga que a rede seja network enabled.
  • MMG - MULTIPLAYER MOBILE GAME (Massive Multiplayer Game)
    É um jogo de telemóvel que pode ser jogado em simultâneo por diversos jogadores ao mesmo, ou no mesmo local físico com o mesmo aparelho (pass-and-play), ou em diferentes locais e com diferentes aparelhos. Este último tipo de rede obriga que a rede seja network enabled.
  • MMORG
    Massive Multiplayer Role-Playing - É uma das variedade disponíveis de jogos de vídeo para PC ou consola de jogos a três dimensões,  em que vários jogadores podem interagir, competir ou cooperar para atingir objectivos em tempo real.
  • MMORPG (MASSIVE MULTIPLAYER ROLE-PLAYING)
    É uma das variedade disponíveis de jogos de vídeo para PC ou consola de jogos a três dimensões,  em que vários jogadores podem interagir, competir ou cooperar para atingir objectivos em tempo real.
  • MMS
    É uma mensagem enviada através de um serviço de mensagens multimédia que contém objectos multimédia.  Ver Multimedia Messaging Service.
  • MMS - MULTIMEDIA MESSAGING SERVICE
    É uma mensagem enviada através de um serviço de mensagens multimédia que contém objectos multimédia.  Ver Multimedia Messaging Service.
  • MMS (MULTIMEDIA MESSAGING SERVICE) (Serviço de Mensagens Multimédia)
    É um standard dos sistemas de mensagens para telemóveis, que permite o envio de mensagens que incluem objectos multimédia (imagens, áudio, vídeo e Rich Text). Pode ou não incluir o texto normal.
  • MMS BANNER
    É uma imagem transparente de publicidade que é inserida no ecrã com texto numa mensagem MMS.  Esta imagem será exibida quando o assinante abrir a mensagem MMS.
  • MMS MARKETING
    Uma forma de marketing móvel que utiliza o MMS (Multimedia Message Service) para enviar imagens, vídeo, ficheiros de som e mensagens de texto entre telemóveis e outros dispositivos portáteis. Ver DringSPOT
  • MNO
    MOBILE NETWORK OPERATORS – Ver Operadores.
  • MNO - MOBILE NETWORK OPERATORS (Operadores de Rede Móvel)
    Ver Operadores.
  • MO - MOBILE ORIGINATED MESSAGE
    É abreviatura de mobile-originated message, ou seja, é um SMS, MMS ou mensagem de texto enviado a partir de um telemóvel.  Estas mensagens são criadas e enviadas pelo assinante de telemóvel.
  • MO MESSAGE
    É abreviatura de mobile-originated message, ou seja, é um SMS, MMS ou mensagem de texto enviado a partir de um telemóvel.  Estas mensagens são criadas e enviadas pelo assinante de telemóvel.
  • MO OU MT BILLING
    A marcação de uma tarifa para a MO ou mensagem MT SMS de um serviço PSMS para efeitos de faturação.
  • MOBILE ADVERTISING
    É a publicidade que é comunicada ao consumidor/público alvo através de um aparelho de telemóvel.  Este tipo de publicidade é frequentemente visto como Mobile Web Banner (no topo da página), Mobile Web Poster (na parte inferior da página), ou em todo o écran, que aparece enquanto a página web móvel é solicitada “carregada.” Outras formas deste tipo de publicidade são os anúncios nos SMS e MMS, os anúncios nos jogos de telemóvel, e anúncios vídeo nos telemóveis (pré, no meio e após execução).  Ver DringSPOT.
  • MOBILE COMMUNITY SERVICE
    Um serviço acessível a partir de um dispositivo móvel que pode incluir, mas não está limitado, as funcionalidades seguintes: um sistema para utilizador final para comunicar através do serviço ou um sistema ou um mecanismo para o utilizador final fazer o upload ou download de conteúdos para um espaço privado, ou um sistema ou um mecanismo de upload ou download de conteúdo para um espaço público.
  • MOBILE CONTENT
    Conteúdos de entretenimento, desporto, notícias, informação e jogos entregues via qualquer tipo de media sem fios sem formato publicitário. A localização, distribuição e a tecnologia do conteúdo é irrelevante e pode incluir ambos dentro e fora da plataforma.
  • MOBILE CONTENT ADVERTISING
    Isto é tipicamente uma mensagem SMS que:  a) cujo o texto contém publicidade ou b) pontos dos assinantes de telemóvel numa publicidade impressa, na web ou na televisão que promove toques de telemóveis, jogos, aplicações, serviços e outros produtos para telemóveis. veja DringSPOT.
  • MOBILE DATING
    Rede social via uma comunidade móvel, cuja aplicação ou um site têm a finalidade de amizade ou namoro.
  • MOBILE GAMES
    É um jogo criado para ser jogado num telemóvel ou computador de mão. A maioria dos jogos para telemóveis são transferidos para o aparelho e jogados com as tecnologias básicas e controles incorporados no equipamento (teclas cursoras, teclas numéricas, etc.) Alguns jogos de telemóvel são desenvolvidos para serem jogados utilizando as tecnologias de comunicação presentes no dispositivo e/ou fornecidos pelo prestador do serviço/operador, como sejam as mensagens de texto (SMS), mensagens multimédia (MMS) ou identificação do local via GPRS. Os jogos para telemóvel são actualmente desenvolvidos em Java, BREW ou Symbian.
  • MOBILE GREETING CARD
    Um cartão de felicitações móvel composta por ficheiros de media, como design gráfico ou clip de vídeo, que podem conter uma mensagem de texto pré-definida, ou fornecer ao remetente a possibilidade de adicionar uma mensagem pessoal de (texto) antes de enviar ao receptor de telemóvel. 
  • MOBILE HANDSET (Mobile Terminal)
    Ver Handset
  • MOBILE INTERNET
    Ver Mobile Web - O Mobile Web é um canal para a entrega de conteúdos web, que oferece e formata o conteúdo para os utilizadores visando a sua utilização num contexto móvel. O contexto do conteúdo para telemóveis caracteriza-se pela natureza das necessidades das informações pessoais do utilizador (por exemplo, actualizar seu blog, o acesso a informações sobre viagens, receber actualizações de notícias), as limitações dos telemóveis (tamanho do ecrã, ou facilidade de escrita) e recursos especiais (ou seja, localização, tipo de ligação, tais como 3G ou WLAN).
  • MOBILE MARKETER
    Todas as empresas dentro do ecossistema dos telemóveis, incluindo: anunciantes, agregadores e distribuidores, transportadores, fornecedores de conteúdos e Publishers/editoras.
  • MOBILE MARKETING
    É a forma de fazer marketing que geralmente utiliza SMS, MMS ou WAP Push para entregar a sua estratégia de comunicação nos telemóveis ou outros dispositivos móveis. Como outdoors, imprensa escrita ou marketing interactivo, mobile marketing é simplesmente uma outra forma interactiva de marketing para atingir um público-alvo.
  • MOBILE MARKETING PROGRAM
    Qualquer programa de marketing ou publicidade distribuída através de um aparelho.  São várias mensagens de telemóvel, geralmente entregues como parte de uma campanha coordenada. Isso inclui, por exemplo, a Mobile Messaging Program, um ou vários anúncios distribuídos em sites WAP, ou através de jogos via telemóvel.
  • MOBILE MESSAGE
    São as mensagens enviadas por SMS e/ou MMS para um telemóvel, mas não inclui anúncios distribuídos em sites WAP, ou anúncios entregues nos jogos de telemóvel.
  • MOBILE OPERATORS
    Ver Operadores.
  • MOBILE SEARCH
    Realizar uma pesquisa via Internet móvel.
  • MOBILE SHORTS (Mobile Episodes, Mobisodes)
    Original, é a programação/episódios feitos para telemóveis. Normalmente, criados pelas redes da televisão e os estúdios de cinema para promover a venda cruzada de conteúdos de televisão e de filmes. Não é o mesmo que “clips de vídeo móvel/mobile video clips”.
  • MOBILE STATION INTERNATIONAL ISDN NUMBER (MSISDN ), (Mobile Phone Number, MIN )
    Permite Identificar um dispositivo sem fios dentro da rede do Operador sem fios. O MSISDN é marcado (dialed) a partir de outras redes sem fios ou redes fixas, orientando um sinal para o dispositivo sem fios específico.  MSISDNs pode ser verificada eletronicamente para evitar fraudes.
  • MOBILE SUBSCRIBER (Subscriber)
    É o consumidor que celebra um contrato com um Operador. Uma vez firmado o acordo, o Operador tem o Onus de prestar serviços de telecomunicações sem fios ao consumidor.
  • MOBILE TV
    Televisão/programação de vídeo formatada para ecrã do telemóvel. O programa é transmitido ou o seu streaming pode ser feito a partir de várias plataformas – MediaFLO, DVB-H, etc.
  • MOBILE VIDEO
    Ver TV Mobile
  • MOBILE WEB (Wireless Internet Mobile, Web Mobile Internet )
    O Mobile Web é um canal para a entrega de conteúdos web, que oferece e formata o conteúdo para os utilizadores visando a sua utilização num contexto móvel. O contexto do conteúdo para telemóveis caracteriza-se pela natureza das necessidades das informações pessoais do utilizador (por exemplo, actualizar seu blog, o acesso a informações sobre viagens, receber actualizações de notícias), as limitações dos telemóveis (tamanho do ecrã, ou facilidade de escrita) e recursos especiais (ou seja, localização, tipo de ligação, tais como 3G ou WLAN).
  • MODEM
    Equipamento que faz a transferência de sinal digital em sinal analógico e vice-versa indicado para fazer envio de dados através de linhas de telefone ou cabo.
  • MONO TONE
    Um toque de telemóvel antigo baseado na tecnologia da geração anterior, que toca uma nota musical ao mesmo tempo. É composto por uma faixa única.
  • MOORE'S LAW
    Lei de Moore - Uma observação chave sobre o crescimento da capacidade dos computadores ao longo das últimas décadas.  Gordon Moore, da Intel afirmou que a velocidade dos processadores dobra a cada 18 meses. Até agora, esta tem-se verificado.
  • MOTOR DE PESQUISA
    É uma aplicação que ajuda os utilizadores a encontrar informações na Internet. O método para encontrar esta informação normalmente é realizado através da manutenção de um índice de recursos da Web que podem ser consultados para uma palavra-chave ou conceitos introduzidos pelo utilizador.
  • MOUSEOVER
    É o processo pelo qual um utilizador coloca o seu rato sobre um objecto de media, sem clicar (como se estacionasse o seu rato sobre o objecto pretendido). O rato pode precisar de permanecer estático por momentos para iniciar algumas ações.
  • MP3
    É um Codec frequentemente utilizado na música digital online. Termo genérico para qualquer ficheiro de música digital, independentemente do codec utilizado para a criar ou reproduzir. Um formato de compressão de áudio para reduzir significativamente a quantidade de dados necessária para representar a gravação de áudio, sem comprometer a um nível significativo a sua qualidade de som original.
  • MP3 - MPEG Audio Layer 3
    É um Codec frequentemente utilizado na música digital online. Termo genérico para qualquer ficheiro de música digital, independentemente do codec utilizado para a criar ou reproduzir. Um formato de compressão de áudio para reduzir significativamente a quantidade de dados necessária para representar a gravação de áudio, sem comprometer a um nível significativo a sua qualidade de som original.
  • MP3 TONE
    Toque de telemóvel /Ringtone criado a partir de MP3. Só pode ser utilizado em telemóveis que suportem MP3.
  • MPEG
    MOTION PICTURE EXPERTS GROUP - É uma tecnologia de compressão de voz e vídeo, que permite que estas formas de informação possam ser transmitidas em redes com pouca largura de banda. 1) É um formato de ficheiro que é utilizado para comprimir e transmitir filmes ou clips de vídeo online, 2) São as normas estabelecidas pela Motion Picture Exports Group para os media de vídeo.
  • MPEG - MOTION PICTURE EXPERTS GROUP
    É uma tecnologia de compressão de voz e vídeo, que permite que estas formas de informação possam ser transmitidas em redes com pouca largura de banda. 1) É um formato de ficheiro que é utilizado para comprimir e transmitir filmes ou clips de vídeo online, 2) São as normas estabelecidas pela Motion Picture Exports Group para os media de vídeo.
  • MSISDN - MOBILE STATION INTEGRATED SERVICES DIGITAL NETWORK
    Significa Estação Móvel que Integram Serviços Digitais.
  • MSO
    MULTIPLE SYSTEM OPERATOR - Designação utilizada como diminutivo de Operador de Televisão por Cabo; ou melhor, qualquer operador de rede por cabo com mais de um sistema de TV Cabo.
  • MSO - MULTIPLE SYSTEM OPERATOR
    Designação utilizada como diminutivo de Operador de Televisão por Cabo; ou melhor, qualquer operador de rede por cabo com mais de um sistema de TV Cabo.
  • MTM
    MOBILE TERMINATED MESSAGE - É uma mensagem SMS ou MMS, que foi “terminated” (enviada) para um telefone móvel. A mensagem pode ser originada noutro telemóvel ou servidor web, PC ou outro dispositivo. A mobile-terminated message, significa, uma mensagem de SMS ou uma mensagem de texto recebida num telemóvel.  Estas mensagens são geralmente visualizadas pelo destinatário na sua Inbox da sua área de mensagens.
  • MTM - MOBILE TERMINATED MESSAGE (MT)
    É uma mensagem SMS ou MMS, que foi “terminated” (enviada) para um telefone móvel. A mensagem pode ser originada noutro telemóvel ou servidor web, PC ou outro dispositivo. A mobile-terminated message, significa, uma mensagem de SMS ou uma mensagem de texto recebida num telemóvel.  Estas mensagens são geralmente visualizadas pelo destinatário na sua Inbox da sua área de mensagens.
  • MULTIMEDIA MESSAGING SERVICE
    É um standard dos sistemas de mensagens para telemóveis, que permite o envio de mensagens que incluem objectos multimédia (imagens, áudio, vídeo e Rich Text). Pode ou não incluir o texto normal.  
  • MVNO
    MOBILE VIRTUAL NETWORK OPERATOR - É a entidade que disponibiliza serviços de telefonia móvel alugando/utilizando a infra-estrutura de rede de um Operador móvel. Um MVNO é um operador móvel, que não possui a sua rede própria de telecomunicações.  Um MVNO tem os seus próprios cartões SIM e compra grandes volumes de minutos a outros Operadores de Telemóvel.  Um MVNO tem liberdade para as suas próprias tabelas de preços e serviços e gerir a sua facturação e apoio aos clientes.
  • MVNO - MOBILE VIRTUAL NETWORK OPERATOR
    É a entidade que disponibiliza serviços de telefonia móvel alugando/utilizando a infra-estrutura de rede de um Operador móvel. Um MVNO é um operador móvel, que não possui a sua rede própria de telecomunicações.  Um MVNO tem os seus próprios cartões SIM e compra grandes volumes de minutos a outros Operadores de Telemóvel.  Um MVNO tem liberdade para as suas próprias tabelas de preços e serviços e gerir a sua facturação e apoio aos clientes.
  • MVNO - OPERADOR MÓVEL VIRTUAL
    MOBILE VIRTUAL NETWORK OPERATOR - É a entidade que disponibiliza serviços de telefonia móvel alugando/utilizando a infra-estrutura de rede de um Operador móvel. Um MVNO é um operador móvel, que não possui a sua rede própria de telecomunicações.  Um MVNO tem os seus próprios cartões SIM e compra grandes volumes de minutos a outros Operadores de Telemóvel.  Um MVNO tem liberdade para as suas próprias tabelas de preços e serviços e gerir a sua facturação e apoio aos clientes.
  • NETETIQUETA
    Um termo que é utilizado para descrever as regras informais de conduta do comportamento online (“do que fazer e não fazer”) .
  • NETIQUETTE
    Um termo que é utilizado para descrever as regras informais de conduta do comportamento online (“do que fazer e não fazer”) .
  • NETWORK OPERATOR
    Ver Carrier.
  • NEW MARKETING
    Centra-se na criação de conteúdo de qualidade que atraia a audiência da sua empresa forma natural para o produto ou serviço pretendido. Ao alinhar o conteúdo que publica com os interesses do seu cliente, está de forma natural a captar o tráfego que o ajudará a converter em oportunidade, a levá-los a tomar a ação pretendida, por exemplo concluir a venda ou solicitar mais informação e a disfrutar de forma agradável e cómoda uma relação win-win com a sua empresa. (Ver Inbound Marketing)
  • NEWSGROUP
    É um boletim electrónico dedicado à discussão sobre um tema específico e aberto a todos.  São muito poucos os newsgroups que aceitam a divulgação de publicidade.
  • NÍVEL DE PERMISSÃO
    É o nível de permissão que o assinante de telemóvel concedeu ao seu Operador ou a um serviço específico ou a um site de conteúdo móvel para receber mensagens publicitárias a partir destes.
  • NON-PII
    NON-PERSONALLY IDENTIFIABLE INFORMATION - Informações que podem corresponder a uma determinada pessoa, cliente ou perfil, mas não é suficiente para o identificar, contacto ou local da pessoa a quem pertence essa informação. São leads não qualificadas.
  • NON-PII - NON-PERSONALLY IDENTIFIABLE INFORMATION
    Informações que podem corresponder a uma determinada pessoa, cliente ou perfil, mas não é suficiente para o identificar, contacto ou local da pessoa a quem pertence essa informação. São leads não qualificadas.
  • NON-REGISTERED USER
    É o utilizador que visita um site e não se autentica, ou que não é obrigado a, fornecer certas informações e, por conseguinte, pode ser-lhe vedado o acesso a uma parte(s) do site.
  • NONQUALIFYING PAGE IMPRESSIONS
    São as impressões de páginas que devem ser excluídos do tráfego ou relatórios de medição, tais como transferências sem sucesso de documentos pedidos , o envio de documentos para os robots ou spider (motores de pesquisa), e/ou páginas inseridas num frame. (Ver frames.)
  • NOTICE
    Instruções de leitura fácil com a descrição das informações para a recolha de dados, armazenamento, manutenção, acesso, segurança, divulgação e utilização de políticas e práticas, necessárias e exigidas, a entidade de recolha e tratamento dos dados e informações a partir do subscritor do telemóvel.
  • NOVO MARKETING
    Centra-se na criação de conteúdo de qualidade que atraia a audiência da sua empresa forma natural para o produto ou serviço pretendido. Ao alinhar o conteúdo que publica com os interesses do seu cliente, está de forma natural a captar o tráfego que o ajudará a converter em oportunidade, a levá-los a tomar a ação pretendida, por exemplo concluir a venda ou solicitar mais informação e a disfrutar de forma agradável e cómoda uma relação win-win com a sua empresa. (Ver Inbound Marketing)
  • NUMBER PORTABILITY
    O requisito estabelecido pela legislação que permite aos consumidores de serviços de comunicação móvel para manter os seus números de telemóvel durante o tempo que quiserem, mesmo se/ou quando estes mudem de Operador.  A legislação foi aprovada para impedir as exigências dos Operadores para mudar os números de telefone quando o consumidor muda de Operador.
  • OFF PORTAL (Off Deck)
    Ponto de venda/acesso à rede móvel, mas fora da plataforma, ou portal do Operador, onde os consumidores podem aceder/comprar informações e produtos móveis/conteúdos/utilitários.
  • OFF-SITE MEASUREMENT
    Quando um site envia os seus ficheiros de logs para um serviço web externo para que possa ser processado e analisado.
  • OFFER BASED AD
    Um anúncio clicável com um desconto/oferta de um produto ou serviço.
  • OMA DOWNLOAD
    Um standard aberto e com um protocolo de application-level que assegura downloads de conteúdo fiáveis.  Pode ser integrado com outros serviços, como o da facturação, permitindo que conteúdos premium possam ser disponibilizados aos utilizadores de telemóvel.
  • ON DEVICE PORTAL
    A infra-estrutura do portal é downloaded para o telemóvel, usando uma tecnologia, Java ou Flash.  Alguns dados são guardados em cache no telemóvel, por isso o utilizador não necessita de estar ligado para navegar num conjunto de conteúdos básicos.  O utilizador só se liga para obter informações actualizadas e o autor/fornecedor da plataforma pode actualizar a cache local do telemóvel over-the-air quando o utilizador está ligado.
  • ON PORTAL (On Deck)
    Ponto de venda/acesso à rede móvel, mas dentro da plataforma” ou portal do Operador móvel onde clientes podem aceder/comprar informações e produtos móveis/conteúdos/utilitários.
  • ON-DEMAND
    É a possibilidade de pedir o envio de áudio, vídeo ou informação para o écran imediatamente, clicando em qualquer coisa no ecrã referente a essa escolha.
  • ON-SITE MEASUREMENT
    É quando um servidor tem um programa de software apropriados para medir e analisar o tráfego recebido no seu próprio site.
  • OP-UP TRANSITIONAL
    É uma janela separada que inicia um anúncio durante a transição entre páginas de conteúdo.  Continua enquanto o conteúdo é, simultaneamente, está sendo processado.  Dependendo principalmente na velocidade da ligação, o anúncio poderá terminar antes ou depois da conclusão do processamento do conteúdo.
  • OPERADORES
    As operadoras de telecomunicações permitem que todas as pessoas possam usufruir dos serviços em qualquer sitio do país. Estes serviços poderão ser de: Televisão, Telefone, Internet Fixa, Telemóvel e Banda Larga Móvel. Para comercializar estes serviços, as operadoras de telecomunicações associam diferentes pacotes de modo a satisfazer todos os segmentos do seu mercado.
  • OPERADORES DE REDE MÓVEL
    Ver Operadores.
  • OPERADORES MÓVEIS
    Ver Operadores.
  • OPERATING COMPANY (OpsCo)
    Ver Carrier.
  • OPERATOR ASSISTED CHAT PROGRAM
    É um programa de chat one-to-one com uma pessoa específica, isto não é um programa de chat peer-to-peer.
  • OPERATOR LOGO
    Um logótipo (geralmente o logótipo do Operador de telemóvel) que aparece no ecrã de status do telemóvel.  Este logo é frequentemente modificado (ou seja, pode ser personalizado) pelo assinante do telemóvel.
  • OPM
    ONLINE PREFERENCE MARKETING - Processo pelo qual a informação é recolhida geralmente  ao longo do tempo, e através de páginas web e sites WAP, para determinar ou prever as características do Assinante, o comportamento e/ou preferências para uso na entrega de anúncios no telemóvel. O processo OPM pode usar Non-PII ou uma combinação de PII e não-PII. OPM não se refere à utilização de dados para efeitos de Mobile Marketers para envio de anúncios ou de relatórios.
  • OPM - ONLINE PREFERENCE MARKETING
    Processo pelo qual a informação é recolhida geralmente  ao longo do tempo, e através de páginas web e sites WAP, para determinar ou prever as características do Assinante, o comportamento e/ou preferências para uso na entrega de anúncios no telemóvel. O processo OPM pode usar Non-PII ou uma combinação de PII e não-PII. OPM não se refere à utilização de dados para efeitos de Mobile Marketers para envio de anúncios ou de relatórios.
  • OPT-IN
    É o processo pelo qual um assinante cede o seu consentimento explícito, após receber a notificação do anunciante Móvel. Ocorre quando um indivíduo dá autorização a uma empresa para uma acção em especial ou para utilizar os seus dados previamente recolhidos, por uma razão particular, como seja a comercialização de produtos e/ou serviços da empresa. O Opt-in é uma forma de recolher dados pessoais dos utilizadores de telemóvel e de Internet.  No actual contexto de marketing é necessário que ocorra previamente um opt-in, pelo utilizador de qualquer acção de mobile marketing. (Ver Permission Marketing).
  • OPT-IN E-MAIL
    É a listas de utilizadores de Internet que voluntariamente se inscreveram para receber e-mails comerciais sobre temas de interesse.
  • OPT-OUT
    É o processo pelo qual um assinante pode exercer o seu direito de saída/opt-out. O processo através do qual um assinante revoga a autorização cedida após receber a notificação do mobile marketer. Exemplo de um processo de opt-out, podendo existir outros casos, quando o Assinante recebe como resposta uma mensagem SMS com a frase “stop”, após solicitar opt-out.
  • OPTIMIZATION
    Processo de modificação/refinar uma campanha publicitária a fim de que esta tenha um desempenho mais favorável para o anunciante, alcançando um maior número de   click-throughs e taxas de concretização(conversion rates), etc. Normalmente, é alcançado através de dados mais qualificados sobre o mercado-alvo.
  • OTA
    OVER-THE-AIR - É um dos métodos método de envio de actualizações ou de novos programas para telemóveis ou aparelhos de provisioning com as configurações necessárias para garantir o acesso a serviços, tais como WAP ou MMS.
  • OTA - OVER-THE-AIR
    É um dos métodos método de envio de actualizações ou de novos programas para telemóveis ou aparelhos de provisioning com as configurações necessárias para garantir o acesso a serviços, tais como WAP ou MMS.
  • OTS
    Opportunity to See - Quando uma página é exibida com sucesso no ecrã do computador ou do telemóvel do utilizador.
  • OTS (OPPORTUNITY TO SEE) (same as page display)
    Quando uma página é exibida com sucesso no ecrã do computador ou do telemóvel do utilizador.
  • P2P
    PEER-TO-PEER - É a transmissão de um ficheiro de um indivíduo para outro, geralmente através de um intermediário.  Indivíduos que partilham arquivos via P2P habitualmente não se conhecem, utilizam aplicações para gerir a partilha dos ficheiros como uTorrent ou bit torrent, através de transmissões com terceiros que têm parte ou a totalidade do ficheiro pretendido.
  • P2P - PEER-TO-PEER
    É a transmissão de um ficheiro de um indivíduo para outro, geralmente através de um intermediário.  Indivíduos que partilham arquivos via P2P habitualmente não se conhecem, utilizam aplicações para gerir a partilha dos ficheiros como uTorrent ou bit torrent, através de transmissões com terceiros que têm parte ou a totalidade do ficheiro pretendido.
  • P3P
    PLATFORM FOR PRIVACY PREFERENCES PROJECT - É um recurso do browser que irá analisar as políticas de privacidade que permitem ao utilizador controlar as suas necessidades de privacidade.
  • P3P - PLATFORM FOR PRIVACY PREFERENCES PROJECT
    É um recurso do browser que irá analisar as políticas de privacidade que permitem ao utilizador controlar as suas necessidades de privacidade.
  • PACKET SNIFFER
    É um programa utilizado para controlar e registar a actividade e detectar problemas com as transacções Web na rede.
  • PAGE
    É um documento de um URL específico e composto por um conjunto de ficheiros associados. A página pode conter texto, imagens e outros elementos online. Pode ser estático ou gerado dinamicamente. Pode ser composta de vários frames ou ecrãs, mas deve conter um objecto primário designado que, quando executado é contabilizado como toda a página.
  • PAGE DISPLAY
    Quando uma página é exibida com sucesso no ecrã do computador do utilizador.
  • PAGE IMPRESSION
    Uma unidade de medida da respostas de um servidor Web a um pedido de página do browser do utilizador, que é filtrado da actividade realizada pelos robots e códigos de erro, sendo gravado logo que possível após a visita do utilizador.
  • PAGE REQUEST
    É a oportunidade de um documento HTML aparecer na janela do browser como um resultado directo da interacção do utilizador com o site.
  • PAGE VIEW
    É uma unidade de medida que monitoriza o número de vezes que os utilizadores carregam uma página web ou WAP em particular. Ocorre quando a página é realmente vista pelo utilizador.  Nota: não é mensurável hoje em dia, é preferível avaliar os page displays.
  • PÁGINA
    É um documento de um URL específico e composto por um conjunto de ficheiros associados. A página pode conter texto, imagens e outros elementos online. Pode ser estático ou gerado dinamicamente. Pode ser composta de vários frames ou ecrãs, mas deve conter um objecto primário designado que, quando executado é contabilizado como toda a página.
  • PÁGINA DE DESTINO
    É a página ou local para o qual o utilizador é direccionado ao clicar num link activo incorporado num banner, numa página Web, e-mail ou outro local. Um click-through leva o utilizador a “aterrar” noutro local depois de saltar de uma outra página.
  • PAID INCLUSION
    Pagar um fee para um ser indexado por um motor de pesquisa.
  • PAID PLACEMENT
    Pagar um fee para ter o seu anúncio bem visível num motor de pesquisa – geralmente como uma lista “patrocinada”/“sponsored listing”.
  • PALAVRA-CHAVE
    É a palavra específica(s), introduzida no motor de pesquisa pelo utilizador que resultada(m) numa lista de sites relacionados com essa palavra-chave. As palavras-chave podem ser compradas pelos anunciantes, a fim de inserir links a partir dos anúncios para o site do anunciante com base nos resultados de pesquisa ver. Search Engine Marketing (SMM). É a A palavra ou o nome utilizado para segmentar uma mensagem para o seu público alvo a partir de  Short Code Service.
  • PALAVRA-PASSE
    É um grupo de, carateres especiais, letras e/ou números que permitem o acesso do utilizador a um site seguro ou telemóvel.
  • PAPEL DE PAREDE
    É um pedaço de conteúdo gráfico que está formatado para caber no Ecrã do telemóvel, tablet ou monitor.
  • PARTIAL MMS AD
    Quando é assumido que um anúncio de publicidade é inserido numa mensagem MMS existente que está sendo vista pelo consumidor. Por exemplo, a mensagem MMS pode ser um alerta de notícia com notícias relevantes. Este MMS é solicitado ou opted-into pelo subscritor.
  • PASSWORD
    É um grupo de, carateres especiais, letras e/ou números que permitem o acesso do utilizador a um site seguro ou telemóvel.
  • PATROCINADOR
    Um patrocinador é um anunciante que patrocina um anúncio e, ao fazê-lo, também ajudou a patrocinar ou apoiar o site em si, De um anunciante que tem uma relação especial com o site e suporta uma característica específica do um site, como a coluna de um escritor ou uma colecção de artigos sobre um determinado assunto.
  • PATROCÍNIO
    Patrocínio representa o conteúdo personalizado e/ou experiências criadas para um anunciante que pode ou não incluir ligação ao anúncio (por exemplo, exibe publicidade, marcas, publireportagem e vídeo pre-roll). Os patrocínios caem em várias categorias Spotlights são páginas personalizadas incorporando a marca de um anunciante e uma colecção do conteúdo geralmente em torno de um tema; –Advergaming pode passar por um anunciante comprar todas as unidades de anúncios em torno de um jogo ou um link . sponsored by/patrocinado por. para criar uma experiência de jogo personalizado da marca; Content & Section Sponsorship, é quando um anunciante patrocina exclusivamente uma secção específica do site ou e-mail (geralmente de conteúdo já existente) com imagem adaptada ao branding ao anunciante – Sorteios & Concursos (Sweepstakes & Contests) podem variar desde sorteios no site para um concurso completo baseado na marca com as observações e decisões do júri.
  • PAUSA
    É o status de um assinante de telemóvel num programa de chat durante os quais as tarifas premium não podem ser aplicadas na conta do assinante, nem qualquer fila de mensagens pode ser permitida.
  • PAUSE
    É o status de um assinante de telemóvel num programa de chat durante os quais as tarifas premium não podem ser aplicadas na conta do assinante, nem qualquer fila de mensagens pode ser permitida.
  • PAY-PER DOWNLOAD
    O assinante de telemóvel selecciona o conteúdo ou serviço que ele/ela quer, e é-lhe cobrado somente o produto solicitado. O conteúdo é apresentado frequentemente com os códigos de pedido separados por cada download, ou por cada browse-and-buy WAP site.
  • PAY-PER DOWNLOAD (POLYPHONIC RINGTONE POLY 4, 16 & 24. (REFERRING TO THE NUMBER OF INSTRUMENTS USED TO CREATE THE POLY RINGTONE); POLYTONE )
    O assinante de telemóvel selecciona o conteúdo ou serviço que ele/ela quer, e é-lhe cobrado somente o produto solicitado. O conteúdo é apresentado frequentemente com os códigos de pedido separados por cada download, ou por cada browse-and-buy WAP site.
  • PAY-PER-CLICK
    É um modelo de comissionamento de publicidade em que os anunciantes pagam às agências e/ou empresas de media com base no número de utilizadores que clicaram num anúncio on-line ou mensagem de e-mail. (Ver CPC).
  • PAY-PER-IMPRESSION
    É um modelo de comissionamento de publicidade em que os anunciantes pagam com base no número de utilizadores que viram o resultado pretendido dos seus anúncios. (Ver CPM).
  • PAY-PER-LEAD
    É um modelo de comissionamento de publicidade em que os anunciantes pagam por cada lead de vendas gerada. Por exemplo, o anunciante pode pagar por cada visitante que clicou num anúncio ou site e que tenham preenchido o formulário com sucesso. (Ver CPL).
  • PAY-PER-SALE
    É um modelo de comissionamento de publicidade em que os anunciantes pagam às agências e/ou empresas de media com base no número de transacções de vendas que foram geradas como resultado directo do anúncio. (Ver CPS).
  • PAYOUT
    É a receita líquida prevista para o comerciante, após o operador de telemóveis e do parceiro agregador.
  • PDF
    PORTABLE DOCUMENT FORMAT - É formato digital desenvolvido pela Adobe utilizado principalmente para a distribuição de ficheiros de texto digital. Arquivos com extensão PDF. Podem ser vistos e impressos de forma consistente por qualquer pessoa, independentemente da plataforma.
  • PDF - PORTABLE DOCUMENT FORMAT
    É formato digital desenvolvido pela Adobe utilizado principalmente para a distribuição de ficheiros de texto digital. Arquivos com extensão PDF. Podem ser vistos e impressos de forma consistente por qualquer pessoa, independentemente da plataforma.
  • PEER TO PEER CHAT
    É um programa de chat de um-para-um que permite interacções entre os dois indivíduos.
  • PEPS
    Primeiro que Entra é o Primeiro que saí. (Ver FIFO)
  • PERFORMANCE PRICING MODEL
    É um modelo de publicidade em que os anunciantes pagam com base em critérios de performance pré-acordados, como uma percentagem sobre a receita on-line ou a entrega de novas leads de vendas. (Ver CPA, CPC, CPL, CPO, CPS, CPT).
  • PERÍODO DE SUBSCRIÇÃO
    É um período de tempo definido para um programa de subscrição, geralmente não mais do que um mês.
  • PERMISSION LEVEL
    É o nível de permissão que o assinante de telemóvel concedeu ao seu Operador ou a um serviço específico ou a um site de conteúdo móvel para receber mensagens publicitárias a partir destes.
  • PERMISSION MARKETING
    Ocorre quando um indivíduo cedeu permissão a uma empresa para comercializar os seus produtos e serviços a si. (Ver opt-in).
  • PERSISTENT COOKIE
    São os Cookies que permanecem no disco rígido do cliente até expirarem (sendo determinado pelo site que os gerou) ou que sejam apagados pelo utilizador final.
  • PERSONALIZATION CONTENT
    Qualquer conteúdo que sirva para “personalizar” o telemóvel ou serviço para o proprietário, muitas vezes baseada no estilo pessoal do proprietário e preferências pessoais de entretenimento.  Inclui todos os elementos gráficos (wallpapers, screensavers, temas de telefone, etc) e audio (toques/ringtones, ringbacks, avisos, cumprimentos) e produtos de vídeo (video tones, etc.)
  • PESQUISA
    Algumas empresas pagam às empresas de Internet para listar e/ou linkar ao site da sua empresa ou ao seu domínio uma palavra ou frase específica de pesquisa. Procura um link é clicá-lo. Consiste em pagar a inclusão e a garantia de que o URL de um anunciante é indexado por um mecanismo de pesquisa com base numa palavra-chave. O aparecimento do anúncio é determinado por algoritmos do motor de pesquisa. Algumas possibilidades incluem, links pagos e anúncios de texto que aparecem no topo ou junto à lateral dos resultados de pesquisa das palavras-chave específicas. Quanto mais um anunciante pagar, mais alto irá aparecer na lista de opções. Os anunciantes pagam apenas quando um utilizador clica no link texto. Os links de texto de contextual search-text aparecem num artigo com base no contexto do conteúdo, em vez de uma palavra-chave enviada pelo utilizador.
  • PICTURE MESSAGE
    É uma mensagem SMS que foi concebida com texto “qwerty” para formar uma imagem, e é enviada via SMS.
  • PII
    PERSONALLY IDENTIFIABLE INFORMATION - Informações que podem ser utilizadas para identificar ou contactar uma pessoa, incluindo o nome, endereço, número de telefone ou endereço de email. PII também inclui quaisquer outros dados, tais como, identificadores anónimos, dados demográficos e comportamentais. Os Dados que são PII de uma Parte não podem ser utilizados como PII por outros.
  • PII - PERSONALLY IDENTIFIABLE INFORMATION
    Informações que podem ser utilizadas para identificar ou contactar uma pessoa, incluindo o nome, endereço, número de telefone ou endereço de email. PII também inclui quaisquer outros dados, tais como, identificadores anónimos, dados demográficos e comportamentais. Os Dados que são PII de uma Parte não podem ser utilizados como PII por outros.
  • PIN
    Personal Identification Number - É um grupo de números que permitem a um utilizador o acesso exclusivo a um site seguro e/ou uma zona de segurança de um site. É um método em que um utilizador compra um PIN através de um site ou um número de telefone de valor acrescentado e, em seguida, resgata o seu valor contra a compra de conteúdo.
  • PIN - PERSONAL IDENTIFICATION NUMBER
    É um grupo de números que permitem a um utilizador o acesso exclusivo a um site seguro e/ou uma zona de segurança de um site. É um método em que um utilizador compra um PIN através de um site ou um número de telefone de valor acrescentado e, em seguida, resgata o seu valor contra a compra de conteúdo.
  • PIXEL
    “picture element” (único ponto iluminado) num monitor de computador.  É uma métrica utilizada para indicar o tamanho dos anúncios na Internet.
  • PLACEMENT
     É a área em que o anúncio é exibido/colocado dentro de conteúdo móvel de um editor.
  • PLATAFORMA
    É o tipo de computador ou sistema operativo em que uma aplicação é executada, por exemplo, Windows, Macintosh ou Unix.
  • PLATFORM
    É o tipo de computador ou sistema operativo em que uma aplicação é executada, por exemplo, Windows, Macintosh ou Unix.
  • PLUG-IN
    É a aplicação de um programa que pode ser facilmente instalado e usado como parte de um web browser. Uma vez instalado, o plug-in será reconhecido pelo browser e a sua função será integrada no ficheiro HTML principal que está sendo apresentado.
  • POLÍTICA DE PRIVACIDADE
    É uma declaração sobre as informações que estão sendo recolhidas como estão sendo usadas, e o modo como uma pessoa pode aceder aos seus próprios dados, a forma como o indivíduo pode fazer opt-out, e que medidas de segurança estão sendo tomadas pelas partes que realizam a recolha de dados.
  • POLYPHONIC RINGTONE (POLY 4, 16 & 24. (REFERRING TO THE NUMBER OF INSTRUMENTS USED TO CREATE THE POLY RINGTONE); (POLYTONE)
    Áudio criado com tecnologia MIDI para ser utilizado em telemóveis. Pode ser produzido a partir de composições originais ou de músicas ou existentes.
  • POP-UNDER AD
    Que surge numa janela separada, sobre uma janela já aberta. Anúncios pop-under são escondidos até a janela superior estar fechada, movida, redimensionada ou minimizada.
  • POP-UP AD
    Que surge numa janela separada em cima do conteúdo já no ecrã. Similar a uma daughter window, mas sem banner associado.
  • PORTABILIDADE DO NÚMERO
    O requisito estabelecido pela legislação que permite aos consumidores de serviços de comunicação móvel para manter os seus números de telemóvel durante o tempo que quiserem, mesmo se/ou quando estes mudem de Operador.  A legislação foi aprovada para impedir as exigências dos Operadores para mudar os números de telefone quando o consumidor muda de Operador.
  • PORTAL
    É um site que muitas vezes serve como ponto de partida para uma sessão do utilizador web. Este normalmente fornece serviços tais como pesquisa, directório de sites, notícias, previsão do tempo, e-mail, espaço para homepage, cotações, notícias de desporto, entretenimento, lista telefónica, mapas da área, e chat ou área de mensagens.
  • POST ROLL
    É a forma de colocação de anúncios em vídeo de publicidade online é executada após o vídeo. É o streaming de um clip de publicidade móvel, após TV móvel/clipe de vídeo. A publicidade móvel é geralmente de 10-15 segundos. (Ver Preroll e Midroll).
  • POST-SLIDE FULL SCREEN IMAGE
    É uma imagem publicitária em ecrã cheio, que é introduzido depois de uma mensagem MMS. Esta imagem será mostrada após o assinante abrir a mensagem MMS.
  • Post-War Cohort
    Nascidos entre: 1928-1945 Coming of Age: 1946-1963 Idade em 2004: 59 to 76 População Atual: 41 million (declínio)
  • POSTING
    É a entrada cronológica e de uma mensagem, num blog, fórum on-line ou outros.
  • POTENTIAL AUDIENCE
    É: O número total de utilizadores únicos/dispositivos que são atingidos por qualquer conteúdo do site (pull advertising), ou O número de dispositivos endereçáveis para que o prestador de serviço ou comerciante tem a permissão e capacidade de empurrar publicidade  (push advertising).
  • PRE-CACHING
    Guardar publicidade ou conteúdo na memória RAM de um computador ou na memória do disco rígido antes que ele seja exibido no ecrã do utilizador, invés de no momento em que ela é executada, para reduzir os atrasos no processamento. (Ver cache, caching).
  • PRÉ-PAGO
    Termo usado para designar ausência de contrato, e sem custo de aluguer de serviços em que um assinante móvel adquire crédito, com antecedência para a utilização dos serviços de um operador móvel.
  • PRE-PAID
    Termo usado para designar ausência de contrato, e sem custo de aluguer de serviços em que um assinante móvel adquire crédito, com antecedência para a utilização dos serviços de um operador móvel.
  • PRE-SLIDE FULL IMAGE SCREEN
    É a imagem publicitária na totalidade do ecrã, inserido antes de uma mensagem MMS. Esta imagem será mostrada com abertura da mensagem MMS.
  • PREDICTIVE TEXT
    Software inteligente que facilita a digitação de palavras/mensagens de texto sobre um telemóvel. Utiliza um dicionário incorporado. Á medida que certas teclas são digitadas, o software tenta prever as palavras que o assinante de telemóvel tem intenção de compor.
  • PREMIUM BILLING
    A capacidade de facturar por cima das tarifas padrão de SMS.
  • PREMIUM CONTENT
    Conteúdo que o fornecedor cobra uma taxa separadamente para além de quaisquer encargos fixos cobrados pelo operador para aceder a esse conteúdo.
  • PREMIUM RATE
    Programas ou mensagens que resultam em taxas acima e para além das mensagens de texto encargos normalmente aplicados na factura do assinante.
  • PREMIUM RATE PROGRAM
    Um programa que requer o duplo opt-in, onde o assinante é cobrado acima da tarifa standard de SMS do plano móvel.
  • PREMIUM SHORT MESSAGE SERVICE (); (REVERSE SMS BILLING OR MT BILLING)
    É um mecanismo de cobrança através do qual o assinante de telemóvel é cobrado sobre as mensagens de texto acima das taxas padrão para o conteúdo móvel e/ou assinatura.
  • PREROLL
    É uma forma de colocação de anúncios em vídeo online onde o anúncio de vídeo surge antes do vídeo. Os anúncios para telemóvel são normalmente de 10-15 segundos de duração. (Ver Postroll e Midroll).
  • PRESTADOR DE SERVIÇOS
    Uma entidade externa que executa ou ajuda no desempenho de uma função ou actividade que implique a utilização ou divulgação de informações pessoais identificáveis ou informações não pessoalmente identificáveis em nome de um anunciante móvel.
  • PRIVACY POLICY
    É uma declaração sobre as informações que estão sendo recolhidas como estão sendo usadas, e o modo como uma pessoa pode aceder aos seus próprios dados, a forma como o indivíduo pode fazer opt-out, e que medidas de segurança estão sendo tomadas pelas partes que realizam a recolha de dados.
  • PRIVACY SEAL PROGRAM
    É um programa que certifica o proprietário do site de que está em conformidade com a política proposta pelo site. Os exemplos incluem TRUSTe e BBBOnline.
  • PRIVATE CONTENT
    O Utilizador Final de dados (incluindo mas não limitado a textos, fotos, vídeos e arquivos multimédia), localizada em um espaço privado.
  • PRIVATE SPACE
    As partes da Mobile Community Service que só são visíveis e acessíveis ao utilizador final, ou para outros indivíduos que o utilizador final tenha expressamente dado acesso. Exemplos de um espaço privado incluem a (i) Private content locker; (ii) Private blog entry; (iii) Instant messaging session; ou (iv) Email inbox;
  • PROCESS AUDIT
    Validação por terceiros do controle interno dos processos associados à medição.  (Ver auditoria).
  • PROFILING
    É a prática de controle de informações sobre os interesses dos consumidores através do controle dos seus movimentos online. Isso pode ser feito sem a utilização de qualquer informação pessoal, mas simplesmente através da análise do conteúdo, URL’s, e outras informações sobre o caminho de navegação de um utilizador/click-stream.
  • PROGRAM “TELEVISION”
    Um programa de televisão, inclusive de todos os conteúdos difundidos em relação ao mesmo, incluindo, sem limitação, bumpers, spots promocionais, comerciais, anúncios de utilidade pública, chyrons, créditos, divulgações, isenções, etc, durante o corpo do programa ou nos pontos comerciais e promocionais que precedem e seguem o programa.
  • PROGRAM APPROVAL
    É um programa específico apresentado para aprovação de um agregador e Operador para o uso e fornecimento de um short code.
  • PROGRAMA DE ASSINATURA
    Qualquer programa que o celular do assinante opta-se para um programa que resulta em que o assinante móvel passivamente incorre prémio ou encargos normais ao longo do tempo para a entrega de conteúdo.
  • PROGRESSIVE DOWNLOAD VIDEO
    Quando um arquivo de vídeo é downloaded para o telemóvel e começa o vídeo quando uma determinada percentagem do arquivo de vídeo foi recebido. Esta tecnologia combina as vantagens de streaming de vídeo (rápido para reproduzir o vídeo) e baixar a qualidade de vídeo (de alta qualidade).  Embora a maioria das tecnologias de download progressivo de vídeo ainda sejam proprietárias, os organismos de normalização estão a fazer esforços para incluir downloads progressivos como um novo padrão.  
  • PROMOTIONAL CONTENT
    Conteúdo oferecido sem qualquer custo para o utilizador, como um sampler, permitindo aos clientes “experimentar antes de comprar”, aumentando a confiança de compra.
  • PROTETOR DO ECRÃ
    O Screen Saver ou Protetor do Ecrã é uma imagem animada que é activada no Ecrã quando não existe actividade do utilizador durante um determinado período de tempo. O objectivo original de um Protetor de Ecrã visa evitar burn-in (queimar uma imagem do fósforo no interior do tubo de raios catódicos depois de horas da mesma imagem estar presente visualmente). Ele também é utilizado para preservar a duração da bateria do aparelho.
  • PROTOCOLO
    É um conjunto uniforme de regras que permitem que dois dispositivos se possam ligar e transmitir dados entre si. Protocolos determinam como os dados são transmitidos entre os dispositivos e as redes. Eles definem questões como controle de erro e os métodos de compressão de dados. O protocolo determina o seguinte: tipo de verificação de erro a ser utilizado, método de compressão de dados (se houver), como o dispositivo de envio indicará que ele terminou uma mensagem e como o dispositivo de recepção indicará que recebeu a mensagem. Protocolos de Internet, inclui TCP / IP (Transfer Control Protocol / Internet Protocol), HTTP (Hypertext Transfer Protocol), FTP (File Transfer Protocol) e SMTP (Simple Mail Transfer Protocol).  
  • PROXY SERVERS
    São intermediários entre os utilizadores finais e os sites como os dos ISPs, os serviços comerciais on-line e redes corporativas.  Os servidores proxy mantém o conteúdo mais frequentemente utilizado e, recentemente, para os utilizadores, a fim de proporcionar um acesso mais rápido e aumentar a segurança do servidor. 
  • PSMS
    PREMIUM SHORT MESSAGE SERVICE - É um mecanismo de cobrança através do qual o assinante de telemóvel é cobrado sobre as mensagens de texto acima das taxas padrão para o conteúdo móvel e/ou assinatura.
  • PSMS TARIFF
    A unidade de dólar para o premium billing.
  • PTV
    Participation TV consiste na interacção com o telemóvel e outras medias (telemóveis, telefones fixos, Web) para permitir que os telespectadores de TV possam interagir com o conteúdo, a fim de gerar impacto, expressar uma opinião , ou outros tipos de interacções com o espectador.
  • PTV - PARTICIPATION TELEVISION - (INTERACTIVE TELEVISION )
    Participation TV consiste na interacção com o telemóvel e outras medias (telemóveis, telefones fixos, Web) para permitir que os telespectadores de TV possam interagir com o conteúdo, a fim de gerar impacto, expressar uma opinião , ou outros tipos de interacções com o espectador.
  • PUBLIC CONTENT
    Os dados do utilizador final (incluindo mas não limitado a textos, fotos, vídeos e arquivos multimédia), localizada num espaço público.
  • PUBLIC SPACE
    As peças da Comunidade de Serviço Móvel que são visíveis e acessíveis a utilizadores em geral, sem qualquer subvenção explícita de acesso por qualquer utilizador final. Exemplos de um espaço público incluem, mas não estão limitados a (i) salas de chat público, (ii) os perfis de utilizador Pública, (iii) as conversas em grupo público, ou (iv) armários conteúdo Pública.
  • PUBLICIDADE CONTEXTUAL
    Quando a distribuição de anúncios é realizada com base nos motores contextuais dos anúncios enviando anúncios de texto e imagens com base no conteúdo das páginas. Os anúncios são associados a palavras-chave extraídas do conteúdo.
  • PUBLICIDADE EM CONTEÚDO MOBILE
    Isto é tipicamente uma mensagem SMS que:  a) cujo o texto contém publicidade ou b) pontos dos assinantes de telemóvel numa publicidade impressa, na web ou na televisão que promove toques de telemóveis, jogos, aplicações, serviços e outros produtos para telemóveis. veja DringSPOT.
  • PUBLICIDADE INTERATIVA
    São todas as formas de publicidade, online, wireless e de televisão interactiva incluindo os banners, patrocínios, e-mail, palavras-chave pesquisadas, referências, slotting taxas, anúncios de classificados e anúncios de televisão interactiva.
  • PUBLICIDADE MÓVEL
    É a publicidade que é comunicada ao consumidor/público alvo através de um aparelho de telemóvel.  Este tipo de publicidade é frequentemente visto como Mobile Web Banner (no topo da página), Mobile Web Poster (na parte inferior da página), ou em todo o écran, que aparece enquanto a página web móvel é solicitada “carregada.” Outras formas deste tipo de publicidade são os anúncios nos SMS e MMS, os anúncios nos jogos de telemóvel, e anúncios vídeo nos telemóveis (pré, no meio e após execução).  Ver DringSPOT.
  • PÚBLICO ALVO
    O público-alvo de um anúncio, geralmente é definido em termos demográficos (idade, sexo, rendimento, etc), do comportamento de compra dos produtos, do uso dos produto ou do uso dos media.
  • PÚBLICO-ALVO
    O público-alvo de um anúncio, geralmente é definido em termos demográficos (idade, sexo, rendimento, etc), do comportamento de compra dos produtos, do uso dos produto ou do uso dos media.
  • PUBLISHER
    A empresa que fornece sites WAP e/ou facilita a entrega de publicidade através de um ou mais sites WAP. Inclusive o editor de conteúdo móvel, como de jogos e produtos de personalização. O Publisher pode ser um indivíduo ou organização que prepara, problemas e divulga conteúdo para distribuição pública ou venda por um ou mais meios de comunicação.  
  • PUBLISHER’S AGGREGATOR (CONTENT AGGREGATOR )
    Ver agregador de conteúdos
  • PULL MESSAGING (WIRELESS PULL ADVERTISING CONTENT PULL MESSAGING )
    Descreve o processo pelo qual uma pessoa inicia um pedido a partir do seu número de telemóvel. Todo o conteúdo enviado para o assinante sem fios a seu pedido, pouco depois, numa base temporal. Por exemplo, quando um cliente solicita o tempo local a partir de um browser WAP, o conteúdo da resposta, incluindo toda a publicidade relacionada, é Pull Messaging.
  • PUSH Mensagens
    Descreve o envio de informações (SMS / MMS), directamente no telemóvel do consumidor, e sob a condição de que a sua aceitação foi dada. Push Messaging inclui áudio, serviço de mensagens curtas (SMS), e-mail, mensagens multimédia, de difusão móvel, mensagens de imagens, pesquisas ou qualquer outra publicidade pushed/empurrada.
  • PVR - PERSONAL VIDEO RECORDER
    Ver DVR
  • QUERY
    É um método de introdução de texto pelos assinantes de telemóvel ao procurarem informação ou realizar consultas no telemóvel, é similar ao pedidos feitos com teclado. Um pedido de informações, geralmente a um motor de pesquisa.
  • RANDOM CSC - RANDOM SHORT CODE
    São os CSC (Common Short Code) que são atribuído pela CSCA (Common Short Code Administration) de forma aleatória do conjunto de CSCs disponíveis.
  • RATE CARD
    É a lista de preços de publicidade, produtos e de pacotes oferecidos por uma companhia de media.  
  • RDIS
    Rede Digital de Serviços Integrados - Permite o acesso à Internet de forma mais rápida que as ligações dial-up através de fios de cobre do telefone. A DSL tem, vindo em grande parte a substituir o ISDN. Ver DSL (DIGITAL SUBSCRIBER LINE).
  • RDIS - REDE DIGITAL DE SERVIÇOS INTEGRADOS
    Permite o acesso à Internet de forma mais rápida que as ligações dial-up através de fios de cobre do telefone. A DSL tem, vindo em grande parte a substituir o ISDN. Ver DSL (DIGITAL SUBSCRIBER LINE).
  • RE DIRECT
    Termo utilizado para fazer referência à publicidade online, num servidor atribui uma função de ad-serving ou ad-targeting para outro servidor, frequentemente gerido externamente. Por exemplo um servidor publisher de gestão de anúncios pode redireccionar para terceiros contratados por um anunciante para distribuir os seus anúncios para um determinado público-alvo e redireccionar outro para “reich media” no caso de necessitar de streaming de vídeo para anúncio. Em alguns casos, o processo de re-directs gera alguma latência. (Ver ad serving, latency/latência.)
  • REACH
    Utilizadores únicos que visitaram o site ao longo de um período de referência, expresso em percentagem relativamente ao universo da categoria demográfica, também unduplicated audience; É o número total de utilizadores únicos que contactaram com um determinado anúncio . 
  • REAL TIME
    Eventos que acontecem em directo (.live.) num momento particular. Quando conversa num chat, ou envia uma mensagem instantânea, é um exemplo de uma interacção em tempo real.
  • REAL TONES
    Ver Mastertone.
  • REDEMPTION
    É o número ou a percentagem de consumidores que realmente tiraram partido de uma oferta especial. 
  • REDES SOCIAIS
    Um destino on-line que oferece aos utilizadores uma oportunidade de contacto com um ou mais grupos de amigos, facilitando a partilha de conteúdos, notícias e informações entre eles. Exemplos de redes sociais incluem Facebook, Twitter, Ushi, Plaxo, LinkedIn, The Star Tracker, Foursquare, etc.
  • REDIRECT
    Enviar automaticamente um utilizador para um outro URL a partir de um outro onde clicaram.
  • REFERRAL FEES
    São as taxas pagas pelos anunciantes pela entrega de uma lead de venda ou por um formulário de compra. 
  • REFERRAL LINK
    É a página relativa ou o link relativo ao click do utilizador para chegar à página actual. Por outras palavras, é como um hyperlink liga um URL a outro, ao clicar no link desloca-se de um URL de referência para um URL de destino. Também conhecido como a origem de uma visita (source of a visit).
  • REFERRER
    É a página Web que enviou o visitante para o seu site. 
  • REGISTO
    É o processo pelo qual os visitantes de um site fazem a inserção de informações sobre si mesmos.  Os sites utilizam os dados de registo para activar ou melhorar a segmentação dos conteúdos e dos anúncios.  A inscrição pode ser exigida ou voluntária. 
  • REGISTO DO UTILIZADOR
    Informação enviada por um indivíduo que geralmente inclui as características como a idade, sexo, código postal e, frequentemente muito mais. Um sistema de registo dos sites é normalmente baseado num código ou senha para permitir acesso ao site para determinar o número de visitantes únicos e para controlar o comportamento do visitante dentro do site.
  • REGISTRATION
    É o processo pelo qual os visitantes de um site fazem a inserção de informações sobre si mesmos.  Os sites utilizam os dados de registo para activar ou melhorar a segmentação dos conteúdos e dos anúncios.  A inscrição pode ser exigida ou voluntária. 
  • REJEIÇÃO DE E-MAIL
    Um e-mail que não pôde ser entregue na mailbox e que é devolvido para o e-mail do Service Provider que a enviou. A rejeição ou é classificada como .hard. ou como .soft .  a Rejeição é .hard. são a falha da entrega do e-mail se devem a razões permanentes, tais como um endereço ser inexistente. A rejeição é .soft.. se a falha da entrega do e-mail se devem a problema temporários, como seja uma inbox cheia ou indisponibilidade do servidor  do ISP (Internet Service Provider).
  • RELEVANCE
    A probabilidade que um determinado página Web ser interessante ou útil ao utilizador na pesquisa realizada no motor de pesquisa de uma palavra- chave.  
  • RELEVÂNCIA
    A probabilidade que um determinado página Web ser interessante ou útil ao utilizador na pesquisa realizada no motor de pesquisa de uma palavra- chave. 
  • REPEAT VISITOR
    É o visitante único que tenha acedido a um site mais do que uma vez num período de tempo específico.
  • REPLY ACTIONS
    Assinante de telemóvel que responder ao fazer reply a uma mensagem de MMS.
  • RESPONSE CAPABILITY
    A possibilidade de o utilizador responder com base num conjunto de funcionalidades do dispositivo do utilizador.  (Exemplos: SMS 2 way, WAP).
  • RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO
    É o lucro líquido dividido pelo de investimento.  
  • RETURN ON INVESTMENT
    É o lucro líquido dividido pelo de investimento. 
  • RETURN VISITS
    É o número médio de vezes que um utilizador retorna ao site num período tempo específico. 
  • REVENUE MANAGEMENT
    Ver Yield Management. 
  • REVENUE SHARE
    Cada um das partes envolvidas na iniciativa de mobile marketing divide as receitas provenientes da acção de mobile marketing.  A percentagem da partilha de receitas deverá considerar também o titular dos direitos caso seja aplicável. Por exemplo, tem direito a uma percentagem nas receitas obtidas com a venda e distribuição de conteúdo, programação, serviços e outros direitos de propriedade gerados por outros. 
  • RICH MEDIA
    São os anúncios com os quais os utilizadores podem interagir (em oposição a apenas animação) em formato de página web. Estas publicidades podem ser utilizadas isoladamente ou em conjunto com diversas tecnologias, incluindo mas não limitadas a som, vídeo ou Flash e a linguagens de programação tipo Java, JavaScript e DHTML. Estas orientações abrangem as aplicações standard da Web, incluindo e-mail, páginas estáticas (eg HTML) e páginas dinâmicas (ASP por exemplo) podendo surgir os anúncios em diversos formatos como banners e botões assim como animações over-the-page, como anúncios flutuante, página take-overs e tear-backs.
  • RINGBACKS
    É o áudio ou o “ring” que o chamador ouve quando faz uma chamada para um determinado número de telemóvel. Pode ser um Anúncio DringSpot, Mastertone, Polytone ou Voicetone ou definido pelo proprietário do telemóvel quando personalizou o seu telefone móvel.
  • RINGER TONES
    É o áudio ou o “ring” proprietário de um aparelho ouve quando uma chamada é recebido. Mastertone pode ser um, Polytone ou Voicetone e seja de um dispositivo padrão ou definida pelo proprietário do telefone quando personalizar seu dispositivo móvel. A duração do toque é determinado pelo Operador.
  • RINGERS
    É o áudio ou o “ring” proprietário de um aparelho ouve quando uma chamada é recebido. Mastertone pode ser um, Polytone ou Voicetone e seja de um dispositivo padrão ou definida pelo proprietário do telefone quando personalizar seu dispositivo móvel. A duração do toque é determinado pelo Operador.
  • RINGTONES (CALLERTONES, RINGERS, RINGER TONES)
    É o áudio ou o “ring” proprietário de um aparelho ouve quando uma chamada é recebido. Mastertone pode ser um, Polytone ou Voicetone e seja de um dispositivo padrão ou definida pelo proprietário do telefone quando personalizar seu dispositivo móvel. A duração do toque é determinado pelo Operador.
  • ROAMING
    É o serviço do assinantes de telemóveis que lhe permite usar o seu telemóvel nas redes de outros operadores móveis.
  • ROI
    É o lucro líquido dividido pelo de investimento. 
  • ROI - RETURN ON INVESTMENT (Retorno sobre o Investimento)
    É o lucro líquido dividido pelo de investimento. 
  • RON
    RUN-OF-NETWORK - É a programação da publicidade na Internet em que um anúncio pode aparecer em todos os sites que detém a representação em exclusivo, de acordo com o seu critério de disponibilidade. Geralmente o anunciante renuncia posicionamentos premium em detrimento de mais publicidade com menor CPM.  (Ver CPM).
  • RON - RUN-OF-NETWORK
    É a programação da publicidade na Internet em que um anúncio pode aparecer em todos os sites que detém a representação em exclusivo, de acordo com o seu critério de disponibilidade. Geralmente o anunciante renuncia posicionamentos premium em detrimento de mais publicidade com menor CPM.  (Ver CPM).
  • ROS
    RUN OF SITE - É a programação da publicidade na Internet em que os anúncios podem ser executados em todo o site, com frequência a baixo custo para o anunciante, em vez de optar pela compra de espaços específicos em subsecções. 
  • ROS - RON OF SITE
    É a programação da publicidade na Internet em que os anúncios podem ser executados em todo o site, com frequência a baixo custo para o anunciante, em vez de optar pela compra de espaços específicos em subsecções. 
  • ROYALTIES (LICENSE, RIGHTS)
    A taxa paga por uma agregador de conteúdo/service provider /operador móvel para o proprietário do conteúdo, por exemplo: o editor de música, o distribuidor de filmes, pelos direitos de usar ou adaptar os conteúdos para consumo nos telemóveis ou PC’s.
  • RSS
    RSS é um processo para publicar conteúdo na Internet que facilita a sua deslocação para outro ambiente. Por exemplo: as principais notícias de um site de um jornal podem ser publicadas com RSS feed e as entregar através de um portal. Os leitores de RSS são programas ou sites que permitir que os utilizadores se inscrever em um ou mais feeds RSS, entrega de conteúdo e informações de fontes múltiplas em uma única interface e do ambiente. É também um modelo para a descoberta de conteúdos e de aquisição que é fornecido pelos Operadores on-deck. Este modelo tem aumentado exponencialmente off-deck e replica a experiência web nos PC’s, mas desta feira para telemóveis.
  • RSS - REALLY SIMPLE SYNDICATION (RSS Readers)
    RSS é um processo para publicar conteúdo na Internet que facilita a sua deslocação para outro ambiente. Por exemplo: as principais notícias de um site de um jornal podem ser publicadas com RSS feed e as entregar através de um portal. Os leitores de RSS são programas ou sites que permitir que os utilizadores se inscrever em um ou mais feeds RSS, entrega de conteúdo e informações de fontes múltiplas em uma única interface e do ambiente. É também um modelo para a descoberta de conteúdos e de aquisição que é fornecido pelos Operadores on-deck. Este modelo tem aumentado exponencialmente off-deck e replica a experiência web nos PC’s, mas desta feira para telemóveis.
  • RSS READERS
    RSS é um processo para publicar conteúdo na Internet que facilita a sua deslocação para outro ambiente. Por exemplo: as principais notícias de um site de um jornal podem ser publicadas com RSS feed e as entregar através de um portal. Os leitores de RSS são programas ou sites que permitir que os utilizadores se inscrever em um ou mais feeds RSS, entrega de conteúdo e informações de fontes múltiplas em uma única interface e do ambiente. É também um modelo para a descoberta de conteúdos e de aquisição que é fornecido pelos Operadores on-deck. Este modelo tem aumentado exponencialmente off-deck e replica a experiência web nos PC’s, mas desta feira para telemóveis.
  • RTSP
    REAL TIME STREAMING PROTOCOL - É um protocolo para utilizar em sistemas de transmissão de media que permitem a um cliente controlar remotamente um servidor de streaming media, emitindo comandos VCR-like como o “play” e “pausa”, e permitindo o acesso time-based aos ficheiros num servidor.  
  • RTSP - REAL TIME STREAMING PROTOCOL
    É um protocolo para utilizar em sistemas de transmissão de media que permitem a um cliente controlar remotamente um servidor de streaming media, emitindo comandos VCR-like como o “play” e “pausa”, e permitindo o acesso time-based aos ficheiros num servidor.  
  • SAMPLE
    É um subconjunto do universo cujas propriedades são estudadas para obter informações sobre esse universo.
  • SAMPLING FRAME
    É a fonte de onde a amostra é extraída.
  • SAUDAÇÃO
    É a saudação de correio de voz que o chamador ouve quando o destinatário da chamada não atende o telemóvel. Pode consistir num Master-tone, Voicetone, ou uma mensagem personalizada gravada pelo proprietário do telemóvel ou pelo serviço DringSPOT. (Veja DringSPOT)
  • SCREEN CHARACTERISTIC
    É o tamanho do pixel e a cor do Ecrã no equipamento que pode exibir publicidade. Isto inclui limite de texto para envio de mensagens SMS.
  • SCREEN REAL ESTATE
    Relacionados com a qualidade e o tamanho do Ecrã do aparelho, ou seja, a área da qual os anunciantes podem utilizar para colocação de banners.
  • SCREEN SAVER
    O Screen Saver ou protetor do Ecrã é uma imagem animada que é activada no Ecrã quando não existe actividade do utilizador durante um determinado período de tempo. O objectivo original de um protector de Ecrã visa evitar burn-in (queimar uma imagem do fósforo no interior do tubo de raios catódicos depois de horas da mesma imagem estar presente visualmente). Ele também é utilizado para preservar a duração da bateria do aparelho.
  • SCREEN SIZE
    Quantidade de espaço de exposição oferecido por um telefone, tablet ou monitor de computador em particular.  O tamanho geralmente é medido em pixéis, polegadas ou milímetros.
  • SCRIPTS
    São ficheiros que iniciam rotinas, como por exemplo gerar páginas Web dinamicamente em resposta a entrada do utilizador.
  • SDSL - SYMMETRICAL DIGITAL SUBSCRIBER LINE
  • SEARCH
    Algumas empresas pagam às empresas de Internet para listar e/ou linkar ao site da sua empresa ou ao seu domínio uma palavra ou frase específica de pesquisa. Procura um link é clicá-lo. Consiste em pagar a inclusão e a garantia de que o URL de um anunciante é indexado por um mecanismo de pesquisa com base numa palavra-chave. O aparecimento do anúncio é determinado por algoritmos do motor de pesquisa. Algumas possibilidades incluem, links pagos e anúncios de texto que aparecem no topo ou junto à lateral dos resultados de pesquisa das palavras-chave específicas. Quanto mais um anunciante pagar, mais alto irá aparecer na lista de opções. Os anunciantes pagam apenas quando um utilizador clica no link texto. Os links de texto de contextual search-text aparecem num artigo com base no contexto do conteúdo, em vez de uma palavra-chave enviada pelo utilizador.
  • SEARCH ENGINE
    É uma aplicação que ajuda os utilizadores a encontrar informações na Internet. O método para encontrar esta informação normalmente é realizado através da manutenção de um índice de recursos da Web que podem ser consultados para uma palavra-chave ou conceitos introduzidos pelo utilizador.
  • SECONDARY KEYWORD (SUB PREFIX/ SUFFIX)
    É similar à palavra-chave, mas o seu uso é para a recolha de métricas, reposicionar palavras-chave existentes ou como um localizador geográfico.
  • SEGUNDA GERAÇÃO - 2G
    Ver 2G.
  • SELECTED CSC
    O CSC (Common Short Code) que o requerente/registado solicita especificamente da CSCA. Os CSCs seleccionados são atribuídos numa lógica FIFO o primeiro a chegar será o primeiro a ser servido a partir da pool de CSCs disponíveis.
  • SELL (THROUGH RATE)
    É a percentagem de anúncios vendidos em vez dos comercializados ou trocados.
  • SEM
    SEARCH ENGINE MARKETING - É uma forma de marketing que visa promover websites pelo aumento da sua visibilidade nos resultados de pesquisa (SERPs).
  • SEM - SEARCH ENGINE MARKETING
    É uma forma de marketing que visa promover websites pelo aumento da sua visibilidade nos resultados de pesquisa (SERPs).
  • SEO
     SEARCH ENGINE OPTIMIZATION - É o processo de melhorar o volume e a qualidade do tráfego para um site (Mobile), através dos motores de pesquisa natural (resultados “orgânicos” ou “algorítmicos”) de pesquisa por palavras-chave específicas.
  • SEO - SEARCH ENGINE OPTIMIZATION
     É o processo de melhorar o volume e a qualidade do tráfego para um site (Mobile), através dos motores de pesquisa natural (resultados “orgânicos” ou “algorítmicos”) de pesquisa por palavras-chave específicas.
  • SERP
    SEARCH ENGINE RESULTS PAGE - É uma página de resultados de pesquisa entregue por um motor de pesquisa.
  • SERP - SEARCH ENGINE RESULTS PAGE
    É uma página de resultados de pesquisa entregue por um motor de pesquisa.
  • SERVER
    É um computador que distribui os ficheiros que são partilhados numa LAN, WAN ou Internet. Também conhecido como “host”.
  • SERVER CENTRIC MEASUREMENT
    Audiência medida a partir dos logs registados no servidor.
  • SERVER PULL
    É o processo pelo qual o browser do utilizador mantém uma ligação automática ou personalizada ao perfil com um servidor Web. O browser normalmente estabelece um único pedido que é gravado e armazenado electronicamente para consulta futura. Exemplos são: pedidos para a entrega automática de newsletters via e-mail, o pedido de conteúdos Web com base em critérios de pesquisa específico, determinados pelo utilizador, ou a criação de uma página Web personalizada que segmenta as informações fornecidas ao utilizador com base em pré-requisitos seleccionados por si mesmo.
  • SERVER PUSH
    É o processo pelo qual um servidor mantém uma ligação aberta a um browser após o pedido inicial para uma página. Através dessa ligação aberta ao servidor continua a fornecer as páginas e conteúdos actualizado mesmo que o visitante não faça novos pedidos directos para tais informações.
  • SERVER-INITIATED AD IMPRESSION
    É um dos dois métodos utilizados para a contagem de visitantes. O conteúdo do anúncio é entregue ao utilizador através de dois métodos – iniciado pelo servidor (Server-initiated) e Iniciada pelo Cliente (client-initiated). Server-initiated a contagem do anúncio utiliza o servidor do editor de conteúdo para fazer pedidos, formatação e orientação do conteúdo. As organizações usam a contagem dos anúncios do server-initiated, a contagem deve ocorrer após a resposta ao anúncio de um servidor de anúncios da editora ou do servidor de conteúdo Web, ou processados mais tarde. Veja client-initiated ad impression.
  • SERVICE DISCOVERY
    É o método pelo qual o consumidor encontra conteúdo com interesse. Service Discovery pode ser realizado pelo telemóvel (on-line) ou sem estar ligado (off-line).  On-line inclui menus de navegação, a entrada directa num URL, recomendação de pessoa para pessoa, banners de anúncios ou pesquisas. Off-line inclui métodos de acesso, como o envio de um texto-chave para um código de SMS (short code). Offline discovery é considerada como válida para muitos utilizadores através de múltiplas redes móveis.
  • SERVICE PROVIDER
    Uma entidade externa que executa ou ajuda no desempenho de uma função ou actividade que implique a utilização ou divulgação de informações pessoais identificáveis ou informações não pessoalmente identificáveis em nome de um anunciante móvel.
  • SERVIÇO DA COMUNIDADE MOBILE
    Um serviço acessível a partir de um dispositivo móvel que pode incluir, mas não está limitado, as funcionalidades seguintes: um sistema para utilizador final para comunicar através do serviço ou um sistema ou um mecanismo para o utilizador final fazer o upload ou download de conteúdos para um espaço privado, ou um sistema ou um mecanismo de upload ou download de conteúdo para um espaço público.
  • SERVIÇO DE VALOR ACRESCENTADO
    Serviço adicional que adiciona valor aos já disponíveis na rede. 
  • SERVIÇOS DE MENSAGENS MULTIMEDIA
    É um standard dos sistemas de mensagens para telemóveis, que permite o envio de mensagens que incluem objectos multimédia (imagens, áudio, vídeo e Rich Text). Pode ou não incluir o texto normal.
  • SERVIDOR
    É um computador que distribui os ficheiros que são partilhados numa LAN, WAN ou Internet. Também conhecido como “host”.
  • SERVIDORES PROXY
    São intermediários entre os utilizadores finais e os sites como os dos ISPs, os serviços comerciais on-line e redes corporativas.  Os servidores proxy mantém o conteúdo mais frequentemente utilizado e, recentemente, para os utilizadores, a fim de proporcionar um acesso mais rápido e aumentar a segurança do servidor. 
  • SESSÃO
    Uma sequência de actividades na Internet feitas por um utilizador num site. Se um utilizador não faz nenhum pedido no site durante um período de 30 minutos, o conteúdo seguinte ou o pedido de anúncio constituiria então o início de uma nova visita, Uma série de operações executadas por um utilizador que podem ser seguidas através de vários Web sites.
  • SESSION
    Uma sequência de actividades na Internet feitas por um utilizador num site. Se um utilizador não faz nenhum pedido no site durante um período de 30 minutos, o conteúdo seguinte ou o pedido de anúncio constituiria então o início de uma nova visita, Uma série de operações executadas por um utilizador que podem ser seguidas através de vários Web sites.
  • SESSION COOKIES
    Estes são temporários e são apagadas quando o browser sai de uma sessão de navegação na web. (Ver cookie).
  • SET-TOP BOX
    É um dispositivo eletrónico que liga a uma TV fornecendo conectividade à Internet, sistemas de jogo, ou sistemas de cabo tv.
  • SGML
    Standard Generalized Markup Language - É a língua-mãe para HTML.
  • SGML - STANDARD GENERALIZED MARKUP LANGUAGE
    É a língua-mãe para HTML.
  • SHARED SHORT CODE
    É um short code que é utilizado para executar vários serviços móveis e/ou campanhas simultaneamente. Um short code que é utilizado para várias campanhas de marketing através da alocação de palavras-chave para diferentes entidades.
  • SHOCKWAVE
    É um plug-in desenvolvido pela Macromedia (agora parte da Adobe), que permite que objectos multimédia apareçam na Web (animação áudio e vídeo).
  • SHOPPING BOT
    É um agente inteligente, que procura o melhor preço.
  • SHORT CODE
    Um Short Code é um pequeno número de telefone especial, significativamente menor que os números de telefone completos, que também podem ser utilizadas para tratar mensagens SMS e MMS a partir de telefones móveis ou fixos. Embora semelhante a números de telefone, eles são, a nível tecnológico, únicos para cada operador, embora os fornecedores geralmente tenham acordos para evitar sobreposições. Os short code (códigos curtos) são amplamente utilizados para serviços de valor acrescentado, tais como o voto interactivo, encomendar ringtones e outros serviços móveis.
  • SHORT CODE PROGRAM
    A campanha de marketing que utiliza um Short code como o principal meio de opt-in.
  • SIM - SUBSCRIBER IDENTITY MODULE (SIM CARD)
    Um cartão inteligente inserido num aparelho GSM que contém informações sobre o assinante de telemóvel, tais como o número de telefone, detalhes codificado da rede de identificação, o PIN e outros dados dos assinantes de telemóvel, tais como a lista telefónica . O cartão SIM do assinante de móvel pode ser transferido de telemóvel para telemóvel, uma vez que contém todas as informações essenciais necessárias para activar o aparelho.
  • SIM CARD
    Um cartão inteligente inserido num aparelho GSM que contém informações sobre o assinante de telemóvel, tais como o número de telefone, detalhes codificado da rede de identificação, o PIN e outros dados dos assinantes de telemóvel, tais como a lista telefónica . O cartão SIM do assinante de móvel pode ser transferido de telemóvel para telemóvel, uma vez que contém todas as informações essenciais necessárias para activar o aparelho.
  • SINCRONO
    É um tipo de comunicação bidireccional virtualmente sem atrasos, permitindo aos participantes a participação em tempo real.
  • SINGLE OPT-IN
    Quando um assinante de telemóvel opta por um programa através de uma mensagem iniciada pelo assinante a um prestador de serviços, conforme solicitado pelos termos do programa.
  • SINGLE PLAYER GAMES
    Um jogo para telemóveis que é jogado por um único jogador. Por exemplo, Pokemon Go, Angry Birds,  Tetris, Bubbles, Sudoku, etc.
  • SITE TAGGING
    É o processo de inserção de tags publicidade numa Web móvel (WAP), site que permite que uma plataforma de campanhas de gestão móvel forneça anúncios ao site.
  • SITE-CENTRIC MEASUREMENT
    É a medição de audiência derivados dos próprios logs do servidor de um site.
  • SITE-OPTIMIZATION
    Modificar um site para torná-lo mais fácil ser indexado automaticamente pelos motores de pesquisa tendo como contra-partida um melhor posicionamento nos resultados.
  • SKINS
    Conjuntos personalizados e alternativos de gráficos, que permitem que os utilizadores da Internet ou de telemóvel para melhorar continuamente a aparência dos seus computadores, browsers, ou telemóveis sem alterar suas as suas configurações ou funcionalidades. Skins são um tipo de ferramenta para o marketing.
  • SLOTTING FEE
    É a taxa cobrada aos anunciantes das empresas de media para obter o posicionamento premium do seu site, a exclusividade de categoria ou qualquer outro tratamento especial. 
  • SMARTPHONE
    É um dispositivo portátil que integra recursos de telefonia móvel com as características mais comuns de um computador portátil ou PDA. Os smartphones permitem aos utilizadores guardar informações, e-mails, instalar programas, conjuntamente com o uso de um telefone móvel tudo reunido num único dispositivo.
  • SMIL
    SYNCHRONIZED MULTIMEDIA INTEGRATION LANGUAGE - É um dos protocolos desenvolvido para permitir a criação de mensagens MMS. O protocolo descreve a sequência, o calendário e a origem dos elementos da mensagem. Esses elementos podem ser imagens, áudio, vídeo ou texto.
  • SMIL - SYNCHRONIZED MULTIMEDIA INTEGRATION LANGUAGE
    É um dos protocolos desenvolvido para permitir a criação de mensagens MMS. O protocolo descreve a sequência, o calendário e a origem dos elementos da mensagem. Esses elementos podem ser imagens, áudio, vídeo ou texto.
  • SMISHING (SMS PHISHING)
    Um ataque à segurança no qual o assinante do telemóvel é levado a fazer download de um cavalo de Tróia, vírus ou outros malwares no seu aparelho. SMiShing é forma abreviada para a designação de “SMS phishing”.
  • SMPP
    SHORT MESSAGE PEER-TO-PEER PROTOCOL - É o protocolo da indústria de telecomunicações para a troca de mensagens SMS entre entidades semelhantes como centros de serviço de mensagens curtas (SMSC). É utilizado principalmente para a ligação de serviços de terceiros com SMSCs para permitir vários tipos de serviços automatizados de SMS.
  • SMPP - SHORT MESSAGE PEER-TO-PEER PROTOCOL
    É o protocolo da indústria de telecomunicações para a troca de mensagens SMS entre entidades semelhantes como centros de serviço de mensagens curtas (SMSC). É utilizado principalmente para a ligação de serviços de terceiros com SMSCs para permitir vários tipos de serviços automatizados de SMS.
  • SMS
    Short Message Service - É um standard para o envio e recepção de mensagens de texto curtas (160 caracteres) via telemóvel.  SMS é um serviço que está disponível na maioria dos telemóveis digitais que permitem o envio de mensagens curtas (160 caracteres) entre telemóveis e outros dispositivos portáteis.  SMS é comummente referido como mensagens de texto.
  • SMS - SHORT MESSAGE SERVICE
    É um standard para o envio e recepção de mensagens de texto curtas (160 caracteres) via telemóvel.  SMS é um serviço que está disponível na maioria dos telemóveis digitais que permitem o envio de mensagens curtas (160 caracteres) entre telemóveis e outros dispositivos portáteis.  SMS é comummente referido como mensagens de texto.
  • SMS CHAT
    É uma das característica inseridas nos equipamentos mais recentes que o assinante de telemóvel faça “chat” através do protocolo SMS.
  • SMS MARKETING
    A forma de Mobile Marketing que utiliza SMS para entregar a sua promoção.
  • SMS TO TV (SMS2TV) -SMS-BASED INTERACTIVE TV, SMS TEXT MESSAGING, MOBILE INTERACTIVE TV, MOBILE-PHONE-BASED ITV,WAP-BASED VOTING APPLICATION, ITV SERVICES FOR WIRELESS DEVICES, SYNCHRONIZING MOBILE-PHONE BASED APPLICATIONS WITH TV PROGRAMMING, WIRELESS 2-SCREEN ITV, CALL TV, SMS2-TV, SMSTV TEXT MESSAGING,TEXT TV
    Uma interacção entre o Transmissor de TV e os assinantes de telemóvel onde os textos dos assinantes móveis de uma mensagem/votação são exibidos no Ecrã de TV ou afecta o resultado do programa ao ser exibido.
  • SMS TONE
    É um produto de áudio que alerta o assinante de telemóvel quando uma mensagem de texto é recebida.
  • SMSC
    SMS Center - É a entidade da rede de Operadores de Telecomunicações que switches, guarda e define as rotas do tráfego de SMS.
  • SMSC - SMS CENTER
    É a entidade da rede de Operadores de Telecomunicações que switches, guarda e define as rotas do tráfego de SMS.
  • SMTP
    Simple Mail Transfer Protocol - É um protocolo utilizado para transferências de e-mail.
  • SMTP - SIMPLE MAIL TRANSFER PROTOCOL
    É um protocolo utilizado para transferências de e-mail.
  • SNIFFER
    Software que detecta as capacidades do browser do utilizador (à procura de coisas como recursos Java, plug-ins, resolução de Ecrã, e largura de banda).
  • SOCIAL BOOKMARKING
    Agrega, classifica, descreve e publica. Bookmarks – Links nas páginas Web ou outros conteúdos online.
  • SOCIAL BUSINESS
    É uma prática que propõe a aplicação de características das redes sociais e de tecnologias/ferramentas das Redes Sociais na gestão da empresa. (Ver 2B-On)
  • SOCIAL MARKETING
    Estratégia de Marketing que contribui para o crescimento das redes sociais, encorajando os utilizadores a adoptar e a passar widgets ou outros conteúdos ou módulos criados por uma marca, ou para adicionar uma marca ao círculo social de amigos do utilizador. (Ver 2B-On)
  • SOCIAL MEDIA
    Um destino on-line que oferece aos utilizadores uma oportunidade de contacto com um ou mais grupos de amigos, facilitando a partilha de conteúdos, notícias e informações entre eles. Exemplos de redes sociais incluem Facebook, Twitter, Ushi, Plaxo, LinkedIn, The Star Tracker, Foursquare, etc.
  • SOCIAL NETWORK
    Um destino on-line que oferece aos utilizadores uma oportunidade de contacto com um ou mais grupos de amigos, facilitando a partilha de conteúdos, notícias e informações entre eles. Exemplos de redes sociais incluem Facebook, Twitter, Ushi, Plaxo, LinkedIn, The Star Tracker, Foursquare, etc.
  • SORTEIO
    Um sorteio é um jogo legal, que inclui um prémio, e um jogo de azar.  Nenhum mérito/perícia é permitido.
  • SPACE
    Local na página de um site em que um anúncio podem ser colocados. Cada espaço num site é identificado exclusivamente. Não pode haver espaços múltiplos numa única página.
  • SPAM
    Termo que descreve emails comerciais não solicitados.
  • SPAM FILTER
    Software incorporado nos gateways de email, bem como em aplicações de correio electrónico do cliente projectado para identificar e remover mensagens de e-mails comerciais não solicitadas recebidos antes de o utilizador final conseguir vê-los
  • SPENDING CAP LIMITS
    É o limite máximo colocado num programa de subscrição particular, que o fornecedor do conteúdo pode facturar o assinante. Muitas vezes impostos sobre os programas de chat dos operadores.
  • SPIDER
    É um programa que pesquisa automaticamente páginas web. As aranhas são utilizadas para alimentar as páginas dos motores de pesquisa. É chamado de aranha porque ele crawls a web. Como a maioria das páginas da Web contêm links para outras páginas, uma aranha pode começar em qualquer lugar. Quando detecta um link para outra página, ele desliga-se e recupera-o. Os principais motores de pesquisa têm muitas aranhas trabalhando em paralelo. Também conhecidos como robots, robots, ou crawlers. Programas utilizados por um motor de busca para descobrir, download e indexar o conteúdo da Web Mobile. (Ver robot).
  • SPLASH PAGE
    É a página preliminar que antecede a página solicitada pelo utilizador de um site que geralmente promove uma característica particular ou site que fornece publicidade. A página de abertura está programada para ir para a página solicitada após um curto período de tempo ou de um clique. As páginas do splah não são consideradas impressões qualificadas de página sob as directrizes actuais da indústria, mas são consideradas impressões de anúncios qualificados.
  • SPONSOR
    Um patrocinador é um anunciante que patrocina um anúncio e, ao fazê-lo, também ajudou a patrocinar ou apoiar o site em si, De um anunciante que tem uma relação especial com o site e suporta uma característica específica do um site, como a coluna de um escritor ou uma colecção de artigos sobre um determinado assunto.
  • SPONSORSHIP
    Patrocínio representa o conteúdo personalizado e/ou experiências criadas para um anunciante que pode ou não incluir ligação ao anúncio (por exemplo, exibe publicidade, marcas, publireportagem e vídeo pre-roll). Os patrocínios caem em várias categorias Spotlights são páginas personalizadas incorporando a marca de um anunciante e uma colecção do conteúdo geralmente em torno de um tema; –Advergaming pode passar por um anunciante comprar todas as unidades de anúncios em torno de um jogo ou um link . sponsored by/patrocinado por. para criar uma experiência de jogo personalizado da marca; Content & Section Sponsorship, é quando um anunciante patrocina exclusivamente uma secção específica do site ou e-mail (geralmente de conteúdo já existente) com imagem adaptada ao branding ao anunciante – Sorteios & Concursos (Sweepstakes & Contests) podem variar desde sorteios no site para um concurso completo baseado na marca com as observações e decisões do júri.
  • STANDARD RATE
    São programas ou mensagens que são cobradas segundo o tarifário normal para mensagens de texto do assinante, ou que resultam em mensagens que estão sendo deduzidas do plano de mensagens de um assinante.
  • STANDARD RATE PROGRAM
    um programa que exige um opt-in único, onde o assinante de telemóvel será cobrado pela tabela de preços standard de SMS acordada com o assinante.
  • STATIC AD PLACEMENT/STATIC ROTATION
    1) anúncios que permanecem na página Web para um período de tempo especificado; 2) anúncios incorporados.
  • STICKINESS
    É unidade de medida utilizada para medir a eficácia de um site na retenção de utilizadores individuais. O STICKINESS geralmente é medido pela duração da visita.
  • STK
    SIM TOOLKIT - É um “kit” que permite que os operadores de telemóvel podem adicionar funções adicionais para o menu do telemóvel, a fim de fornecer novos serviços. Também é especificado nos GSM standard.
  • STK - SIM TOOLKIT
    É um “kit” que permite que os operadores de telemóvel podem adicionar funções adicionais para o menu do telemóvel, a fim de fornecer novos serviços. Também é especificado nos GSM standard.
  • STREAMING
    É uma expressão derivada da internet para a transmissão unidireccional de vídeo e áudio. 1) Tecnologia que permite a distribuição contínua de áudio e vídeo a um computador através de um site remoto, 2) técnica de transferência de dados na Internet que permite ao utilizador ver e ouvir ficheiros de áudio e vídeo. O host ou a compressão da fonte, que envia pequenos pacotes de informação “streams” através da Internet para o utilizador, que pode aceder ao conteúdo à medida que ele é recebido.
  • STREAMING MEDIA PLAYER
    É um programa de software que descompacta ficheiros de audio e/ou vídeo que o utilizador possa ouvir e/ou consultar ficheiros de vídeo ou áudio. Alguns dos exemplos são o Real Player ™, Windows Media e Quick Time Player.
  • STREAMING VIDEO
    Quando um vídeo móvel é “streamed” para um telemóvel ele começa a visualizar os primeiros bits do fluxo de vídeo após a sua recepção. As tecnologias utilizadas permitem que os servidores de anúncios possam colocar um vídeo publicitário no início, meio ou fim de um vídeo de telemóvel. Comummente utilizados os vídeo streaming ad servers, estes tem a capacidade de fornecer aos anunciantes estatísticas detalhadas sobre a forma como muitas secções ou qual a percentagem do anúncio de vídeo em particular foi vista por um indivíduo. A tecnologia mais popular subjacente é RTSP. Devido à natureza das tecnologias subjacentes utilizados, a qualidade do vídeo recebido varia com base na variação das condições da rede. É também de salientar que pelo facto de o ficheiro de vídeo não ser guardado no telemóvel receptor, esta metodologia gera menos preocupações de direitos de propriedade.
  • SUBSCRIBER
    É o consumidor que celebra um contrato com um Operador. Uma vez firmado o acordo, o Operador tem o Onus de prestar serviços de telecomunicações sem fios ao consumidor.
  • SUBSCRIBER (MOBILE SUBSCRIBER ) (Assinante) (Subscritor de telemóvel)
    Ver Mobile Subscriber.
  • SUBSCRIBER INFORMATION
    Informações que pertencem a um assinante de telemóvel, incluindo informações pessoalmente identificáveis e não pessoalmente identificáveis. Informação do Assinante que inclui dados demográficos (por exemplo, idade, rendimento per capita, escolaridade), ou preferências (por exemplo, visitas a sites WAP de viagem).
  • SUBSCRIPTION
    São os produtos ou serviços iniciados por um assinante de telemóvel para receber conteúdo numa base contínua, geralmente com eventos periódicos de facturação premium. Não é um serviço de uso único.
  • SUBSCRIPTION BILLING RENEWAL MESSAGE
    É uma mensagem de participantes enviada a um assinante antes do programa/inscrição ser renovada, que contém o seguinte: O nome do programa, Os detalhes de renovação, Período de facturação e aviso de facturação para o programa e Os detalhes de opt-out.
  • SUBSCRIPTION PERIOD
    É um período de tempo definido para um programa de subscrição, geralmente não mais do que um mês.
  • SUBSCRIPTION PROGRAM
    Um serviço que fornece conteúdo para telemóveis (pode incluir qualquer tipo de conteúdo de notícias, imagens, música, vídeo, áudio, etc) para uma taxa cobrada a intervalos regulares definidos, como mensal ou semanal.
  • SUPERSTITIALS ®
    Um formato desenvolvido pela Unicast Intersticial, que é totalmente pré-cache antes de jogar. As especificações são 550 x 480 pixels (2 / 3 do Ecrã), até 100K do tamanho do ficheiro e até 20 segundos de duração.
  • SURFAR
    Explorar a World Wide Web.
  • SURFING
    Explorar a World Wide Web.
  • SVA - SERVIÇO DE VALOR ACRESCENTADO
    Serviço adicional que adiciona valor aos já disponíveis na rede. 
  • SWEEPSTAKES
    Um sorteio é um jogo legal, que inclui um prémio, e um jogo de azar. Nenhum mérito/perícia é permitido.
  • SYNCHRONOUS
    É um tipo de comunicação bidireccional virtualmente sem atrasos, permitindo aos participantes a participação em tempo real.
  • T-1
    Um circuito dedicado, tipicamente empresarial, de alta velocidade (1,54 megabits por segundo) para ligação à Internet.
  • T-3
    Circuito dedicado de muito alta velocidade (45 megabits/segundo ou superior) para ligação à Internet das empresas.
  • T-Commerce
    Comércio electrónico via televisão interactiva.
  • TAMANHO DO ECRÃ
    Quantidade de espaço de exposição oferecido por um telefone, tablet ou monitor de computador em particular.  O tamanho geralmente é medido em pixéis, polegadas ou milímetros.
  • TARGET AUDIENCE
    O público-alvo de um anúncio, geralmente é definido em termos demográficos (idade, sexo, rendimento, etc), do comportamento de compra dos produtos, do uso dos produto ou do uso dos media.
  • TARGETING
    São os vários critérios que contribuem para a entrega de um anúncio móvel mais rigoroso (idade, género, geográficas, rendimento familiar, etc.)
  • TAXA DE CLIQUES
    Indica-nos a taxa de cliques (ad clicks) por anúncios (ad impressions).
  • TAXA DE PENETRAÇÃO
    É a percentagem da população total que possui um telemóvel, Internet ou PC.
  • TAXA PREMIUM
    Programas ou mensagens que resultam em taxas acima e para além das mensagens de texto encargos normalmente aplicados na factura do assinante.
  • TAXA STANDARD
    São programas ou mensagens que são cobradas segundo o tarifário normal para mensagens de texto do assinante, ou que resultam em mensagens que estão sendo deduzidas do plano de mensagens de um assinante.
  • TCP/IP
    TRANSFER CONTROL PROTOCOL/INTERNET PROTOCOL - São os protocolos de software que circulam na internet, determinando como os pacotes de dados viajam da origem para o destino.
  • TCP/IP - TRANSFER CONTROL PROTOCOL/INTERNET PROTOCOL
    São os protocolos de software que circulam na internet, determinando como os pacotes de dados viajam da origem para o destino.
  • TDMA
    TIME DIVISION MULTIPLE ACCESS - É a técnica de multiplexação de vários utilizadores num único canal de um Operador. Esta tecnologia para telemóvel digital divide chamadas em períodos de tempo, cada uma durando apenas uma fracção de segundo, e alocá-los em função das necessidades base.
  • TDMA - TIME DIVISION MULTIPLE ACCESS
    É a técnica de multiplexação de vários utilizadores num único canal de um Operador. Esta tecnologia para telemóvel digital divide chamadas em períodos de tempo, cada uma durando apenas uma fracção de segundo, e alocá-los em função das necessidades base.
  • TELEMÓVEIS
    É um dispositivo portátil que integra recursos de telefonia móvel com as características mais comuns de um computador portátil ou PDA. Os smartphones permitem aos utilizadores guardar informações, e-mails, instalar programas, conjuntamente com o uso de um telefone móvel tudo reunido num único dispositivo.
  • TELEVISÃO DE ALTA DEFINIÇÃO
    É um sinal de alta qualidade com alta resolução, utilizando um formato digital para a transmissão e recepção de sinais de TV. O HDTV fornece cerca de cinco vezes mais informações de imagem (elementos de imagem ou pixels) que uma televisão convencional, com mais clareza, mais resolução, e com qualidade digital de som.
  • TERCEIRA GERAÇÃO - 3G
    Ver 3G
  • TERMINAL MÓVEL
    Ver Handset
  • TERMOS & CONDIÇÕES
    São os detalhes do contracto que acompanha uma ordem de inserção de um anúncio ou prestação de serviços.
  • TERMS & CONDITIONS
    São os detalhes do contracto que acompanha uma ordem de inserção de um anúncio ou prestação de serviços.
  • TEXT AD
    É a mensagem estática prefixado ou texto anexado a uma mensagem publicitária.
  • TEXT LINK
    O uso criativo de anúncios de telemóveis – representada pelo destaque de texto clicável num link com destaque.  Normalmente limitada a 16-24 caracteres.
  • TEXT MESSAGE
    Ver SMS.
  • TEXT MESSAGING
     Mensagens de texto as mensagens de texto, ou digitar um texto é o termo comum para o envio de “short” (160 caracteres ou menos) de mensagens de texto, utilizando o Short Message Service, a partir de telefones móveis. (Ver SMS.)
  • TEXTO DO ANÚNCIO
    É a mensagem estática prefixado ou texto anexado a uma mensagem publicitária. (Ver Text Ad)
  • TEXTUAL AD IMPRESSIONS
    É a entrega de uma publicidade baseada em texto para um browser. Para compensar as ligações lentas de Internet, os visitantes podem desabilitar “auto carregar imagens” no seu browser.  Quando chegar a uma página que contém um anúncio, eles vêem um marcador e uma mensagem do anunciante no formato de texto no lugar da imagem do anúncio.  Além disso, se um utilizador tem um browser que somente vê texto, somente anúncios de texto são entregues e registados como impressões de anúncios textuais.
  • THEMES (PACKS OR PHONE SKIN)
    Dá o aspecto geral e a sensação de uma interface no telemóvel do utilizador (UI – User Interface).  Inclui os esquemas de cores para os menus e destaques, imagens de fundo, ícones para as pasta etc. Um pacote de temas contém elementos gráficos para um ou vários componentes de interface do utilizador para personalizar um telefone móvel.
  • THIRD-PARTY AD SERVER
    São empresas externas e independente especializadas na gestão, manutenção, Apoio, acompanhamento e análise dos resultados das campanhas de publicidade online. Eles enviam publicidade segmentada que pode ser adaptada aos consumidores identificados ou características previstas ou as suas preferências.
  • THROUGHPUT
    É a quantidade de dados transmitidos por meio de ligações de Internet em resposta a uma determinada solicitação/pedido. O número de mensagens que uma aplicação pode processar num determinado período de tempo, normalmente em segundos (por exemplo, 30 mensagens/seg.).
  • TIME SPENT
    É o lapso de tempo decorrido desde o início de uma visita até à actividade da última audiência associada que foi visitada. Tempo gasto… deve representar a actividade de um único cookied browser ou utilizador numa sessão de acesso único a um site.
  • TOKEN
    Marcador ou etiqueta, que é anexada pelo servidor que recebe o endereço (URL) da página solicitada pelo utilizador.  Um token dura apenas através de uma série contínua de pedidos do utilizador, independentemente do intervalo de duração entre os pedidos.  Tokens podem ser utilizados para contagem de utilizadores únicos.
  • TONE TRUE (REALTONE, MASTERTONE)
    Ver Mastertone.
  • TRACKING
    É a capacidade de avaliar o desempenho de uma campanha de mobile ou Internet.
  • TRÁFEGO
    É o fluxo de dados numa rede, ou os visitantes enviados para um site – a resposta bem sucedida a um pedido de página, e também se considera TRAFFIC quando um browser recebe uma página completa do conteúdo de um servidor web. (Ver Traffic)
  • TRAFFIC
    É o fluxo de dados numa rede, ou os visitantes enviados para um site – a resposta bem sucedida a um pedido de página, e também se considera TRAFFIC quando um browser recebe uma página completa do conteúdo de um servidor web.
  • TRANSCODING
    É o processo de melhorar os anúncios multimédia com melhor som nos  diferentes telemóveis nos quais os formatos são suportados pelo telefone.
  • TRANSITIONAL AD
    Anúncio de Transição – É um anúncio que será exibido entre páginas web. Por outras palavras, o utilizador vê um anúncio enquanto ele navega entre a página A e a página B. Também é conhecido como interstitial.
  • TRANSITIONAL POP UP
    É um anúncio que aparece numa janela de anúncio separado entre páginas de conteúdo.
  • TRANSMISSION / TRANSPORT COST
    É o custo do SMS para entregar a informação sobre os encargos de facturação encargos pelo anunciante de telemóvel/agregador de facturação.
  • TRIGGERS
    É um comando do host server  que notifica a set-top box do telespectador que o conteúdo interactivo está disponível nesse momento. O telespectador é notificado sobre o conteúdo interactivo disponível através de um ícone ou texto clicável. Uma vez clicado através do comando do aparelho, o trigger desaparece e surgem mais conteúdos ou um novo interface no ecrã da Televisão.
  • TRIPLE OPT-IN
    É o pedido adicional de opt-in que é exigido ao participante de um programa depois de terem ultrapassado o valor premium mínimo definido.
  • TRIPLE TAP
    É um método comum de introdução de texto para assinantes para inserir informações ou fazer consultas através do telemóvel.
  • TV INTERATIVA
    A TV Interativa refere-se à programação TV e de tecnologia que permita ao espectador participar interactivamente e bidireccional com a televisão / programação. É uma tecnologia que permite a comunicação bidireccional entre o público e o prestador de serviços de televisão (como o locutor, Operador de cabo, fabricante da set-top box ).
  • UEPS
    Último que Entra é o Primeiro que saí. (Ver LIFO)
  • UMTS
    UNIVERSAL MOBILE TELECOMMUNICATIONS SYSTEM - É a banda larga, baseadas na transmissão de pacotes sem fios de texto, voz digitalizada, vídeo e multimédia, com taxas de transferências de dados e até possivelmente superior a 2 megabits por segundo, oferecendo um conjunto de serviços para computadores móveis e utilizadores de telefones . (Ver 3G)
  • UMTS - UNIVERSAL MOBILE TELECOMMUNICATIONS SYSTEM
    É a banda larga, baseadas na transmissão de pacotes sem fios de texto, voz digitalizada, vídeo e multimédia, com taxas de transferências de dados e até possivelmente superior a 2 megabits por segundo, oferecendo um conjunto de serviços para computadores móveis e utilizadores de telefones . (Ver 3G)
  • UNDUPLICATED AUDIENCE
    É o número de indivíduos expostos a um único domínio específico, página ou anúncio num determinado período de tempo.
  • UNIQUE DEVICE
    É o dispositivo de unduplicating computing que é usado para aceder ao conteúdo de Internet ou de publicidade durante o período de medição. A contagem dos dispositivos únicos com acesso a partir de vários browsers.  Browser identificado por cookies únicos que acederam a conteúdo da Internet ou a publicidade durante um período de medição.  Esta definição, têm em conta o potencial impacto inflacionado pela supressão de alguns cookies em alguns browsers que acederam ao conteúdo via Internet. Unique Cookie – É a contagem de identificadores únicos … que representam instâncias únicas de actividade na Internet (em geral, visitas) ao conteúdo da Internet ou de publicidade durante um período de tempo de medição.
  • UNIQUE USER
    É o assinante móvel específico.  Todo os assinantes de telemóvel tem algum tipo de código alfa numérico (e dados não pessoais do assinante, como nome ou número de telefone) que são enviados em cada pedido de anúncio. Estes identificadores são usados para determinar o número de “utilizadores exclusivos” que tiveram contacto com cada anúncio. Pessoa singular ou browser que acedeu a um site (veja visitantes únicos/unique visitor), ou que tenha sido enviado conteúdo exclusivo e/ou anúncios, tais como e-mail, newsletters, interstitials e anúncios pop-under. Os utilizadores únicos podem ser identificados pelo registo de utilizador ou cookies.
  • UNIVERSAL MOBILE TELECOMMUNICATIONS SYSTEM (UMTS ) (3G, 3GSM, 4G )
    É a designação Europeia para os serviços de terceira e quarta geração sem fios.
  • UNIVERSE
    População total que está sendo medida.
  • UNIVERSO
    População total que está sendo medida.
  • UNRESOLVED IP ADDRESSES
    São os endereços IP que não identificam o seu domínio de nível 1 ou 2. Endereços IP não identidades deverão ser agregados e reportados como tal. Veja também domain/domínio.
  • UNSOLICITED MESSAGES
    Mensagens comerciais de SMS ou MMS enviadas para os assinantes sem a sua aprovação prévia.
  • UNSUBSCRIBE
     Processo de opting out de um serviço de assinatura móvel/aplicação.
  • UPLOAD
    Para enviar dados de um computador a uma rede. Um exemplo de uploading de dados enviados por e-mail.
  • URL
    UNIFORM RESOURCE LOCATOR - É o endereço único de uma determinada página na internet. Ele contém todas as informações necessárias para a localizar, incluindo o seu protocolo (normalmente HTTP),  server domain name (ou endereço IP), caminho do ficheiro (directório e nome) e formato (geralmente em HTML ou CGI).
  • URL - UNIFORM RESOURCE LOCATOR
    É o endereço único de uma determinada página na internet. Ele contém todas as informações necessárias para a localizar, incluindo o seu protocolo (normalmente HTTP), server domain name (ou endereço IP), caminho do ficheiro (directório e nome) e formato (geralmente em HTML ou CGI).
  • URL TAGGING
    É o processo de incorporar identificadores únicos nos URLs contidos nos conteúdos HTML. Esses identificadores são reconhecidos pelos servidores Web no browser quando os mesmos fazem pedidos.  Identificar os visitantes através da informação das URLs e também deve permitir um cálculo aceitável de visitas, se não for autorizado o cache.
  • USENET
    Internet bulletin – board application.
  • USER
    É o indivíduo com acesso à World Wide Web ou a uma aplicação.
  • USER AGENT STRING
    É um campo no ficheiro log do servidor que identifica o browser específico e o sistema operativo do computador que faz o pedido.
  • USER CENTRIC MEASUREMENT
    Unidade de medida da audiência web, baseado no comportamento dos utilizadores.
  • USER REGISTRATION
    Informação enviada por um indivíduo que geralmente inclui as características como a idade, sexo, código postal e, frequentemente muito mais. Um sistema de registo dos sites é normalmente baseado num código ou senha para permitir acesso ao site para determinar o número de visitantes únicos e para controlar o comportamento do visitante dentro do site.
  • UTILIZADOR
    É o indivíduo com acesso à World Wide Web ou a uma aplicação.
  • UTILIZADOR FINAL
    É outra designação para designar os assinante móveis, os utilizadores finais são os sujeitos e/ou entidades que utilizam short codes para estabelecer comunicação com as aplicações. (Por exemplo, um utilizador que assista a um vídeo a partir do seu telemóvel).
  • UTILIZADOR NÃO REGISTADO
    É o utilizador que visita um site e não se autentica, ou que não é obrigado a, fornecer certas informações e, por conseguinte, pode ser-lhe vedado o acesso a uma parte(s) do site.
  • UTILIZADOR ÚNICO
    É o assinante móvel específico.  Todo os assinantes de telemóvel tem algum tipo de código alfa numérico (e dados não pessoais do assinante, como nome ou número de telefone) que são enviados em cada pedido de anúncio. Estes identificadores são usados para determinar o número de “utilizadores exclusivos” que tiveram contacto com cada anúncio. Pessoa singular ou browser que acedeu a um site (veja visitantes únicos/unique visitor), ou que tenha sido enviado conteúdo exclusivo e/ou anúncios, tais como e-mail, newsletters, interstitials e anúncios pop-under. Os utilizadores únicos podem ser identificados pelo registo de utilizador ou cookies.
  • VANITY SHORT CODE
    Requer especificamente o número de short code . Enuncia o nome de um fornecedor de conteúdo, marca, e uma palavra associada que é fácil de memorização de toda a sequência.
  • VAS
    VALUE ADDED SERVICE - Serviço adicional que adiciona valor aos já disponíveis na rede. 
  • VAS - VALUE ADDED SERVICE
    Serviço adicional que adiciona valor aos já disponíveis na rede. 
  • VIDEO GAME CONSOLE
    É um computador ou dispositivo de entretenimento interactivo eléctrico que manipula o sinal de exibição do vídeo de um dispositivo de vídeo (televisão, monitor, etc) para exibir um jogo. O termo Consola de Vídeo Jogos é normalmente utilizada apenas para jogos de vídeo, mas a nova geração de consolas pode jogar vários tipos de media, tais como música, programas de TV e filmes.
  • VIDEO TONE
    Um toque com áudio e vídeo que alerta o assinante de telemóvel quando recebe uma chamada.
  • VÍDEO VIRAL
    São os clips de vídeo on-line (geralmente curto e com humor) que passam através de links de uma pessoa para outra ou por e-mail.
  • VIEW
    Muitas vezes utilizado como sinónimo de “impression”. As medições e relatórios de um ficheiro “view” devem ser regidos pelas “impression”.
  • VIEWER
    A visualização por indivíduos de conteúdos ou anúncios na web. Não há actualmente nenhuma maneira de medir os “viewers”.
  • VIRAL MARKETING
    A comunicação via mensagem de texto ou de outro conteúdo de telemóvel, incluindo ringtones/toques, jogos e wallpapers através de processos em que um consumidor A recebe a mensagem original, identifica o consumidor B que ele/ela acredita que vai estar interessado na mensagem e inicia um processo – o qual irá adicionar outros contactos da sua lista de contactos para garantir acesso ás vantagens apresentadas na mensagem recebida. 1) qualquer tipo de publicidade que se propaga, 2) publicidade e / ou técnicas de marketing que o “spread”, como um vírus fazendo passar de consumidor para consumidor e mercado para mercado.
  • VIRAL VIDEO
    São os clips de vídeo on-line (geralmente curto e com humor) que passam através de links de uma pessoa para outra ou por e-mail.
  • VIRTUAL WORLDS
    Ambientes informatizados tridimensionais que vários utilizadores podem explorar e interagir com recurso a .avatares. que são personagens que os representam a si próprios. Existem jogos online como World of Warcraft que decorem em mundos virtuais, mas o termo é frequentemente usado para definir os serviços que estão abertos e orientados para a socialização, ao contrário dos ambientes mais orientados para os resultados de jogos online.
  • VISIBILIDADE
    Representa a visibilidade que o seu site conquistou nos motores de pesquisa para palavras-chave relevantes.
  • VISIBILITY
    Representa a visibilidade que o seu site conquistou nos motores de pesquisa para palavras-chave relevantes.
  • VISIT
    É a actividade atribuída a um utilizador pela sua da actividade registada num cookie do seu browser , resultante em um ou mais textos e/ou imagens downloaded a partir de um site.
  • VISIT DURATION
    o registo da duração do tempo que o visitante é exposto a um anúncio específico, página Web ou Web site durante uma única sessão.
  • VISITA
    É a actividade atribuída a um utilizador pela sua da actividade registada num cookie do seu browser , resultante em um ou mais textos e/ou imagens downloaded a partir de um site.
  • VISITANTE
    Indivíduo ou navegador que acede a um site dentro de um período de tempo específico.
  • VISITOR
    Individuo ou navegador que acede a um site dentro de um período de tempo específico.
  • VISUALIZAR CONTEÚDO
    Quando se divulga um anúncio em se inclui no conteúdo móvel uma amostra. Isto é muito semelhante a um trailer de um filme, mas para todo o conteúdo digital, incluindo ringtones (toques) e wallpapers.
  • VOICETONE
    Qualquer produto de áudio criado a partir de uma gravação da voz humana. Pode ser proveniente de vozes de elevadores, de um filme, TV ou pista de áudio transmitida, ou pode ser uma Custom Voiceton com e gravação personalizada de um script com um locutor profissional.
  • VRML
    Virtual Reality Modeling Language - É a Linguagem de programação projectada para 3D, semelhante ao HTML.
  • VRML - VIRTUAL REALITY MODELING LANGUAGE
    Linguagem de programação projectada para 3D, semelhante ao HTML.
  • WALLED GARDEN
    É um prestador de serviços – por exemplo, o Operadora Móvel – fornece uma lista restrita de serviços para o consumidor (plataforma/portal), mas desactiva a capacidade do consumidor de serviços ter acesso externo a essa lista.
  • WALLPAPER
    É um pedaço de conteúdo gráfico que está formatado para caber no Ecrã do telemóvel, tablet ou monitor.
  • WAN
    WIDE AREA NETWORK - É a ligação entre um número de computadores que não estejam localizados no mesmo local físico.
  • WAN - WIDE AREA NETWORK
    É a ligação entre um número de computadores que não estejam localizados no mesmo local físico.
  • WAP
    WIRELESS APPLICATION PROTOCOL - É um standard internacional para aplicações que utilizam comunicações sem fios. É uma especificação para um conjunto de protocolos de comunicação para padronizar a forma como os dispositivos sem fios, como telemóveis, PDAs entre outros podem navegar em conteúdos baseados na Internet.
  • WAP - WIRELESS APPLICATION PROTOCOL
    É um standard internacional para aplicações que utilizam comunicações sem fios. É uma especificação para um conjunto de protocolos de comunicação para padronizar a forma como os dispositivos sem fios, como telemóveis, PDAs entre outros podem navegar em conteúdos baseados na Internet.
  • WAP 1.0
    É Um formato web móvel.  Baseado em linguagem de WML markup e protocolos especiais projectados para a transmissão ultra-eficiente de conteúdo para dispositivos limitados através de ligações limitadas.
  • WAP 2.0
    Uma formato em crescente popularidade para a web móvel. Depende de um novo conjunto de normas que estejam mais de acordo com as normas da Internet. Utilizando xHTML, os Operadores de telemóvel, fornecedores de conteúdo e empresas de media podem apresentar conteúdos e funcionalidades em formatos mais robustos de forma mais rápida de através de tecnologias wireless.
  • WAP BILLING
    É a interface que permite a cobrança de conteúdos externos directamente no saldo dos assinantes (ou seja, não é feito através de um sistema intermédio, como PSMS). WAP billing é normalmente entregue pelo operador resultante da oferta grossista do regime de cobranças usado para a compra de conteúdo on-deck. O operador retém uma percentagem de todas as operações como custos de cobrança/billing.
  • WAP LANDING PAGE
    É ma página WAP secundária a onde o consumidor é levado após clicar num link do MMS, a fim de dar ou receber informações adicionais.
  • WAP PULL
    Ocorre sempre que o utilizador solicita directamente um site WAP móvel, inserindo um URL, ou digitando o número de telefone através da página web de um fornecedor de conteúdo.
  • WAP PUSH
    É uma forma de marketing móvel que utiliza o WAP (Wireless Application Protocol) para enviar uma URL específica WAP para um telefone como uma mensagem de serviço. Isso assegura o acesso a conteúdos multimédia através de seu fornecedor de WAP. Ou por outra palavras, é uma mensagem especialmente codificados que inclui um link para um endereço WAP que permite que o conteúdo WAP seja empurrado para o telemóvel com intervenção mínima do utilizador.
  • WAP PUSH MENSAGEM
    Uma mensagem SMS que inclui um link WAP clicável.
  • WAP SITE
    Um site que é especificamente concebido e formatado para exibição em dispositivos móveis.
  • WAP STOREFRONT
    É um site de Internet móvel, fornecido por um fornecedor de conteúdos externos, que contém alguma percentagem de conteúdo premium.
  • WASP
    Wireless Applications Service Provider - É uma organização que fornece conteúdos e aplicações para dispositivos sem fios.
  • WASP (WIRELESS APPLICATIONS SERVICE PROVIDER)
    É uma organização que fornece conteúdos e aplicações para dispositivos sem fios.
  • WCDMA
    WIDEBAND CODE DIVISION MULTIPLE ACCESS - É uma rede 3G de alta velocidade para tecnologia móvel sem fios com a capacidade de oferecer velocidades de dados mais altas do que a CDMA e, portanto, podendo transmitir e receber informações de forma mais rápida e eficiente.
  • WCDMA - WIDEBAND CODE DIVISION MULTIPLE ACCESS (WIDEBAND CDMA)
    É uma rede 3G de alta velocidade para tecnologia móvel sem fios com a capacidade de oferecer velocidades de dados mais altas do que a CDMA e, portanto, podendo transmitir e receber informações de forma mais rápida e eficiente.
  • WEB BEACON
    É uma linha de código que é utilizada por um site ou servidor de anúncios externo para acompanhar a actividade do utilizador, como registo ou conversão. Um Web beacon é muitas vezes invisível, porque só têm 1 x 1 pixel de tamanho, sem cor. Também conhecido como web Bug, 1 por 1 GIF, GIF invisível e tracker GIF.
  • WEB BUG
    Ver Web beacon.
  • WEB STOREFRONT
    É um site de conteúdo móvel, especialmente um que contenha conteúdo premium. Permite que o utilizador navegue pelo conteúdo e faça várias compras por visita. O utilizador pode encomendar a partir do site para que o conteúdo seja enviado para o seu telemóvel.
  • WEBCASTING
    Evento ao vivo, através da Internet. com áudio, vídeo, animação, em tempo real ou pré-gravado.
  • WEBSITE
    Website é uma palavra que resulta da combinação das palavras web(rede) e site (sítio, lugar).  No marketing, website e site possuem o mesmo significado e são utilizadas para fazer referência a uma página ou a um agrupamento de páginas relacionadas entre si, acessíveis na internet através de um determinado endereço.  É o local virtual (domínio) de uma organização ou indivíduo presente na World Wide Web.
  • WI-FI
    Qualquer standard da família de dados wireless LAN (IEEE 802.11) bastante utilizados para ligações corporativas e conectividade em casa. Também disponível gratuitamente como .Hotspots. em locais públicos, tais como cafés e  terminais de aeroportos, podem também ser cobradas taxas de utilização única ou taxas de inscrição.
  • WIDGET
    É uma pequena aplicação projectada para residir num desktop do PC (Mac OS ou Microsoft Windows) ou que pode ser incorporado num telefone 3G móvel.ou dentro de um site de uma rede social (por exemplo, Twitter, LinkedIn, Plaxo, MySpace ou Facebook), oferecendo funcionalidades úteis ou de entretenimento para o utilizador final.
  • WIMAX
    A norma WAN sem fios (IEEE 802.16) projectada para fornecer a equipamentos portáteis (telemóveis eventualmente) o acesso de banda larga sem fios. As antenas WiMAX podem fornecer cobertura sobre grandes áreas, tornando a implementação potencialmente muito eficaz.
  • WIRELESS ADVERTISING
    Ver Mobile Advertising.
  • WIRELESS CARRIER
    Ver Carrier.
  • WIRELESS SPAM
    É o envio de mensagens que que se tenha confirmado previamente através de opt-in.
  • WML
    WIRELESS MARKUP LANGUAGE - É a linguagem desenvolvida especificamente para aplicações sem fios para permitir uma utilização óptima da limitação dos recursos de visualização de um telemóvel. Baseado em XML, é utilizado para adaptar o conteúdo WAP.
  • WML - WIRELESS MARKUP LANGUAGE
    É a linguagem desenvolvida especificamente para aplicações sem fios para permitir uma utilização óptima da limitação dos recursos de visualização de um telemóvel. Baseado em XML, é utilizado para adaptar o conteúdo WAP.
  • XHTML
    Ver Extensible HyperText Markup Language
  • XHTML - EXTENSIBLE HYPERTEXT MARKUP LANGUAGE
    A markup language é uma versão actualizada e reformulada do HTML, estando em conformidade com a sintaxe XML.
  • XML
    EXTENSIBLE MARKUP LANGUAGE - É o sucessor mais rico e mais dinâmico do HTML utilizando SGML ou HTML tags tipo para a estrutura das informações.  XLM é usado para a transferência de dados e a criação de aplicações na web. Ver SGML e o HTML.
  • XML - EXTENSIBLE MARKUP LANGUAGE
    É o sucessor mais rico e mais dinâmico do HTML utilizando SGML ou HTML tags tipo para a estrutura das informações.  XLM é usado para a transferência de dados e a criação de aplicações na web. Ver SGML e o HTML.
  • YIELD
    É a percentagem de cliques vs impressões num anúncio dentro de um determinada página. Também designada pela click rate.
  • YIELD MANAGEMENT
    É a produção e a gestão de receitas é o processo de compreender, antecipar e influenciar o anunciante e o comportamento do consumidor a fim de maximizar os seus lucros através de melhores vendas, pricing, packaging e gestão do inventário, enquanto acrescenta valor aos anunciantes e utilizadores do site.
  • ZERO RATED MESSAGING
    A Marca ou anunciante pressupõem o pagamento da taxa de remuneração fixa pelas mensagens com base nos assinantes de telemóvel.

This post is also available in: Inglês